Possibilidades ilimitadas – Estudo adicional

Lições da Bíblia

Texto de Ellen G. White: Parábolas de Jesus, p. 325-365 (“Como Enriquecer a Personalidade”).

“A correta compreensão do ensino bíblico acerca dos dons espirituais traz unidade à igreja. O reconhecimento de que cada um de nós é um membro valioso e necessário ao corpo de Cristo é um pensamento unificador. Todo membro da igreja é importante para o cumprimento da missão de Cristo. Cada um foi dotado para o serviço.”1

“A todos é dada uma obra a fazer pelo Mestre. A cada um de Seus servos são concedidos dons especiais ou talentos. ‘A um deu cinco talentos, e a outro, dois e a outro, um, a cada um segundo a sua capacidade’ (Mt 25:15). Cada servo tem algum legado pelo qual é responsável, e os vários legados são proporcionais às nossas várias habilidades. Distribuindo Seus dons, Deus não agiu com parcialidade. Ele distribuiu os talentos de acordo com as aptidões conhecidas de Seus servos e espera retorno correspondente” (Ellen G. White, Testemunhos Para a Igreja, v. 2, p. 282).1

“Lembre-se também de que os dons do Espírito são dados para a glória de Deus, não para a nossa. Deus os concedeu para exaltar Seu nome e para o avanço de Sua causa.”1

Perguntas para consideração

“1. Cada um de nós recebeu dons de Deus. Quais implicações práticas isso tem para sua igreja? Que diferença isso faz no envolvimento de cada membro no serviço?”1

“2. Compartilhe com a classe da Escola Sabatina como os dons de outros membros o abençoaram. Compartilhe de que modo você descobriu seus dons espirituais. Quais são eles e como você os usa para abençoar os outros?”1

“3. A lição destacou que nossos dons crescem à medida que os usamos. Reflita sobre sua vida. Quais dons se expandiram quando você os usou para a glória do nome de Deus? Você é fiel ao que Deus lhe concedeu?”1

Sexta-feira, 07 de agosto de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 

Desenvolvendo os dons

Lições da Bíblia

“7. Leia a parábola dos talentos, em Mateus 25:14-30. Qual pensamento mais significativo se destaca nessa história? Por que os dois primeiros servos foram elogiados por Deus e o último servo, condenado? O que essa parábola revela sobre o uso de nossos talentos? Observe especialmente Mateus 25:29.”1

Mateus 25:14-30 (ARA)2: “14 Pois será como um homem que, ausentando-se do país, chamou os seus servos e lhes confiou os seus bens. 15 A um deu cinco talentos, a outro, dois e a outro, um, a cada um segundo a sua própria capacidade; e, então, partiu. 16 O que recebera cinco talentos saiu imediatamente a negociar com eles e ganhou outros cinco. 17 Do mesmo modo, o que recebera dois ganhou outros dois. 18 Mas o que recebera um, saindo, abriu uma cova e escondeu o dinheiro do seu senhor. 19 Depois de muito tempo, voltou o senhor daqueles servos e ajustou contas com eles. 20 Então, aproximando-se o que recebera cinco talentos, entregou outros cinco, dizendo: Senhor, confiaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco talentos que ganhei. 21 Disse-lhe o senhor: Muito bem, servo bom e fiel; foste fiel no pouco, sobre o muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. 22 E, aproximando-se também o que recebera dois talentos, disse: Senhor, dois talentos me confiaste; aqui tens outros dois que ganhei. 23 Disse-lhe o senhor: Muito bem, servo bom e fiel; foste fiel no pouco, sobre o muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. 24 Chegando, por fim, o que recebera um talento, disse: Senhor, sabendo que és homem severo, que ceifas onde não semeaste e ajuntas onde não espalhaste, 25 receoso, escondi na terra o teu talento; aqui tens o que é teu. 26 Respondeu-lhe, porém, o senhor: Servo mau e negligente, sabias que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei? 27 Cumpria, portanto, que entregasses o meu dinheiro aos banqueiros, e eu, ao voltar, receberia com juros o que é meu. 28 Tirai-lhe, pois, o talento e dai-o ao que tem dez. 29 Porque a todo o que tem se lhe dará, e terá em abundância; mas ao que não tem, até o que tem lhe será tirado. 30 E o servo inútil, lançai-o para fora, nas trevas. Ali haverá choro e ranger de dentes.”

“O mestre deu a cada servo talentos de acordo com a ‘própria capacidade’ deles (Mt 25:15). Cada indivíduo recebeu uma quantia diferente. Um recebeu cinco talentos, outro dois, e o terceiro, um. Cada servo teve a possibilidade de escolher como investir ou usar os talentos que lhes foram dados. A parábola tem um ponto crucial: os talentos que eles receberam não eram deles. Pertenciam a outra pessoa que lhes tinha dado a incumbência de administrá-los.”1

“A preocupação do mestre não era quem tinha talentos superiores ou inferiores. O importante não era quantos talentos cada um tinha. O essencial era saber o que cada um tinha feito com o que havia recebido.”1

“Paulo abordou a questão desta maneira: ‘Se há boa vontade, será aceita conforme o que o homem tem e não segundo o que ele não tem’ (2Co 8:12). Para Deus, o que importa não é tanto o que você tem, mas o que você faz com o que você tem.”1

“Deus elogiou os dois primeiros servos porque eles foram fiéis no uso de seus talentos. Os talentos deles se desenvolveram com o uso. O servo ‘mau’ não usou os recursos que o mestre lhe havia concedido, e eles não se desenvolveram. É uma verdade eterna que ‘a lei de servir torna-se o vínculo que nos liga a Deus e ao nosso semelhante’ (Ellen G. White, Parábolas de Jesus, p. 326). O servo infiel desperdiçou sua oportunidade de servir e acabou perdendo a capacidade de servir.”1

“Quando usamos os dons que Deus nos deu para a glória de Seu nome, eles se expandirão e crescerão. Como podemos descobrir os dons que Deus nos concedeu? Humildemente, ore para que Ele revele as áreas em que deseja que você sirva no ministério. Quando Ele impressionar sua mente, envolva-se. Seus dons se desenvolverão à medida que você os usar, e por isso encontrará satisfação no serviço do Senhor.”1

Pense nessa parábola e aplique-a à sua vida. O que você está fazendo com o que recebeu de Deus? (Lembre-se: tudo o que você tem é dom de Deus).1

Quinta-feira, 06 de agosto de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Descobrindo os dons

Lições da Bíblia

“5. Compare 1Coríntios 1:4-9 com 2Coríntios 1:20-22. O que essas passagens revelam sobre as promessas de Deus, especialmente a respeito dos dons espirituais antes da segunda vinda de Cristo?”1

1Coríntios 1:4-9 (ARA)2: “4 Sempre dou graças a [meu] Deus a vosso respeito, a propósito da sua graça, que vos foi dada em Cristo Jesus; 5 porque, em tudo, fostes enriquecidos nele, em toda a palavra e em todo o conhecimento;assim como o testemunho de Cristo tem sido confirmado em vós,de maneira que não vos falte nenhum dom, aguardando vós a revelação de nosso Senhor Jesus Cristo,o qual também vos confirmará até ao fim, para serdes irrepreensíveis no Dia de nosso Senhor Jesus Cristo. 9 Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados à comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.”

2Coríntios 1:20-22 (ARA)2: “20 Porque quantas são as promessas de Deus, tantas têm nele o sim; porquanto também por ele é o amém para glória de Deus, por nosso intermédio. 21 Mas aquele que nos confirma convosco em Cristo e nos ungiu é Deus, 22 que também nos selou e nos deu o penhor do Espírito em nosso coração.

“Deus promete que Sua igreja manifestará todos os dons do Espírito Santo pouco antes do retorno de nosso Senhor. Suas promessas são certas. Ele nos deu o testemunho do Espírito Santo em nosso coração para guiar cada um de nós a uma compreensão dos dons que Ele nos concedeu. Deus é quem dá os dons e mediante Seu Espírito os revela a nós.”1

“6. Leia Lucas 11:13, Tiago 1:5 e Mateus 7:7. Se desejamos descobrir os dons que Deus deu a cada um de nós, o que Ele nos convida a fazer?”1

Lucas 11:13 (ARA)2: “Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais o Pai celestial dará o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?”

Tiago 1:5 (ARA)2: “Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida.”

Mateus 7:7 (ARA)2: “Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á.”

“Recebemos os dons do Espírito ao nos consagrarmos a Deus e pedirmos que Ele nos revele os dons que nos deu. Quando nosso coração é esvaziado de glória pessoal e nossa prioridade é servir a Jesus, Seu Espírito nos impressiona com os dons espirituais que Ele tem para nós. ‘Somente quando os discípulos se renderam plenamente à Sua atuação em fé e súplicas foi derramado sobre eles o Espírito Santo. Então os bens do Céu foram concedidos aos seguidores de Cristo em sentido especial […]. Esses dons já são nossos em Cristo, mas a posse real depende de nossa recepção do Espírito de Deus’ (Ellen G. White, Parábolas de Jesus, p. 327).”1

“Os dons espirituais (veja 1Co 12:4-6 [‘4 Ora, os dons são diversos, mas o Espírito é o mesmo. 5 E também há diversidade nos serviços, mas o Senhor é o mesmo. 6 E há diversidade nas realizações, mas o mesmo Deus é quem opera tudo em todos.’]) são qualidades transmitidas por Deus para que possamos servi-Lo efetivamente. Os ministérios são as áreas gerais em que podemos expressar nossos dons, e as atividades são os eventos específicos que nos permitem usá-los. Os dons espirituais não vêm completamente desenvolvidos. Quando o Espírito Santo o impressionar com alguma área de serviço, ore para que Ele o guie a um ministério específico para exercitar seu dom por meio de uma atividade de evangelismo.”1

“Quais são seus dons específicos e, mais importante, como você pode aperfeiçoá-los para o serviço do Senhor?”1

Quarta-feira, 05 de agosto de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

O propósito dos dons espirituais

Lições da Bíblia

“4 Leia 1Coríntios 12:7 e Efésios 4:11-16. Por que Deus concede dons espirituais a cada cristão? Quais são os propósitos desses dons?”1

1Coríntios 12:7 (ARA)2: “A manifestação do Espírito é concedida a cada um visando a um fim proveitoso.”

Efésios 4:11-16 (ARA)2: “11 E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, 12 com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo, 13 até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo, 14 para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha dos homens, pela astúcia com que induzem ao erro. 15 Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, 16 de quem todo o corpo, bem ajustado e consolidado pelo auxílio de toda junta, segundo a justa cooperação de cada parte, efetua o seu próprio aumento para a edificação de si mesmo em amor.”

“Os dons espirituais servem a vários propósitos. Deus os concede para nutrir e fortalecer Sua igreja a fim de cumprir Seu ministério. Eles foram designados para desenvolver uma igreja unificada, pronta para cumprir Sua missão no mundo. Os escritores bíblicos nos deram exemplos de dons espirituais que Deus concede à Sua igreja, como ministério, serviço, proclamação, ensino, encorajamento e doação. Eles também falaram sobre os dons da hospitalidade, misericórdia, assistência e alegria, entre outros. Para uma lista mais completa, leia Romanos 12 e 1Coríntios 12.”1

“Você pode estar se perguntando sobre a relação entre dons espirituais e talentos naturais. Os dons espirituais são qualidades divinamente comunicadas pelo Espírito Santo a cada cristão a fim de habilitá-lo para seu ­ministério especial na igreja e serviço ao mundo. Eles também podem incluir talentos naturais santificados pelo Espírito Santo e usados no serviço de Cristo. Todos os talentos naturais são dados por Deus, mas nem todos são usados no serviço de Cristo.”1

“Os dons especiais do Espírito não são os únicos talentos representados na parábola. Esta inclui todos os dons e talentos, originais ou adquiridos, naturais ou espirituais. Todos devem ser empregados no serviço de Cristo. Tornando-nos discípulos Dele, rendemo-nos a Ele com tudo o que somos e temos. Ele nos devolve, então, essas dádivas purificadas e enobrecidas para que as utilizemos para Sua glória em abençoar nossos semelhantes” (Ellen G. White, Parábolas de Jesus, p. 328).1

“Além disso, Deus estabeleceu dons especiais, como o dom de profecia e ofícios específicos na igreja, incluindo pastores e anciãos, que são professores no corpo de Cristo a fim de nutrir e habilitar cada membro para o serviço (veja Ef 4:11,12). A função de toda a liderança da igreja é ajudar os membros a descobrir seus dons espirituais e ensiná-los a usá-los para edificar o corpo de Cristo.”1

“Quais são seus talentos naturais que, por mais úteis e benéficos que sejam em um ambiente secular, também podem ser uma bênção para a igreja?”1

Terça-feira, 04 de agosto de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deus: o Doador de todos os dons

Lições da Bíblia

“De acordo com 1Coríntios 12:11,18, Efésios 4:7,8 e Tiago 1:17, Deus é o originador de todas as dádivas, e ‘todo dom perfeito’ vem Dele. Portanto, podemos ter a certeza de que Ele nos concederá os dons do Espírito Santo mais adequados à nossa personalidade e usará da melhor maneira nossas habilidades para servir à Sua causa e glorificar Seu nome.”1

“2 Leia Marcos 13:34 e 1Coríntios 12:11. A quem Deus concede dons espirituais? Assinale ‘V’ para verdadeiro ou ‘F’ para falso:”1

Marcos 13:34 (ARA)2: “É como um homem que, ausentando-se do país, deixa a sua casa, dá autoridade aos seus servos, a cada um a sua obrigação, e ao porteiro ordena que vigie.”

1Coríntios 12:11 (ARA)2: “Mas um só e o mesmo Espírito realiza todas estas coisas, distribuindo-as, como lhe apraz, a cada um, individualmente.”

A (   ) A apenas alguns indivíduos mais capazes.
B (   ) A cada um, individualmente, de acordo com a vontade divina.

Resposta sugestiva: F; V.

“Deus tem uma tarefa especial para cada um na obra de compartilhar o evangelho. Na parábola do proprietário que deixa a casa aos cuidados de seus servos, ele lhes dá o trabalho designado (Mc 13:34). Há uma tarefa para cada um, e Deus concede dons espirituais a todos, para que realizem a tarefa ou ministério a que são chamados. Quando entregamos a vida a Cristo e, por meio do batismo, tornamo-nos membros de Seu corpo (a igreja), o Espírito concede dons para que sirvamos ao corpo e testemunhemos ao mundo.”1

“Em 1903, Ellen G. White escreveu uma carta a certo homem para encorajá-lo a usar no serviço os dons que Deus lhe havia concedido. ‘Somos todos membros da família de Deus; a todos nós, em maior ou menor grau, foram confiados talentos dados por Deus, e somos responsáveis por sua utilização. Seja nosso talento grande ou pequeno, devemos usá-lo no serviço de Deus e reconhecer o direito de todos os outros de usar os dons que lhes são confiados. Nunca devemos menosprezar o menor capital físico, intelectual ou espiritual’ (Carta 260, 2 de dezembro de 1903).”1

“3. Leia Atos 10:36-38, Mateus 3:16-17 e Atos 2:38-42. O que esses textos revelam sobre a promessa do Espírito Santo no batismo?”1

Atos 10:36-38 (ARA)2: “36 Esta é a palavra que Deus enviou aos filhos de Israel, anunciando-lhes o evangelho da paz, por meio de Jesus Cristo. Este é o Senhor de todos. 37 Vós conheceis a palavra que se divulgou por toda a Judeia, tendo começado desde a Galileia, depois do batismo que João pregou, 38 como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder, o qual andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele;

Mateus 3:16-17 (ARA)2: “16 Batizado Jesus, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, vindo sobre ele. 17 E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.”

Atos 2:38-42 (ARA)2: “38 Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. 39 Pois para vós outros é a promessa, para vossos filhos e para todos os que ainda estão longe, isto é, para quantos o Senhor, nosso Deus, chamar. 40 Com muitas outras palavras deu testemunho e exortava-os, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa. 41 Então, os que lhe aceitaram a palavra foram batizados, havendo um acréscimo naquele dia de quase três mil pessoas. 42 E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações.”

“Assim como Jesus foi ungido com o Espírito Santo em Seu batismo a fim de prepará-Lo e habilitá-Lo plenamente para Seu ministério no mundo, cada um de nós tem a promessa do Espírito Santo no batismo. Deus deseja que estejamos certos de que Ele cumpre Sua Palavra e concede dons espirituais para abençoar Sua igreja e o mundo.”1

Segunda-feira, 03 de agosto de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Diferentes nos dons, unidos no serviço

Lições da Bíblia

“Você já pensou como os discípulos eram diferentes uns dos outros? Sua origem, personalidade, temperamento e dons variavam bastante. Mas isso não foi uma desvantagem para a igreja. Tornou-se um ponto forte. Mateus, um cobrador de impostos, era preciso, exato e correto. Por outro lado, Pedro muitas vezes falava precipitadamente e era entusiasmado e impulsivo, mas também tinha qualidades naturais de liderança. João era bondoso e franco. André era sociável, extremamente consciente dos que o cercavam e sensível aos outros. Tomé tinha a tendência natural de questionar e muitas vezes duvidava. Cada um desses discípulos, embora tivesse personalidade e dons diferentes, foi poderosamente usado por Deus para testemunhar Dele.”1

“1. Leia 1Coríntios 12:12,13,18-22. Existe necessidade de pessoas com diferentes dons no corpo de Cristo, a igreja? Assinale a alternativa correta:”1

1Coríntios 12:12,13,18-22 (ARA): “12 Porque, assim como o corpo é um e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, constituem um só corpo, assim também com respeito a Cristo. 13 Pois, em um só Espírito, todos nós fomos batizados em um corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. […] 18 Mas Deus dispôs os membros, colocando cada um deles no corpo, como lhe aprouve. 19 Se todos, porém, fossem um só membro, onde estaria o corpo? 20 O certo é que há muitos membros, mas um só corpo. 21 Não podem os olhos dizer à mão: Não precisamos de ti; nem ainda a cabeça, aos pés: Não preciso de vós. 22 Pelo contrário, os membros do corpo que parecem ser mais fracos são necessários;”

A (   ) Sim. Cada cristão tem uma função no corpo de Cristo.
B (   ) Não. Todos têm a mesma função e os mesmos dons no corpo de Cristo.

Resposta sugestiva: Alternativa A.

“Deus Se alegra em tomar pessoas de diferentes origens, com diversos talentos e habilidades, para lhes conceder dons para o serviço. O corpo de Cristo não é um grupo homogêneo. Não é um clube de campo com pessoas da mesma origem e mesmo pensamento. É um movimento dinâmico de pessoas com diferentes dons, unidas no amor a Cristo e às Escrituras e comprometidas em compartilhar Seu amor e verdade com o mundo (Rm 12:4; 1Co 12:12). Os membros do corpo de Cristo têm dons diferentes, mas cada um é valioso; cada um é decisivo para o funcionamento saudável do corpo de Cristo. Assim como os olhos, ouvidos e nariz têm funções diferentes, mas são necessários para o corpo, todos os dons também são necessários (1Co 12:21,22).”1

“Se ponderarmos cuidadosamente sobre o corpo humano, mesmo as partes ‘menos importantes’ têm uma função crucial. Considere os cílios. E se não tivéssemos algo aparentemente insignificante como os cílios? As partículas de poeira embaçariam nossa visão, e as consequências seriam danos irreparáveis. O membro aparentemente mais ‘insignificante’ da igreja é uma parte essencial do corpo de Cristo e recebeu o dom do Espírito Santo. Para Deus, todos são importantes e úteis. Quando dedicamos totalmente nossos dons a Deus, cada um de nós pode fazer uma diferença eterna.”1

“Embora você seja talentoso, em quais coisas você não é tão bom assim, enquanto outros na igreja o são? Isso o ajuda a se manter em atitude de humildade?”1

Domingo, 02 de agosto de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Possibilidades ilimitadas

Lições da Bíblia

“Mas um só e o mesmo Espírito realiza todas estas coisas, distribuindo-as, como Lhe apraz, a cada um, individualmente” (1Co 12:11).1

“Deus nos chama a testemunhar Dele (At 1:8; Is 43:10). Testemunhar não é um dom espiritual especial que apenas algumas poucas pessoas possuem. É o chamado divino de cada cristão.”1

“A Bíblia utiliza diferentes expressões para descrever nosso chamado diante de Deus. Devemos ser ‘a luz do mundo’, ‘embaixadores em nome de Cristo’ e um ‘sacerdócio real’ (Mt 5:14; 2Co 5:20; 1Pe 2:9). O mesmo Deus que nos chama para testemunhar e para servir nos habilita para a tarefa. Ele concede dons espirituais a cada cristão. Deus não chama os habilitados, que se sentem autossuficientes, mas transforma e habilita aqueles a quem chama. Assim como Ele dá salvação gratuitamente a todos os que creem, também lhes concede Seus dons gratuitamente.”1

“Quando nos consagramos a Deus e dedicamos nossa vida ao Seu serviço, nossas possibilidades de servir são infinitas. ‘Não pode haver limite à utilidade de uma pessoa que, pondo de parte o próprio eu, oferece margem à atuação do Espírito Santo em seu coração e vive uma vida inteiramente consagrada a Deus’ (Ellen G. White, A Ciência do Bom Viver, p. 159).”1

“Na lição desta semana, estudaremos nossas possibilidades ilimitadas de serviço mediante o dom do Espírito Santo.”1

Sábado, 01 de agosto de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 

Capacitação do Espírito para testemunhar – Estudo adicional

Lições da Bíblia

Textos de Ellen G. White: Atos dos Apóstolos, p. 47-56 (“O dom do ­Espírito Santo”); O Desejado de Todas as Nações, p. 667-672 (“Não se turbe o vosso coração”).1

“O Espírito Santo coopera com o Pai e o Filho no processo de redenção. Em todas as nossas atividades de testemunho, unimo-nos a Ele em Sua obra de salvar pessoas. Ele convence corações e abre portas de oportunidade. Por meio de Sua Palavra, ilumina mentes e revela a verdade. Ele rompe os laços do preconceito que nos escravizam, vence ideias culturais que obscurecem nossa visão da verdade, e nos livra das cadeias dos maus hábitos.”1

“Ao testemunharmos por Jesus, é crucial lembrar que estamos cooperando com o Espírito Santo. Ele vai antes de nós, preparando corações para receber a mensagem do evangelho. Ele está conosco, influenciando as mentes enquanto realizamos atos de bondade, compartilhamos nosso testemunho, conduzimos estudos bíblicos, doamos livros repletos de verdades ou participamos de projetos de evangelismo. Ele continuará trabalhando no coração das pessoas muito tempo depois de partirmos, fazendo o que for necessário para levá-las ao conhecimento da salvação.”1

Perguntas para consideração

“1. Comente sobre uma ocasião em que você sentiu o poder do Espírito Santo trabalhando poderosamente mediante seu testemunho.”1

“2. Você já teve medo de compartilhar sua fé? Como o conhecimento do ministério do Espírito Santo reduz esse receio e lhe dá segurança ao testemunhar?”1

“3. De que maneira o Espírito trabalha conosco em nossos esforços para testemunhar? Como o Espírito Santo nos habilita a testemunhar e atuar na vida de outras pessoas?”1

“4. A lição falou sobre a centralidade da Bíblia no testemunho. Por que a Palavra de Deus é um componente tão crucial de nossa fé e do nosso testemunho? Como podemos evitar as armadilhas dos que, mesmo afirmando acreditar na Bíblia, diminuem sutilmente sua autoridade e seu testemunho?”1

Sexta-feira, 31 de julho de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor.