Eliseu, o profeta

Lições da Bíblia

“O ministério do profeta Eliseu no nono século a.C. chega até nós numa série de vários episódios que se estenderam por mais de 50 anos. A maior parte de sua atuação se passou à frente da escola dos profetas, e foi, principalmente, um ministério público. Incluiu a revelação de sinais e maravilhas, tanto em nível pessoal quanto nacional. Eliseu foi um profeta cujo conselho e ajuda eram procurados tanto por reis quanto por pessoas comuns.”1

“4. Leia 2 Reis 2:1-15. O que a passagem diz sobre o chamado e o ministério de Eliseu?”1 “1 Quando estava o SENHOR para tomar Elias ao céu por um redemoinho, Elias partiu de Gilgal em companhia de Eliseu. 2 Disse Elias a Eliseu: Fica-te aqui, porque o SENHOR me enviou a Betel. Respondeu Eliseu: Tão certo como vive o SENHOR e vive a tua alma, não te deixarei. E, assim, desceram a Betel. 3 Então, os discípulos dos profetas que estavam em Betel saíram ao encontro de Eliseu e lhe disseram: Sabes que o SENHOR, hoje, tomará o teu senhor, elevando-o por sobre a tua cabeça? Respondeu ele: Também eu o sei; calai-vos. 4 Disse Elias a Eliseu: Fica-te aqui, porque o SENHOR me enviou a Jericó. Porém ele disse: Tão certo como vive o SENHOR e vive a tua alma, não te deixarei. E, assim, foram a Jericó. 5 Então, os discípulos dos profetas que estavam em Jericó se chegaram a Eliseu e lhe disseram: Sabes que o SENHOR, hoje, tomará o teu senhor, elevando-o por sobre a tua cabeça? Respondeu ele: Também eu o sei; calai-vos. 6 Disse-lhe, pois, Elias: Fica-te aqui, porque o SENHOR me enviou ao Jordão. Mas ele disse: Tão certo como vive o SENHOR e vive a tua alma, não te deixarei. E, assim, ambos foram juntos. 7 Foram cinqüenta homens dos discípulos dos profetas e pararam a certa distância deles; eles ambos pararam junto ao Jordão. 8 Então, Elias tomou o seu manto, enrolou-o e feriu as águas, as quais se dividiram para os dois lados; e passaram ambos em seco. 9 Havendo eles passado, Elias disse a Eliseu: Pede-me o que queres que eu te faça, antes que seja tomado de ti. Disse Eliseu: Peço-te que me toque por herança porção dobrada do teu espírito. 10 Tornou-lhe Elias: Dura coisa pediste. Todavia, se me vires quando for tomado de ti, assim se te fará; porém, se não me vires, não se fará. 11 Indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho. 12 O que vendo Eliseu, clamou: Meu pai, meu pai, carros de Israel e seus cavaleiros! E nunca mais o viu; e, tomando as suas vestes, rasgou-as em duas partes. 13 Então, levantou o manto que Elias lhe deixara cair e, voltando-se, pôs-se à borda do Jordão. 14 Tomou o manto que Elias lhe deixara cair, feriu as águas e disse: Onde está o SENHOR, Deus de Elias? Quando feriu ele as águas, elas se dividiram para um e outro lado, e Eliseu passou. 15 Vendo-o, pois, os discípulos dos profetas que estavam defronte, em Jericó, disseram: O espírito de Elias repousa sobre Eliseu. Vieram-lhe ao encontro e se prostraram diante dele em terra.” (2 Reis 2:1-15 ARA)2. “Ao ser chamado para substituir Elias, o profeta Eliseu pediu uma porção dupla do Espírito, reconhecendo que só Deus poderia capacitá-lo para a obra; logo outros reconheceram que ele havia recebido o mesmo Espírito que repousara sobre Elias.1

“Não há dúvida de que Eliseu foi chamado por Deus. Ele teve algumas experiências incríveis que devem ter confirmado em sua própria mente seu chamado. E o mais importante: seu pedido por uma ‘porção dupla’ do Espírito demonstrou sua consciência de que, para fazer o que fora chamado a realizar, ele precisaria do poder divino, porque, em si mesmo, era incapaz de cumprir. Assim, mesmo naquele tempo, esse homem de Deus entendeu o que Jesus disse muitos séculos mais tarde: ‘Eu Sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em Mim, e Eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem Mim nada podeis fazer’ (Jo 15:5). Essa é uma lição que todos precisamos aprender, não importa qual seja nossa posição na obra do Senhor.”1

“Obviamente, como podemos ver pela história do chamado de Eliseu, esse poder, de fato, lhe foi concedido. Assim, Eliseu revelou que tinha uma compreensão saudável e honesta de seu próprio papel e chamado quando declarou ao rei: Naamã ‘saberá que há profeta em Israel’ (2Rs 5:8).”1

“Também deve ter sido interessante a cena quando esse comandante militar e sua comitiva se apresentaram, em toda sua glória, à porta da casa de Eliseu, que provavelmente devia ser relativamente pequena e modesta em contraste com o luxo do qual Naamã desfrutava. Eliseu, contudo, não pareceu nada intimidado por Naamã e suas tropas. Na verdade, Eliseu nem mesmo saiu para conhecer seu poderoso visitante; em vez disso, enviou um mensageiro, que deu ao comandante militar uma ordem! A única recompensa por sua longa viagem desde Damasco foi uma instrução direta para que fosse ao Jordão e se banhasse! Mas ela foi acompanhada de uma promessa: ‘E ficarás limpo’ (v. 10). Sem dúvida, o orgulho desse homem importante foi ferido. Porém, talvez o propósito fosse exatamente esse.”1

Terça-feira, 14 de julho de 2015 . Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Missionários. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 481, Jul. Ago. Set. 2015. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s