O Espírito Santo une a igreja na missão e no serviço

Lições da Bíblia

“7. Leia Atos 2:4-11, 16-21. Qual foi o resultado do derramamento do Espírito Santo sobre os cristãos do Novo Testamento? Assinale a alternativa correta:”1

“4 Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem. 5 Ora, estavam habitando em Jerusalém judeus, homens piedosos, vindos de todas as nações debaixo do céu. 6 Quando, pois, se fez ouvir aquela voz, afluiu a multidão, que se possuiu de perplexidade, porquanto cada um os ouvia falar na sua própria língua. 7 Estavam, pois, atônitos e se admiravam, dizendo: Vede! Não são, porventura, galileus todos esses que aí estão falando? 8 E como os ouvimos falar, cada um em nossa própria língua materna? 9 Somos partos, medos, elamitas e os naturais da Mesopotâmia, Judéia, Capadócia, Ponto e Ásia, 10 da Frígia, da Panfília, do Egito e das regiões da Líbia, nas imediações de Cirene, e romanos que aqui residem, 11 tanto judeus como prosélitos, cretenses e arábios. Como os ouvimos falar em nossas próprias línguas as grandezas de Deus? […] 16 Mas o que ocorre é o que foi dito por intermédio do profeta Joel: 17 E acontecerá nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos jovens terão visões, e sonharão vossos velhos;18 até sobre os meus servos e sobre as minhas servas derramarei do meu Espírito naqueles dias, e profetizarão. 19 Mostrarei prodígios em cima no céu e sinais embaixo na terra: sangue, fogo e vapor de fumaça. 20 O sol se converterá em trevas, e a lua, em sangue, antes que venha o grande e glorioso Dia do Senhor. 21 E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.” ( Atos 2:4-11, 16-21 ARA)2.

A. ( ) Eles passaram a viver totalmente separados do mundo.

B. ( ) Eles começaram a falar em idiomas que não conheciam.

C. ( ) Eles ficaram calados e não falaram com ninguém. Guardaram o dom para si mesmos.

D. ( ) Eles passaram a praticar um estranho culto com ênfase na emoção, na música barulhenta e na liberdade para acalentar os pecados favoritos.

Resposta: Alternativa B.

“O Espírito Santo foi o responsável pela evangelização mais poderosa que a História testemunhou até aquele momento. Deus pode fazer muito mais por intermédio de um pequeno grupo unido em devoção a Ele do que por meio de um grupo grande, mas com a lealdade dividida. Porém, Deus pode fazer coisas ainda maiores quando dedicamos nossa vida, energia, talentos e recursos a Ele.”1

A igreja do Novo Testamento cresceu a partir da unidade na vida e na missão dos fiéis. Um tímido e pequeno grupo de cristãos foi transformado num exército poderoso que se tornou um instrumento eficaz que alcançou pessoas de muitas culturas e línguas diferentes. Eles estavam unidos na proclamação das ‘grandezas de Deus’ (At 2:11). O mesmo Deus que atuou na época do Novo Testamento atuará também no fim dos tempos, pois a obra precisa ser concluída antes do Seu retorno.”1

“8. Leia Atos 2:42-47. Em quais outros aspectos os cristãos do Novo Testamento foram unidos? Complete as lacunas:”1

42 E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. 43 Em cada alma havia temor; e muitos prodígios e sinais eram feitos por intermédio dos apóstolos. 44 Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum. 45 Vendiam as suas propriedades e bens, distribuindo o produto entre todos, à medida que alguém tinha necessidade. 46 Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração, 47 louvando a Deus e contando com a simpatia de todo o povo. Enquanto isso, acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos. (Atos 2:42-47 ARA)2.

“No partir do pão, isto é, nas refeições; na divisão de seus bens, na comunhão, na oração e na doutrina dos apóstolos.”1

“O espírito missionário do Pentecostes foi acompanhado por uma série de outros fatores nos quais a igreja primitiva permaneceu unida. Os cristãos estavam unidos no estudo da Bíblia e continuamente perseveravam na doutrina dos apóstolos (At 2:42). Eles estavam unidos na comunhão e no partir do pão, possivelmente uma referência à adoração em conjunto (At 2:42). Estavam unidos na oração (At 2:42) e nos louvores a Deus (At 2:47); no serviço aos necessitados quando compartilhavam livremente o que possuíam. Os cristãos tinham todas as coisas em comum (At 2:44, 45). O estudo da Bíblia em conjunto e a comunhão resultarão no desejo de compartilhar as boas-novas com as pessoas e ajudá-las de maneiras práticas. O Espírito Santo abrirá nossos olhos às necessidades daqueles que nos rodeiam.”1

“Quais atividades em sua igreja revelam a unidade dela? O que mais poderia ser feito?”1

Quinta-feira, 02 de março de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1HASEL, Frank. O Espírito Santo e a espiritualiadade. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 487, Jan. Fev. Mar. 2017. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

 

A missão da igreja enquanto esperamos

Lições da Bíblia

“3. Leia Tiago 2:14-26. De que maneira esses versos resumem quem somos e por que estamos aqui?”1

“14 Meus irmãos, qual é o proveito, se alguém disser que tem fé, mas não tiver obras? Pode, acaso, semelhante fé salvá-lo? 15 Se um irmão ou uma irmã estiverem carecidos de roupa e necessitados do alimento cotidiano, 16 e qualquer dentre vós lhes disser: Ide em paz, aquecei-vos e fartai-vos, sem, contudo, lhes dar o necessário para o corpo, qual é o proveito disso? 17 Assim, também a fé, se não tiver obras, por si só está morta. 18 Mas alguém dirá: Tu tens fé, e eu tenho obras; mostra-me essa tua fé sem as obras, e eu, com as obras, te mostrarei a minha fé. 19 Crês, tu, que Deus é um só? Fazes bem. Até os demônios crêem e tremem. 20 Queres, pois, ficar certo, ó homem insensato, de que a fé sem as obras é inoperante? 21 Não foi por obras que Abraão, o nosso pai, foi justificado, quando ofereceu sobre o altar o próprio filho, Isaque? 22 Vês como a fé operava juntamente com as suas obras; com efeito, foi pelas obras que a fé se consumou, 23 e se cumpriu a Escritura, a qual diz: Ora, Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça; e: Foi chamado amigo de Deus. 24 Verificais que uma pessoa é justificada por obras e não por fé somente. 25 De igual modo, não foi também justificada por obras a meretriz Raabe, quando acolheu os emissários e os fez partir por outro caminho? 26 Porque, assim como o corpo sem espírito é morto, assim também a fé sem obras é morta.” (Tiago 2:14-26 ARA)2.

Somos filhos de Deus, salvos por uma fé eficaz, que atua por amor. A fé se manifesta em obras que revelam o amor de Deus e cumprem a missão de salvar.1

“No estudo de domingo, os discípulos começaram destacando a beleza do edifício do templo. Jesus lhes dirigiu a atenção para as condições da igreja internamente e para sua missão em relação a um mundo que caminhava para o fim. O fato é que a igreja existe porque há uma missão, e não o contrário.”1

“A missão da igreja adventista, expressa no Livro de Praxes da Igreja Adventista do Sétimo Dia (V 04 20), é ‘fazer discípulos de todos os povos, comunicando o evangelho eterno [o evangelho do reino (Mt 24:14)] no contexto das três mensagens angélicas de Apocalipse 14:6-12, levando-os a aceitar Jesus como Salvador pessoal e a se unirem à Sua igreja remanescente, discipulando-os para servi-Lo como Senhor e preparando-os para Sua breve volta’. Para que essa missão seja realizada, os métodos sugeridos são pregar, ensinar e curar. No item ‘Curar’, o Livro de Praxes diz: ‘Confirmando os princípios bíblicos do bem-estar da pessoa toda, tornamos a preservação da saúde e a cura dos doentes uma prioridade e, através de nosso ministério em favor dos pobres e oprimidos, cooperamos com o Criador em Sua compassiva obra de restauração.’”1

“O estudo deste trimestre começou com o conceito de que Jesus deseja restaurar Sua imagem na humanidade e capacitar-nos, como Seus seguidores, a ser instrumentos de restauração integral em nossas comunidades. ‘O mundo necessita atualmente daquilo que ele necessitava há mil e novecentos anos: a revelação de Cristo. É preciso uma grande obra de reforma, e é unicamente mediante a graça de Cristo que a obra de restauração física, mental e espiritual se pode efetuar” (Ellen G. White, A Ciência do Bom Viver, p. 143).”1

“Após assistir a um seminário que apresentou o ministério de Jesus como modelo e missão para Sua igreja no fim dos tempos, um membro de igreja fez a seguinte declaração: ‘Em nossa parte do mundo, não somos muito abertos a novas ideias e a novas maneiras de fazer as coisas. Mas o que ouvimos nesta semana a respeito de seguir o método do ministério de Jesus, na verdade não é algo novo. É uma ideia antiga. Só havíamos nos esquecido dela.’”

“‘A fé sem obras é morta.’ Como você descobriu a realidade da íntima associação entre fé e obras? As obras podem aumentar nossa fé?”1

Terça-feira, 20 de setembro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O papel da igreja na comunidade. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 485, Jul. Ago. Set. 2016. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

A igreja em ação

Lições da Bíblia

Consagre ao Senhor tudo o que você faz, e os seus planos serão bem-sucedidos” (Pv 16:3, NVI).1

“Uma vez que sua igreja tenha uma clara visão de como ministrar à comunidade, é importante elaborar um plano segundo o qual todos os departamentos possam atuar juntos para tornar essa ideia uma realidade. Ainda que não se considere um ‘líder’ em sua igreja, você pode dar sua contribuição. Além disso, é bom que todos os membros entendam esse processo, pois ele diz respeito à missão que a igreja tem para com a comunidade ao redor dela.”1

“Teoricamente, o plano estratégico de uma igreja deve se fundamentar nas informações obtidas de pelo menos três fontes: (1) os princípios da Bíblia e do Espírito de Profecia; (2) o conhecimento das necessidades da comunidade; e (3) a opinião dos membros da igreja. Algumas igrejas coletaram as opiniões dos membros realizando reuniões para as quais eles foram convidados a fim de compartilhar suas ideias e sonhos a respeito do trabalho missionário e do aperfeiçoamento de sua igreja internamente.”1

“7. Leia Lucas 14:25-35. O que essa passagem fala sobre a dedicação e o planejamento necessários para cumprir a missão da igreja?”1

“25 Grandes multidões o acompanhavam, e ele, voltando-se, lhes disse: 26 Se alguém vem a mim e não aborrece a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs e ainda a sua própria vida, não pode ser meu discípulo. 27 E qualquer que não tomar a sua cruz e vier após mim não pode ser meu discípulo. 28 Pois qual de vós, pretendendo construir uma torre, não se assenta primeiro para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a concluir? 29 Para não suceder que, tendo lançado os alicerces e não a podendo acabar, todos os que a virem zombem dele, 30 dizendo: Este homem começou a construir e não pôde acabar. 31 Ou qual é o rei que, indo para combater outro rei, não se assenta primeiro para calcular se com dez mil homens poderá enfrentar o que vem contra ele com vinte mil? 32 Caso contrário, estando o outro ainda longe, envia-lhe uma embaixada, pedindo condições de paz. 33 Assim, pois, todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu discípulo. 34 O sal é certamente bom; caso, porém, se torne insípido, como restaurar-lhe o sabor? 35 Nem presta para a terra, nem mesmo para o monturo; lançam-no fora. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.” (Lucas 14:25-35 ARA)2.

É preciso colocar a vontade do Mestre acima dos relacionamentos e interesses na vida. Devemos morrer para o egoísmo. Precisamos calcular o preço espiritual da edificação do reino de Deus e da vitória na guerra em favor desse reino. Os discípulos dedicados são como o sal que nunca perde o sabor e a influência. Por isso, eles planejam com sabedoria o trabalho da igreja.”1

“Ao refletir sobre o processo exigido para satisfazer as necessidades de sua comunidade com eficiência, talvez você pense: Isso vai requerer muita dedicação e tempo. Preferiríamos pegar um atalho. As duas parábolas nos advertem contra a atitude de não dar muita importância às responsabilidades da missão e do discipulado. Elas nos lembram que a análise e o planejamento de nossa missão são essenciais. É uma questão de boa administração. O sabor do sal em Lucas 14:34 representa devoção. Sem isso nosso serviço e nosso discipulado são inúteis e sem sentido. Precisamos de devoção fervorosa e fiel ao nosso Senhor, e se tivermos isso, consequentemente, teremos um ministério fervoroso e fiel.”1

“De que maneira você pode trabalhar mais com sua igreja na organização e no planejamento dos métodos para alcançar sua comunidade?”1

Quinta-feira, 25 de agosto de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O papel da igreja na comunidade. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 485, Jul. Ago. Set. 2016. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Uma vida solitária

Lições da Bíblia

“Não há dúvida de que Jeremias não teve uma vida cheia de facilidades. Ele seria o primeiro a admitir isso. Porém, as coisas foram ainda mais difíceis do que poderíamos ter imaginado.”1

“1. Leia Jeremias 16:1-13. Qual foi a mensagem do Senhor ao profeta? Embora fosse uma mensagem dura, de que forma ela seria uma bênção para ele? Compare com Oseias 1:1-31 “1 Veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: 2 Não tomarás mulher, não terás filhos nem filhas neste lugar. 3 Porque assim diz o SENHOR acerca dos filhos e das filhas que nascerem neste lugar, acerca das mães que os tiverem e dos pais que os gerarem nesta terra: 4 Morrerão vitimados de enfermidades e não serão pranteados, nem sepultados; servirão de esterco para a terra. A espada e a fome os consumirão, e o seu cadáver servirá de pasto às aves do céu e aos animais da terra. 5 Porque assim diz o SENHOR: Não entres na casa do luto, não vás a lamentá-los, nem te compadeças deles; porque deste povo retirei a minha paz, diz o SENHOR, a benignidade e a misericórdia. 6 Nesta terra, morrerão grandes e pequenos e não serão sepultados; não os prantearão, nem se farão por eles incisões, nem por eles se raparão as cabeças. 7 Não se dará pão a quem estiver de luto, para consolá-lo por causa de morte; nem lhe darão a beber do copo de consolação, pelo pai ou pela mãe. 8 Nem entres na casa do banquete, para te assentares com eles a comer e a beber. 9 Porque assim diz o SENHOR dos Exércitos, o Deus de Israel: Eis que farei cessar neste lugar, perante vós e em vossos dias, a voz de regozijo e a voz de alegria, o canto do noivo e o da noiva. 10 Quando anunciares a este povo todas estas palavras e eles te disserem: Por que nos ameaça o SENHOR com todo este grande mal? Qual é a nossa iniqüidade, qual é o nosso pecado, que cometemos contra o SENHOR, nosso Deus? 11 Então, lhes responderás: Porque vossos pais me deixaram, diz o SENHOR, e se foram após outros deuses, e os serviram, e os adoraram, mas a mim me deixaram e a minha lei não guardaram. 12 Vós fizestes pior do que vossos pais; pois eis que cada um de vós anda segundo a dureza do seu coração maligno, para não me dar ouvidos a mim. 13 Portanto, lançar-vos-ei fora desta terra, para uma terra que não conhecestes, nem vós nem vossos pais, onde servireis a outros deuses, de dia e de noite, porque não usarei de misericórdia para convosco.” (Jeremias 16:1-13 ARA)2. “1 Palavra do SENHOR, que foi dirigida a Oséias, filho de Beeri, nos dias de Uzias, Jotão, Acaz e Ezequias, reis de Judá, e nos dias de Jeroboão, filho de Joás, rei de Israel. 2 Quando, pela primeira vez, falou o SENHOR por intermédio de Oséias, então, o SENHOR lhe disse: Vai, toma uma mulher de prostituições e terás filhos de prostituição, porque a terra se prostituiu, desviando-se do SENHOR. 3 Foi-se, pois, e tomou a Gômer, filha de Diblaim, e ela concebeu e lhe deu um filho.” (Oseas 1:1-3 ARA)2. “Jeremias não devia se casar nem ter filhos naquela terra; não devia entrar em casas em que houvesse luto nem em casas em que houvesse banquetes, pois não devia criar laços ali. Essa mensagem acabaria sendo uma bênção para ele porque, numa época de calamidade como a que estava sendo predita, contrair matrimônio só traria mais sofrimento ao profeta, que talvez tivesse que se separar de seus familiares ou vê-los morrer.1

“Em contraste com Oseias, que devia se casar com uma prostituta para mostrar o quanto o relacionamento entre o Senhor e Israel se havia corrompido, devido à prostituição espiritual da nação, Jeremias devia se abster totalmente de se casar e ter filhos. Isso era algo raro e drástico para aquele tempo e aquela cultura. Em Israel, formar uma família era muito importante para todo jovem. Além do amor e do companheirismo entre os cônjuges, também era importante dar continuidade ao nome da família. Por que Deus proibiu Jeremias de formar família? Para que sua própria vida fosse uma lição objetiva sobre o terrível tempo em que as famílias se dissolveriam e a dor da separação se tornaria um pesado fardo para os sobreviventes. A ausência da vida familiar de Jeremias seria uma constante advertência e lição para seus contemporâneos.”1

“O destino solitário de Jeremias se estendeu também para outras áreas. Ele foi proibido de entrar numa casa em que houvesse luto. Isso simbolizaria a atitude do Senhor a respeito da relutância deles em responder aos Seus chamados para que se arrependessem e experimentassem um reavivamento.”1

“Além dos momentos de luto, ele também não devia se unir às festas de alegria e celebração deles. Isso devia simbolizar o momento futuro em que os babilônios poriam fim a toda sua alegria e regozijo.”1

“Dessa forma, seriam negados a Jeremias os laços humanos que se formam tanto no luto quanto na alegria. Sua vida e as tristezas que a acompanhariam deveriam ser lições objetivas. Se pelo menos a nação aprendesse com essas coisas!”1

“Como esse relato nos ajuda a apreciar o apoio humano que gostamos de receber dos outros, ou que damos a eles? Embora esse apoio seja importante, temos aprendido a buscar o Senhor como nosso maior apoio?”1

Hoje é dia de orar e buscar um amigo para mais uma noite de evangelismo.

Domingo, 22 nobembro de 2015 . Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Jeremias. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 482, Out. Nov. Dez. 2015. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

O chamado para a morte

Lições da Bíblia

“De nossa perspectiva, ao olhar para trás, é difícil crer na dureza de coração das pessoas. Como vimos na lição de ontem, a mensagem de Jeremias, embora forte, ainda era repleta de esperança. Se aquelas pessoas se arrependessem, Deus suspenderia as horríveis punições que, com base nas promessas e maldições da aliança, viriam sobre elas. Se tão somente elas fizessem o que deviam fazer, se obedecessem a Deus e obtivessem a bênção resultante da obediência, então tudo ficaria bem. Deus perdoaria, curaria, restauraria. A provisão do evangelho, que viria futuramente por meio do sacrifício de Jesus, seria suficiente para perdoar todos os seus pecados e restaurá-las. Que mensagem de esperança, promessa e salvação!”1

“5. Qual foi a resposta dos líderes a Jeremias e à sua mensagem? Jr 26:10, 11”1 “10 Tendo os príncipes de Judá ouvido estas palavras, subiram da casa do rei à Casa do SENHOR e se assentaram à entrada da Porta Nova da Casa do SENHOR. 11 Então, os sacerdotes e os profetas falaram aos príncipes e a todo o povo, dizendo: Este homem é réu de morte, porque profetizou contra esta cidade, como ouvistes com os vossos próprios ouvidos.” (Jeremias 26:10-11 ARA)2. “Levaram Jeremias ao tribunal e disseram que ele devia ser condenado à morte porque havia profetizado contra a cidade, o que caracterizaria uma traição.1

“Em Israel, apenas um tribunal legalmente reunido poderia emitir uma sentença de morte. Só o voto da maioria dos juízes era aceitável para a pena de morte. Os sacerdotes e profetas levaram Jeremias ao tribunal com suas acusações mortais. Seus opositores desejavam apresentá-lo como traidor e criminoso político.”1

“6. Qual foi a resposta de Jeremias? Jr 26:13-15”1 “13 Agora, pois, emendai os vossos caminhos e as vossas ações e ouvi a voz do SENHOR, vosso Deus; então, se arrependerá o SENHOR do mal que falou contra vós outros. 14 Quanto a mim, eis que estou nas vossas mãos; fazei de mim o que for bom e reto segundo vos parecer.15 Sabei, porém, com certeza que, se me matardes a mim, trareis sangue inocente sobre vós, sobre esta cidade e sobre os seus moradores; porque, na verdade, o SENHOR me enviou a vós outros, para me ouvirdes dizer-vos estas palavras.” (Jeremias 26:13-15 ARA)2. “Jeremias não mudou a mensagem, mas a confirmou; disse-lhes, também, que fizessem com ele o que achassem melhor.1

“Jeremias não recuou de forma alguma do que havia dito; com a ameaça de morte diante de si, o profeta, ainda que estivesse com certo medo, não amenizou uma única palavra da mensagem que havia recebido do Senhor, que o havia advertido especialmente, desde o começo, a não omitir uma única palavra (Jr 26:2). Assim, em contraste com o Jeremias que às vezes lamentava, reclamava e amaldiçoava o dia de seu nascimento, agora o vemos como um homem de Deus que permanecia fiel e convicto.”1

“Você já teve que permanecer firme e pagar um alto preço em defesa da verdade? Se você nunca teve que fazer isso, haveria algo errado em sua vida?”1

Quarta-feira, 11 nobembro de 2015 . Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Jeremias. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 482, Out. Nov. Dez. 2015. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

A vara de amendoeira

Lições da Bíblia

“O profeta é uma testemunha de Deus; sua tarefa é falar, não em seu próprio nome, mas unicamente como representante de Deus. Jeremias não foi chamado com a finalidade de encontrar soluções para os problemas da nação, nem para se tornar um grande personagem ou líder carismático a quem o povo seguisse. Jeremias teve a missão singular de transmitir as palavras de Deus ao povo e aos líderes. A ênfase não estava no ser humano nem em seu potencial, mas na soberania e no poder de Deus. O profeta devia levar as pessoas ao Senhor, em quem, unicamente, estava a solução de todos os seus problemas. E não é diferente para nós.”1

“7. Qual foi o assunto das primeiras visões de Jeremias? Jr 1:11-19”1 “11 Veio ainda a palavra do SENHOR, dizendo: Que vês tu, Jeremias? Respondi: vejo uma vara de amendoeira. 12 Disse-me o SENHOR: Viste bem, porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir. 13 Outra vez, me veio a palavra do SENHOR, dizendo: Que vês? Eu respondi: vejo uma panela ao fogo, cuja boca se inclina do Norte. 14 Disse-me o SENHOR: Do Norte se derramará o mal sobre todos os habitantes da terra. 15 Pois eis que convoco todas as tribos dos reinos do Norte, diz o SENHOR; e virão, e cada reino porá o seu trono à entrada das portas de Jerusalém e contra todos os seus muros em redor e contra todas as cidades de Judá. 16 Pronunciarei contra os moradores destas as minhas sentenças, por causa de toda a malícia deles; pois me deixaram a mim, e queimaram incenso a deuses estranhos, e adoraram as obras das suas próprias mãos. 17 Tu, pois, cinge os lombos, dispõe-te e dize-lhes tudo quanto eu te mandar; não te espantes diante deles, para que eu não te infunda espanto na sua presença. 18 Eis que hoje te ponho por cidade fortificada, por coluna de ferro e por muros de bronze, contra todo o país, contra os reis de Judá, contra os seus príncipes, contra os seus sacerdotes e contra o seu povo. 19 Pelejarão contra ti, mas não prevalecerão; porque eu sou contigo, diz o SENHOR, para te livrar.” (Jeremias 1:11-19 ARA)2. “A vara de amendoeira, simbolizando que Deus vigia sobre Sua palavra para a cumprir, e a panela ao fogo, com a boca voltada para o norte, simbolizando o juízo que viria, caso o povo não se arrependesse.1

“As versões bíblicas, em sua maioria, traduzem a expressão hebraica no verso 11 como ‘vara de amendoeira’. Essa tradução, porém, deixa de refletir o jogo de palavras que há no hebraico. A palavra traduzida como ‘amendoeira’ vem da mesma raiz do verbo ‘vigiar’ ou ‘velar’, que aparece no verso 12, quando o Senhor diz que velará sobre Sua palavra para cumpri-la. Alguém poderia argumentar que a mensagem central de todo o livro de Jeremias se encontra nos versos 11 e 12. Deus é o Senhor da graça e do perdão. Se Seu povo abandonar o pecado, Ele é fiel para perdoá-lo e restaurá-lo; mas, se não abandonar o pecado, Ele é igualmente fiel para cumprir Suas palavras de juízo e punição.”1

“Como podemos ver, as palavras de Deus não foram apenas para o povo. O Senhor estava falando diretamente ao próprio Jeremias, admoestando-o a se preparar para a oposição que enfrentaria. Não importando o que acontecesse, Jeremias podia acreditar nestas palavras de Deus: ‘Eu Sou contigo’ (Jr 1:8). Como veremos, ele precisaria dessa certeza.”1

Será que todos precisamos dela?

“Leia Mateus 28:20 [‘ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.’]2. Que certeza podemos encontrar nessas palavras?”1

Quinta-feira, 01 outubro de 2015 . Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Jeremias. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 482, Out. Nov. Dez. 2015. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

O mundo inteiro precisa ouvir? – Estudo adicional

Lições da Bíblia

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

 

Estudo adicional

“Leia, de Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, p. 633, no capítulo ‘O Monte das Oliveiras’; Fundamentos da Educação Cristã, p. 335, no capítulo ‘Rápido Preparo Para a Obra’; Testemunhos para a Igreja, v. 6, p. 23, no capítulo ‘Expansão do Trabalho nos Campos Estrangeiros’.1

“O Novo Testamento emprega duas palavras gregas acompanhadas do adjetivo ‘todo’ para expressar a extensão mundial da missão cristã: Todo o kosmos em Mateus 26:13, Marcos 14:9 e 16:15, e toda a oikoumenē em Mateus 24:14. Enquanto kosmos, o termo mais geral para a esfera da existência ordenada, significa o planeta (e ocorre aproximadamente 150 vezes no Novo Testamento), o termo mais específico oikoumenē focaliza os habitantes humanos do mundo.”1

“Qual era a extensão do termo ‘todo o mundo’ para os primeiros cristãos? Dentro de alguns anos após a crucifixão, eles haviam chegado ao território que hoje corresponde a Chipre, Líbano, Síria, Turquia, Macedônia, Grécia e Itália. Há evidências de que levaram o evangelho até o sul da Rússia (a antiga Cítia), em direção ao norte, até a Etiópia, no sul, à Índia, no leste, e à Espanha, no oeste.”1

“Os missionários cristãos acreditavam que tinham que alcançar o mundo todo? Segundo o livro de Atos, o Espírito Santo, no dia de Pentecostes, no ‘aniversário’ da igreja, começou a proclamar ‘as grandezas de Deus’ aos visitantes de várias nações, regiões e grupos étnicos (At 2:5-11). Desde o começo, a igreja cristã tem estado ciente da extensão mundial de sua missão. Se eles tinham essa compreensão naquela época, muito mais nós deveríamos tê-la hoje.”1

Perguntas para reflexão

“1. Comente sobre a acusação de que as reivindicações dos cristãos são exclusivistas e arrogantes. O exclusivismo se traduz necessariamente em arrogância?”1

“2. A ordem de Jesus: ‘Ide, […] fazei discípulos de todas as nações’ (Mt 28:19) continuará sendo a verdade presente para a igreja até que Cristo volte. A proclamação das três mensagens angélicas de Apocalipse 14:6-12 se encaixa na grande comissão?”1

“3. Como você responderia a esta pergunta: Se as pessoas podem ser salvas sem nunca ter ouvido o evangelho, que sentido há em correr riscos para pregá-lo?”1

Sexta-feira, 25 setembro de 2015 . Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Missionários. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 481, Jul. Ago. Set. 2015. Adulto, Professor.