Amor, o alvo das virtudes cristãs

Lições da Bíblia

“2. Leia 2 Pedro 1:5-7Romanos 5:3-5Tiago 1:3, 4 e Gálatas 5:22, 23. Qual é o tema em comum nesses textos? Assinale a alternativa correta:”1

“5 por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência, associai com a vossa a virtude; com a virtude, o conhecimento; 6 com o conhecimento, o domínio próprio; com o domínio próprio, a perseverança; com a perseverança, a piedade; 7 com a piedade, a fraternidade; com a fraternidade, o amor.” (2 Pedro 1:5-7 ARA)2. “3 E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; 4 e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança. 5 Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado.” (Romanos 5:3-5 ARA)2. “3 sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança. 4 Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes.” (Tiago 1:3, 4 ARA)2. 22 Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, 23 mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.” (Gálatas 5:22, 23 ARA)2.

  1. ( ) As virtudes cristãs.
    B. (   ) As maldições de Deus.
    C. (   ) Os pecados de Israel.

Resposta sugestiva: Alternativa A.

“Listar as virtudes era algo comum entre os filósofos da Antiguidade. Essas listas eram, muitas vezes, chamadas de ‘catálogo de virtudes’, e há vários exemplos delas no Novo Testamento (Rm 5:3-5; Tg 1:3, 4; Gl 5:22, 23). É bem provável que os leitores de Pedro estivessem familiarizados com tais listas, embora houvesse diferenças interessantes entre as listas dos filósofos e a do apóstolo. Intencionalmente, Pedro organizou sua lista em uma sequência, de maneira que cada virtude serve de base para a posterior, até que a lista culmina no amor.”1

“Cada virtude mencionada por ele tem um significado importante:”1

“Fé: Nesse contexto, a fé era a crença salvífica em Jesus Cristo (veja Gl 3:11[‘E é evidente que, pela lei, ninguém é justificado diante de Deus, porque o justo viverá pela fé.’]2; Hb 10:38 [‘todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma.’]2).”1

“Virtude: No grego arête, virtude é qualquer boa qualidade, anunciada mesmo entre os filósofos pagãos. A fé é fundamental, mas deve levar a uma transformação de vida, na qual a virtude é expressa.”1

“Conhecimento: Com certeza, Pedro não estava se referindo ao conhecimento em geral, mas àquele que vem de um relacionamento salvífico com Cristo Jesus.”1

“Temperança/Domínio próprio: Cristãos maduros são capazes de controlar seus impulsos, especialmente aqueles que levam a excessos.”1

“Paciência/Perseverança: É resistir, especialmente diante das provações e perseguições.”1

“Piedade: No mundo pagão, a palavra traduzida nessa passagem como ‘piedade’ referia-se ao comportamento ético que resultava da crença em um deus. No Novo Testamento, ela carregava também esse mesmo conceito, porém, como resultado da crença no único e verdadeiro Deus (1Tm 2:2, 3).”1

“Fraternidade: Os cristãos são como uma família, e a piedade os levará a ser fraternos uns com os outros.”1

“Amor: Pedro coroou sua lista com o amor. Suas palavras se assemelham às de Paulo: ‘Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor’ (1Co 13:13, NVI).”1

“3. Qual é o papel do esforço humano para alcançar essas virtudes? (2Pe 1:5) Assinale a alternativa correta:”1

por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência, associai com a vossa fé a virtude; com a virtude, o conhecimento;” (2 Pedro 1:5 ARA)2.

  1. ( ) As virtudes são inerentes ao ser humano. Não é necessário fazer nenhum esforço para ter uma vida piedosa e fiel.
  2. ( ) As virtudes não são naturais ao ser humano. Por isso, com a graça de Deus, precisamos fazer nossa parte para ter uma vida piedosa.

Resposta sugestiva: Alternativa B.

Segunda-feira, 22 de maio de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
MCLVER, Robert K. Apascenta as Minhas ovelhas: 1 e 2 Pedro. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 488, Abr. Mai. Jun. 2017. Adulto, Professor.
 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

O amor cobre tudo

Lições da Bíblia

“Mesmo no tempo de Pedro, os cristãos viviam com a expectativa do breve retorno de Jesus e do fim dos tempos. Sabemos disso porque Pedro escreveu: ‘Já está próximo o fim de todas as coisas; portanto, sede sóbrios e vigiai em oração’ (1Pe 4:7). Em outras palavras, estejam preparados para o fim. Na realidade, o ‘fim’ é simplesmente o momento depois que morremos. Fechamos nossos olhos na morte e não importa quanto tempo se passe, milhares de anos ou apenas alguns dias, veremos em seguida a segunda vinda de Jesus e o fim deste mundo de pecado.”1

“7. De acordo com Pedro, como os cristãos devem viver, já que o ‘fim de todas as coisas’ está próximo? (Veja 1Pe 4:7-11)”1

“7 Ora, o fim de todas as coisas está próximo; sede, portanto, criteriosos e sóbrios a bem das vossas orações. 8 Acima de tudo, porém, tende amor intenso uns para com os outros, porque o amor cobre multidão de pecados. 9 Sede, mutuamente, hospitaleiros, sem murmuração. 10 Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus. 11 Se alguém fala, fale de acordo com os oráculos de Deus; se alguém serve, faça-o na força que Deus supre, para que, em todas as coisas, seja Deus glorificado, por meio de Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém!” (1 Pedro 4:7-11 ARA).

“Além de ser sóbrios e vigiar em oração, os cristãos devem ter ‘amor intenso uns para com os outros, porque o amor cobre multidão de pecados’ (1Pe 4:8).”1

“O que isso significa? Como o amor cobre o pecado? A resposta se encontra no texto que Pedro citou: ‘O ódio excita contendas, mas o amor cobre todas as transgressões’ (Pv 10:12). Quando amamos uns aos outros, perdoamos com mais facilidade aqueles que nos ferem e ofendem. O amor de Cristo O leva a nos perdoar; nosso amor deve nos levar a perdoar os outros. Onde o amor transborda, pequenas ou grandes ofensas são mais facilmente ignoradas e esquecidas.”1

“Pedro certamente expressou a mesma ideia de Jesus e de Paulo. Eles disseram que toda a lei se resume no dever de amar a Deus de todo o nosso coração e amar nosso próximo como a nós mesmos (Mt 22:34-39; Rm 13:8-10).”1

“Pedro também exortou os cristãos a ser hospitaleiros. A segunda vinda de Cristo pode até estar próxima, mas não devemos usar isso como desculpa a fim de nos afastar das relações sociais. Por fim, nossa fala deve ser como a daqueles que proferem as palavras de Deus. Em outras palavras, a seriedade do momento requer conversas sérias sobre as verdades espirituais.”1

“‘O amor cobre multidão de pecados’ (1Pe 4:8). Como é possível revelar o amor necessário para ‘cobrir’ o pecado de alguém que pecou contra você? De que maneira isso contribui para seu próprio bem?”1

Quinta-feira, 27 de abril de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

_______________

1MCLVER, Robert K. Apascenta as Minhas ovelhas: 1 e 2 Pedro. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 488, Abr. Mai. Jun. 2017. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

O fruto do amor

Lições da Bíblia

“2. Leia Gálatas 5:22 e 1 Coríntios 13. Por que o amor é o aspecto mais importante do fruto do Espírito? Como o amor afeta todos os outros aspectos desse fruto? Complete as lacunas:”1

Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade,” (Gálatas 5:22 ARA)2. “1 Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine. 2 Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei. 3 E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará. 4 O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, 5 não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; 6 não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; 7 tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 8 O amor jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará; 9 porque, em parte, conhecemos e, em parte, profetizamos. 10 Quando, porém, vier o que é perfeito, então, o que é em parte será aniquilado. 11 Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, pensava como menino; quando cheguei a ser homem, desisti das coisas próprias de menino. 12 Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente; então, veremos face a face. Agora, conheço em parte; então, conhecerei como também sou conhecido. 13 Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor.” (1 Coríntios 13 ARA)2.

“O amor é a essência de Deus. Deus é amor, portanto, esse aspecto abrange todos os outros, que são uma consequência do amor.”1

“O amor é o que apropriadamente dirige e coroa as várias características do fruto do Espírito, permeando, assim, todo o fruto. Em certo sentido, todas as outras características listadas podem ser vistas como aspectos do amor. Visto que Deus é amor (1Jo 4:8), a maior virtude cristã é o amor (1Co 13:13). O amor de Deus é o fundamento e a fonte de todas as outras bondades. Ele é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo (Rm 5:5). É a evidência de que somos filhos de Deus.”1

“Esse amor é muito mais do que um mero sentimento humano. Ele não pode ser produzido por esforços humanos. Na verdade, é o resultado de permanecermos em Cristo. Esse amor é generoso e imerecido. Somente ele tem o poder de transformar. Em sua natureza sensível, porém forte, ele leva o pecador ao arrependimento e desperta nele o desejo por algo melhor. O amor tem o poder de unir – até mesmo aqueles que antes eram inimigos (Lc 6:27, 28; Rm 5:8). Portanto, por meio do amor de uns pelos outros, o mundo saberá que os cristãos são realmente seguidores de Jesus Cristo (Jo 13:35). Esse amor também levará os cristãos a manifestar compreensão e sensibilidade para com outras pessoas.”1

“É interessante o fato de que a descrição suprema do amor, em 1 Coríntios 13, esteja exatamente entre os capítulos 12 e 14. Esses dois capítulos tratam dos dons espirituais. O capítulo 13, no entanto, trata do amor: o fruto do Espírito. Sem ele, até mesmo os dons superiores nada são. Os dons espirituais sem o fruto do Espírito são ineficazes; não produzem a bênção planejada por Deus. O amor, no entanto, é a cola que une todas as outras virtudes do fruto do Espírito em um todo e dá legitimidade a tudo o que fazemos.”1

“Quais áreas da sua vida precisam de amor? Peça ao Espírito Santo que o encha de amor para com as pessoas com quem você se relaciona diariamente. Lembre-se de que Deus nos mostra amor também por meio de outras pessoas. Como você poderia demonstrar amor aos outros? Como o amor influencia as outras virtudes mencionadas no fruto do Espírito?”1

5º dia: Hoje vamos orar pela preparação para a sacudidura. As vitórias diárias determinarão de que lado estaremos naquele dia.

Segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

_______________
1HASEL, Frank. O Espírito Santo e a espiritualiadade. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 487, Jan. Fev. Mar. 2017. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

O padrão de santidade é a lei de Deus

Lições da Bíblia

“Deus nos chama a guardar Sua lei. Entretanto, surge a questão: Por que devemos guardá-la, se não podemos ser salvos por ela? A resposta se encontra na ideia de santidade.”1

“6. Leia Romanos 7:12 e 1 Timóteo 1:8. Que atributos Paulo usa para descrever a lei? Como a lei reflete o caráter de Deus?”1

Por conseguinte, a lei é santa; e o mandamento, santo, e justo, e bom.” (Romanos 7:12 ARA)2. “Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela se utiliza de modo legítimo,” (1 Timóteo 1:8 ARA)2.

“A lei é santa, justa e boa. Esses três atributos designam apropriadamente apenas o próprio Deus. Portanto, a lei é uma expressão do Seu caráter.”1

“Ter uma vida cheia do Espírito significa viver de acordo com a lei de Deus. A lei é o preceito imutável da Sua santidade. O padrão estabelecido por ela não muda, assim como o próprio Deus não muda. Jesus confirmou que a lei não foi abolida, mas disse que toda a lei deve ser cumprida (Mt 5:17-19). Guardar a lei não é legalismo, mas fidelidade. A lei não nos salva nem nunca poderá nos salvar. Ela jamais será o caminho para a salvação; antes, é o caminho daquele que é salvo. A lei, por assim dizer, é o sapato sobre o qual o nosso amor caminha e se expressa. Por isso, Jesus pôde dizer de maneira extraordinária que, quando ‘se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos’ (Mt 24:12). O amor diminui quando a lei não é respeitada.”1

“7. Leia Romanos 13:10 e Mateus 22:37-40. Por que o amor é o cumprimento da lei?”1

O amor não pratica o mal contra o próximo; de sorte que o cumprimento da lei é o amor.” (Romanos 13:10 ARA)2. “37 Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. 38 Este é o grande e primeiro mandamento. 39 O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. 40 Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas.” (Mateus 22:37-40 ARA)2.

“Embora o padrão da santidade seja a lei de Deus, o cerne de Sua santidade é o amor, o qual é a nossa resposta aos atos salvadores de Deus e se manifesta na fidelidade. Não é possível ser um bom discípulo de Jesus sem ser um consciente e amoroso guardador da lei. Ainda que seja possível guardar a letra da lei sem amor, não é possível manifestar o verdadeiro amor sem guardar a lei. Aquele que ama verdadeiramente deseja ser fiel. O amor não anula a lei. Ele a cumpre.”1

“Por que a lei é uma expessão do amor de Deus por nós? Qual é a relação entre amor e obediência?”1

Participe dos dez dias de oração que começarão amanhã!

Quarta-feira, 08 de fevereiro de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

_______________
1HASEL, Frank. O Espírito Santo e a espiritualiadade. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 487, Jan. Fev. Mar. 2017. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

“Mah Enosh?” (Que é o homem?)

Lições da Bíblia

“Mais uma vez, devemos nos colocar no lugar de Jó. Ele deve ter pensado: ‘Por que Deus está fazendo isso comigo’, ou ‘Por que Ele está permitindo que tudo isso aconteça comigo?’ Jó não enxergava o quadro completo. Como ele poderia enxergar? Ele sabia apenas o que havia acontecido ao seu redor e com ele, e não compreendia por que isso ocorria.”1

“Quem já não esteve numa situação semelhante?”1

“6. Leia Jó 7:17-21. O que Jó declarou? Que perguntas ele fez? Considerando a situação dele, por que essas perguntas fazem tanto sentido?”1

“17 Que é o homem, para que tanto o estimes, e ponhas nele o teu cuidado, 18 e cada manhã o visites, e cada momento o ponhas à prova? 19 Até quando não apartarás de mim a tua vista? Até quando não me darás tempo de engolir a minha saliva? 20 Se pequei, que mal te fiz a ti, ó Espreitador dos homens? Por que fizeste de mim um alvo para ti, para que a mim mesmo me seja pesado? 21 Por que não perdoas a minha transgressão e não tiras a minha iniqüidade? Pois agora me deitarei no pó; e, se me buscas, já não serei.” (Jó 7:17-21 ARA)2.

Não dava para entender por que o mesmo Deus que estima o homem e cuida dele, aparentemente também provocasse sofrimentos ao ser humano, ou permitisse que o mal acontecesse, sem dar explicações sobre isso e sem oferecer esperança de salvação e de perdão.1

“Alguns estudiosos têm argumentado que Jó estivesse zombando de Salmos 8:4-6 (NVI), que diz: ‘Que é o homem, para que com ele Te importes? E o filho do homem, para que com ele Te preocupes? Tu o fizeste um pouco menor do que os seres celestiais e o coroaste de glória e de honra. Tu o fizeste dominar sobre as obras das Tuas mãos; sob os seus pés tudo puseste’ (veja também Sl 144:3, 4). O problema, no entanto, é que o livro de Jó foi escrito muito antes de Salmos. Nesse caso, então, talvez o salmista tenha escrito em resposta ao lamento de Jó.”1

“De qualquer forma, a pergunta Mah enosh? (‘Que é o homem?’) é uma das mais importantes que poderíamos fazer. Quem somos nós? Por que estamos aqui? Qual é o significado e o propósito de nossa vida? No caso de Jó, por acreditar que Deus o houvesse escolhido como ‘alvo’, ele se perguntava por que o Senhor Se dava ao trabalho de olhar para ele. Se Deus é tão grande e Sua criação é tão vasta, por que Ele deveria lidar com Jó? Afinal de contas, por que Deus Se dá ao trabalho de olhar para nós?”1

“7. Leia João 3:16 e 1 João 3:1. Por que Deus Se relaciona com a humanidade? Marque a única opção correta:”1

Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16 ARA).

Vede que grande amor nos tem concedido o Pai, a ponto de sermos chamados filhos de Deus; e, de fato, somos filhos de Deus. Por essa razão, o mundo não nos conhece, porquanto não o conheceu a ele mesmo.” (1 João 3:1 ARA)2.

A. (   ) Porque quer puni-la.

C. (   ) Por piedade.

B. (   ) Porque quer tirar proveito dela.

D. (   ) Por amor.

Resposta: Alternativa D

“‘Ao considerar a altura, profundidade e largura do amor do Pai para com a humanidade a perecer, João se encheu de admiração e reverência. Ele não pôde achar linguagem adequada para expressar esse amor, mas convidou o mundo a contemplá-lo: ‘Vede que grande amor nos tem concedido o Pai, a ponto de sermos chamados filhos de Deus’ (1 Jo 3:1). Que valor isso coloca sobre o homem! Pela transgressão, os filhos dos homens se tornaram súditos de Satanás. Através do sacrifício infinito de Cristo e da fé em Seu nome, os filhos de Adão se tornam filhos de Deus. Por assumir a natureza humana, Cristo eleva a humanidade’ (Ellen G. White,Testemunhos para a Igreja, v. 4, p. 563).”1

Quinta-feira, 27 de outubro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O livro de Jó. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 486, Out. Nov. Dez. 2016. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Nota: As ofertas apresentadas em forma de anúncios junto de nossas publicações são de responsabilidade da plataforma de hospedagem deste blog. Isso ocorre por termos optado pela modalidade de hospedagem gratuita.

O amor jamais acaba

Lições da Bíblia

“De acordo com Jesus, os dois maiores mandamentos são amor a Deus e amor ao próximo (Lc 10:27, 28). Ele também nos mostrou quem é nosso próximo (Lc 10:29-37). Além disso, não há dúvida de que a vida de Jesus, do princípio ao fim, foi uma expressão do puro amor de Deus, e Deus é amor (1Jo 4:16). Assim, se devemos refletir o caráter de Deus, se temos a missão de ajudar a revelar a outros a realidade de Deus e de como Ele é, precisamos amar.”1

“Pense sobre isso de outra forma. Uma das maiores ‘desculpas’ que as pessoas têm usado para rejeitar Jesus e o cristianismo como um todo tem sido os próprios cristãos professos.”1

“4. Que exemplos você encontra na História, ou mesmo hoje, de ‘cristãos’, ou pessoas que se dizem ‘cristãs’, fazendo coisas terríveis, às vezes até em nome de Jesus? Que advertência sobre isso é apresentada no livro de Daniel? Dn 7:24, 25; Rm 2:241

“24 Os dez chifres correspondem a dez reis que se levantarão daquele mesmo reino; e, depois deles, se levantará outro, o qual será diferente dos primeiros, e abaterá a três reis. 25 Proferirá palavras contra o Altíssimo, magoará os santos do Altíssimo e cuidará em mudar os tempos e a lei; e os santos lhe serão entregues nas mãos, por um tempo, dois tempos e metade de um tempo.” (Daniel 7:24-25 ARA)2.

Pois, como está escrito, o nome de Deus é blasfemado entre os gentios por vossa causa.” (Romanos 2:24 ARA)2.

A perseguição papal aos cristãos durante mais de mil anos, além dos atos de blasfêmia e profanação da verdade bíblica. Além disso, cada escândalo provocado por pecados dos cristãos tem levado incrédulos a rejeitar o amor de Deus. Por isso, devemos nos esforçar para refletir o amor de Cristo.1

“Não é de admirar que muitas pessoas, ao longo dos anos, e mesmo hoje, tenham rejeitado o cristianismo. Assim, o imperativo de revelar Cristo aos outros por meio de nossa vida deve ser mais forte do que nunca. Nada pode fazer isso de maneira mais poderosa do que a exemplificação, em nossa própria vida, do mesmo tipo de amor que foi expresso por Jesus.”1

“Leia 1 Coríntios 13. O que o amor é? O que o amor não é? O que o amor faz? O que o amor não faz? Em resumo, como o amor deve ser expresso em nossa vida, e qual é a importância do amor no nosso testemunho para a comunidade? Que mudanças você precisa fazer para revelar esse tipo de amor?”1

Terça-feira, 09 de agosto de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O papel da igreja na comunidade. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 485, Jul. Ago. Set. 2016. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Ame seu próximo

Lições da Bíblia

Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e: Amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Lc 10:27).1

“3. Qual é mensagem de Lucas 10:25-37 a respeito da questão de ajudar os necessitados?”1

“25 E eis que certo homem, intérprete da Lei, se levantou com o intuito de pôr Jesus à prova e disse-lhe: Mestre, que farei para herdar a vida eterna? 26 Então, Jesus lhe perguntou: Que está escrito na Lei? Como interpretas? 27 A isto ele respondeu: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. 28 Então, Jesus lhe disse: Respondeste corretamente; faze isto e viverás. 29 Ele, porém, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: Quem é o meu próximo? 30 Jesus prosseguiu, dizendo: Certo homem descia de Jerusalém para Jericó e veio a cair em mãos de salteadores, os quais, depois de tudo lhe roubarem e lhe causarem muitos ferimentos, retiraram-se, deixando-o semimorto. 31 Casualmente, descia um sacerdote por aquele mesmo caminho e, vendo-o, passou de largo. 32 Semelhantemente, um levita descia por aquele lugar e, vendo-o, também passou de largo. 33 Certo samaritano, que seguia o seu caminho, passou-lhe perto e, vendo-o, compadeceu-se dele. 34 E, chegando-se, pensou-lhe os ferimentos, aplicando-lhes óleo e vinho; e, colocando-o sobre o seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e tratou dele. 35 No dia seguinte, tirou dois denários e os entregou ao hospedeiro, dizendo: Cuida deste homem, e, se alguma coisa gastares a mais, eu to indenizarei quando voltar. 36 Qual destes três te parece ter sido o próximo do homem que caiu nas mãos dos salteadores? 37 Respondeu-lhe o intérprete da Lei: O que usou de misericórdia para com ele. Então, lhe disse: Vai e procede tu de igual modo.” (Lucas 10:25-37 ARA)2.

Devemos ser próximos de quem precisa de ajuda, incluindo pessoas de outras nações ou religiões. O samaritano teve misericórdia de um “judeu”; assim, os judeus deviam ter misericórdia dos samaritanos, e devemos demonstrar misericórdia a todos.1

“O doutor da lei entendeu que todos os mandamentos giram em torno de amar a Deus com tudo o que temos e amar o próximo como a nós mesmos. A pergunta que precisava ser respondida era: ‘Quem é o meu próximo?’”

“Uma vez que a ideia prevalecente no tempo de Cristo era considerar alguém do seu próprio povo como seu próximo e relegar todos os outros à condição de estranhos, esse doutor da lei esperava que Jesus esclarecesse a questão. A parábola contada por Jesus revela uma perspectiva totalmente diferente. Nosso próximo é qualquer pessoa que encontremos e que precise de nós. Ser o próximo de alguém é satisfazer as necessidades dessa pessoa. O sacerdote e o levita estavam mais preocupados em evitar a contaminação e proteger da impureza seus deveres religiosos. Essa era uma forma conveniente de usar a religião como desculpa para não renunciar ao egoísmo a fim de ajudar alguém que, muito provavelmente, nunca poderia retribuir. Em contraste, o samaritano viu como seu próximo esse ‘estranho’ e ‘inimigo’ ferido, cuidando misericordiosamente das necessidades dele em vez de cuidar das suas. A ideia principal é que, em vez de perguntar: ‘Quem é meu próximo?’, precisamos perguntar: ‘Quem será o próximo dos fracos e oprimidos?’ Não importa quem seja a pessoa; aquela que estiver necessitada é a que devemos ajudar, e ponto final.”1

“‘Deus não reconhece distinção alguma de nacionalidade, etnia ou classe social. É o Criador de todo homem. Todos os homens são de uma família pela criação, e todos são um pela redenção. Cristo veio para demolir toda parede de separação e abrir todos os compartimentos do templo a fim de que todos possam ter livre acesso a Deus. Seu amor é tão amplo, tão profundo, tão pleno, que penetra em toda parte’ (Ellen G. White,Parábolas de Jesus, p. 386).”1

“Quais preconceitos o impedem de ser o próximo de alguém, de acordo com o exemplo do bom samaritano?”1

Segunda-feira, 25 de julho de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O papel da igreja na comunidade. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 485, Jul. Ago. Set. 2016. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.