Guerra contra o remanescente

Lições da Bíblia

“5. Leia Apocalipse 12:17. No tempo do fim, contra quem Satanás lutará de maneira intensa? Assinale a alternativa correta:”1

Apocalipse (12:17 ARA)2: “Irou-se o dragão contra a mulher e foi pelejar com os restantes da sua descendência, os que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus; e se pôs em pé sobre a areia do mar.1

  1. ( ) Contra a mulher e o restante da sua descendência.
  2. ( ) Contra seus próprios aliados.

Resposta sugestiva: Alternativa A.

“As palavras restante ou remanescente descrevem aqueles que permanecem fiéis a Deus enquanto a maioria apostata (1Rs 19:18; Ap 2:24). Enquanto a maioria das pessoas do mundo tomará o lado de Satanás no fim dos tempos, um grupo de pessoas levantadas por Deus após 1798 permanecerá fiel a Cristo diante da completa ira de Satanás.”1

“6. Quais são as duas características do remanescente em Apocalipse 12:17? Como ter a certeza de que pertencemos ao remanescente no fim dos tempos?”1

Apocalipse (12:17 ARA)2: “Irou-se o dragão contra a mulher e foi pelejar com os restantes da sua descendência, os que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus; e se pôs em pé sobre a areia do mar.1

“O remanescente que vive no tempo do fim guarda os mandamentos de Deus. Apocalipse 13 mostra que a primeira tábua do Decálogo será fundamental para o conflito no fim dos tempos. O principal componente dos primeiros quatro mandamentos é a adoração. A principal questão na crise final é quem deve ser adorado. Enquanto as pessoas no mundo escolherão adorar a imagem da besta, o remanescente adorará a Deus, o Criador (Ap 14:7). O quarto mandamento, o sábado, aponta especificamente para Deus como Aquele que nos criou. Essa é uma das razões pelas quais esse mandamento desempenhará um papel fundamental na crise final.”1

“Além disso, a segunda característica do remanescente do tempo do fim é que eles ‘mantêm o testemunho de Jesus’, o qual, em Apocalipse 19:10, é apresentado como ‘o espírito de profecia’ (NVI). Ao compararmos esse verso com Apocalipse 22:9, vemos que os ‘irmãos’ de João que têm o testemunho de Jesus são profetas; portanto, a expressão ‘o testemunho de Jesus’ se refere a Jesus testemunhando da verdade mediante Seus profetas, assim como Ele fez por meio de João (Ap 1:2). O Apocalipse mostra que, no tempo do fim, o povo de Deus terá o ‘espírito de profecia’ para guiá­lo através desses tempos difíceis, visto que Satanás fará todos os esforços para enganá-lo e destruí-lo. Como adventistas, recebemos esse dom de revelação profética no ministério e nos escritos de Ellen G. White.”1

“Quais ideias incríveis recebemos pelo espírito de profecia? Como devemos nos comportar individualmente e como igreja em relação a essa luz adicional que Deus nos deu?”1

Quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. O livro do Apocalipse. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 495, jan. fev. mar. 2019. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

A guerra no Planeta

Lições da Bíblia

“4. Leia Apocalipse 12:13, 14. Tendo sido expulso do Céu, Satanás atacou a igreja durante os 1260 dias/anos proféticos. Como Deus cuidou da igreja nesse período?”1

Apocalipse (12:13, 14 ARA)2: “13 Quando, pois, o dragão se viu atirado para a terra, perseguiu a mulher que dera à luz o filho varão; 14 e foram dadas à mulher as duas asas da grande águia, para que voasse até ao deserto, ao seu lugar, aí onde é sustentada durante um tempo, tempos e metade de um tempo, fora da vista da serpente.

“‘A expulsão de Satanás, como acusador dos irmãos no Céu, foi efetuada por meio da grande obra de Cristo ao dar a Sua vida. Apesar da persistente oposição de Satanás, o plano da redenção estava sendo executado […]. Sabendo que o império que ele havia usurpado lhe seria arrebatado no final, Satanás decidiu não poupar esforços para destruir o maior número possível das criaturas que Deus havia feito à Sua imagem. Ele odeia o homem porque Cristo manifestou por ele um amor perdoador e grande compaixão. Então, ele se preparou para aplicar todo tipo de engano pelo qual o ser humano possa ser levado à perdição; entregou-se à sua obra com mais energia por causa de sua própria condição irremediável’ (Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, v. 3, p. 1.088).”1

“Satanás continuou suas atividades na Terra, lançando sua fúria contra o grande objeto do amor de Cristo no mundo: a igreja. No entanto, a igreja encontrou proteção nos lugares desertos da Terra durante o período de 1.260 dias/anos.”1

“O período da perseguição empreendida por Satanás é mencionado duas vezes em Apocalipse 12 em termos de 1.260 dias/anos (Ap 12:6) e ‘um tempo, dois tempos e metade de um tempo’ (Ap 12:14). Ambos os períodos se referem à duração da ação perseguidora do chifre pequeno mencionado em Daniel 7:23-25. Na Bíblia, os dias proféticos simbolizam anos. O período da história que melhor se encaixa nesse período profético é 538 a 1798 d.C., durante o qual a Igreja Católica Romana, como poder eclesiástico e de Estado, dominou o mundo ocidental até 1798, ano em que Berthier, general de Napoleão, acabou com o poder opressivo de Roma, pelo menos temporariamente.”1

“Durante esse longo período de perseguição, o dragão fez jorrar de sua boca água como um rio a fim de destruir a mulher. Águas representam povos e nações (Ap 17:15). Roma enviou exércitos e nações para guerrear contra o povo fiel de Deus durante esse tempo. Próximo do fim desse período profético, uma terra favorável engoliu o rio e salvou a mulher, proporcionando-lhe um abrigo seguro. Essa provisão indica o refúgio que os Estados Unidos, com sua liberdade religiosa, proporcionaram (Ap 12:16).”1

“Pense na perseguição dos 1.260 anos e em nossa limitação para entender por que as coisas, como o retorno de Cristo, parecem demorar, em nossa perspectiva.”1

Dez Dias de Oração: Somos chamados a preparar o caminho do Senhor na segunda vinda, levando pessoas a Ele. Ore com a seguinte pessoa: ou envie o vídeo de oração.

Terça-feira, 19 de fevereiro de 2019. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. O livro do Apocalipse. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 495, jan. fev. mar. 2019. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Satanás é lançado à Terra

Lições da Bíblia

“3. Leia Apocalipse 12:7-9, que fala sobre uma guerra no Céu. Qual foi a natureza dessa guerra, que resultou na expulsão de Satanás do Céu? Assinale ‘V’ para verdadeiro ou ‘F’ para falso:”1

Apocalipse (12:7-9 ARA)2: “7 Houve peleja no céu. Miguel e os seus anjos pelejaram contra o dragão. Também pelejaram o dragão e seus anjos; 8 todavia, não prevaleceram; nem mais se achou no céu o lugar deles. 9 E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a terra, e, com ele, os seus anjos. 10 Então, ouvi grande voz do céu, proclamando: Agora, veio a salvação, o poder, o reino do nosso Deus e a autoridade do seu Cristo, pois foi expulso o acusador de nossos irmãos, o mesmo que os acusa de dia e de noite, diante do nosso Deus. 11 Eles, pois, o venceram por causa do sangue do Cordeiro e por causa da palavra do testemunho que deram e, mesmo em face da morte, não amaram a própria vida. 12 Por isso, festejai, ó céus, e vós, os que neles habitais. Ai da terra e do mar, pois o diabo desceu até vós, cheio de grande cólera, sabendo que pouco tempo lhe resta.

  1. ( ) A guerra foi um conflito cósmico entre Deus e Satanás, que se rebelou contra a autoridade de Deus.
  2. ( ) Lúcifer e outros anjos lutaram para ver quem teria o direito de governar a Terra.

Resposta sugestiva: V; F.

“Satanás foi expulso do Céu no início do grande conflito, quando se rebelou contra o governo de Deus. Ele queria tomar posse do trono no Céu e ser ‘semelhante ao Altíssimo’ (Is 14:12-15). O inimigo permaneceu em aberta rebelião contra Deus, mas foi derrotado e exilado na Terra. Contudo, ao enganar Adão e Eva, Satanás usurpou o domínio de Adão sobre este mundo (Lc 4:6). Como governante autoproclamado da Terra e representante dela (Jo 12:31), ele reivindicou o direito de comparecer ao concílio celestial (Jó 1:6-12). No entanto, desde sua derrota na cruz, Satanás e seus anjos caídos têm estado confinados à Terra como uma prisão, até receberem seu castigo (2Pe 2:4, Jd 6).”1

“Por Sua morte, Jesus redimiu o que havia sido perdido e o verdadeiro caráter de Satanás foi revelado diante do Universo. ‘Satanás viu que estava desmascarado. Sua administração foi exposta perante os anjos não caídos e o Universo celestial. Havia se revelado um homicida. Derramando o sangue do Filho de Deus, desarraigou-se Satanás das simpatias dos seres celestiais. Daí em diante sua obra seria restrita’ (Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, p. 761). O domínio sobre a Terra foi transferido de Satanás para Jesus perante todo o Universo, e Ele foi proclamado o governante legítimo sobre a Terra (Ef 1:20-22; Fp 2:9-11).”1

“Jesus previu esse acontecimento dizendo: ‘Chegou o momento de ser julgado este mundo, e agora o seu príncipe será expulso’ (Jo 12:31).”1

“Com esse juízo sobre Satanás, ‘veio a salvação, o poder, o reino do nosso Deus e a autoridade do Seu Cristo’ (Ap 12:10). O diabo ainda terá poder limitado para causar dano ao povo de Deus na Terra, mas com a percepção de que ‘pouco tempo lhe resta’ (Ap 12:12). No entanto, embora lhe reste, de fato, pouco tempo, ele está fazendo tudo que pode para causar dor, sofrimento e destruição aqui na Terra.”1

“De acordo com Apocalipse 12:11, como podemos nos defender do diabo? (Veja também Ef 6:10-18. [10 Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. 11 Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo; 12 porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes. 13 Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis. 14 Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade e vestindo-vos da couraça da justiça. 15 Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz; 16 embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno. 17 Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; 18 com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos’]2)”1

Dez Dias de Oração: Daniel realizava seu trabalho com excelência e dedicação. Ore pela seguinte pessoa: , e envie a essa pessoa o cartão de oração.

Segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. O livro do Apocalipse. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 495, jan. fev. mar. 2019. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

A mulher e o dragão

Lições da Bíblia

“1. Leia Apocalipse 12:1-5. João viu dois grandes sinais: uma mulher grávida de um filho e um dragão. Quem é essa mulher e o que esses versos ensinam?”1

Apocalipse (12:1-5 ARA): “1 Viu-se grande sinal no céu, a saber, uma mulher vestida do sol com a lua debaixo dos pés e uma coroa de doze estrelas na cabeça, 2 que, achando-se grávida, grita com as dores de parto, sofrendo tormentos para dar à luz. 3 Viu-se, também, outro sinal no céu, e eis um dragão, grande, vermelho, com sete cabeças, dez chifres e, nas cabeças, sete diademas. 4 A sua cauda arrastava a terça parte das estrelas do céu, as quais lançou para a terra; e o dragão se deteve em frente da mulher que estava para dar à luz, a fim de lhe devorar o filho quando nascesse. 5 Nasceu-lhe, pois, um filho varão, que há de reger todas as nações com cetro de ferro. E o seu filho foi arrebatado para Deus até ao seu trono.

“Na Bíblia, a palavra ‘mulher’ é usada como símbolo do povo de Deus (2Co 11:2): uma mulher pura representa cristãos fiéis, enquanto uma prostituta representa cristãos apóstatas. A mulher de Apocalipse 12 simboliza primeiramente Israel, a quem o Messias veio (Ap 12:1-5); nos versos 13 a 17 ela representa a igreja verdadeira que dá à luz o remanescente.”1

“O Sol representa a glória do caráter de Cristo, a Sua justiça (Ml 4:2). Ele é ‘a luz do mundo’ (Jo 8:12), e Seu povo deve refletir a luz do Seu caráter amoroso (Mt 5:14-16). A Lua, um luzeiro menor (Gn 1:16), aponta para as promessas do Antigo Testamento, prefigurando a obra de Cristo.”1

“Outro sinal que João observou na visão foi um dragão vermelho, posteriormente identificado como o diabo e Satanás, a antiga serpente (Ap 12:9). A sua cauda, simbolizando os meios usados para enganar (Is 9:14, 15; Ap 9:10), arrastou um terço das estrelas do Céu para a Terra. Ao cair de sua posição exaltada no Céu (Is 14:12-15), Satanás conseguiu enganar um terço dos anjos. Esses anjos caídos são demônios que auxiliam o diabo na oposição a Deus e à Sua obra de salvação (veja 1Tm 4:1 [‘Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios,’]). O dragão é descrito como tendo ‘sete cabeças e dez chifres’ (Ap 12:3, ARC), símbolo dos agentes no mundo usados por Satanás: Roma pagã (Ap 12:4) e o espiritismo (Ap 16:13). ‘Declara-se que o dragão é Satanás (Ap 12:9); foi ele que atuou sobre Herodes a fim de matar o Salvador. Mas o principal agente de Satanás, ao fazer guerra contra Cristo e Seu povo, durante os primeiros séculos da era cristã, foi o Império Romano, em que o paganismo era a religião dominante. Assim, embora o dragão represente primeiramente Satanás, é, em sentido secundário, símbolo de Roma pagã’ (Ellen G. White, O Grande Conflito, p. 438).”1

“2. Leia Apocalipse 12:9. Satanás foi chamado de ‘a antiga serpente’. Qual é a relação entre Gênesis 3:15 e a tentativa do dragão de destruir o Descendente da mulher ‘quando [Este] nascesse’ (Ap 12:4)?”1

Apocalipse (12:9 ARA)2: “E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a terra, e, com ele, os seus anjos.

Gênesis (3:15 ARA)2: “Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.

Apocalipse (12:4 ARA)2: “A sua cauda arrastava a terça parte das estrelas do céu, as quais lançou para a terra; e o dragão se deteve em frente da mulher que estava para dar à luz, a fim de lhe devorar o filho quando nascesse.

“Desde o princípio, Satanás esteve à espera do Messias, o Filho que nasceria para destruí-lo. Quando o Messias nasceu, Satanás usou Roma pagã (simbolizada pelo dragão em Ap 12:4) a fim de destruí-Lo (veja Mt 2:13-16 [‘13 Tendo eles partido, eis que apareceu um anjo do Senhor a José, em sonho, e disse: Dispõe-te, toma o menino e sua mãe, foge para o Egito e permanece lá até que eu te avise; porque Herodes há de procurar o menino para o matar. 14 Dispondo-se ele, tomou de noite o menino e sua mãe e partiu para o Egito; 15 e lá ficou até à morte de Herodes, para que se cumprisse o que fora dito pelo Senhor, por intermédio do profeta: Do Egito chamei o meu Filho. 16 Vendo-se iludido pelos magos, enfureceu-se Herodes grandemente e mandou matar todos os meninos de Belém e de todos os seus arredores, de dois anos para baixo, conforme o tempo do qual com precisão se informara dos magos.’]2). Mas o Filho ‘foi arrebatado para Deus até ao Seu trono’ (Ap 12:5).”1

Dez Dias de Oração: Enoque intercedia pelas pessoas que ele procurava salvar. Interceda pelos seguintes amigos da igreja:

Domingo, 17 de fevereiro de 2019. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. O livro do Apocalipse. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 495, jan. fev. mar. 2019. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Satanás, um inimigo derrotado

Lições da Bíblia

Eles, pois, o venceram por causa do sangue do Cordeiro e por causa da palavra do testemunho que deram e, mesmo em face da morte, não amaram a própria vida” (Ap 12:11).

“Os capítulos 12, 13, 14 do Apocalipse nos preparam para a seção sobre os eventos dos últimos dias (Ap 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21, 22:1-21). Enquanto a primeira metade do livro Ap 1:1–11:19 descreve as lutas espirituais da igreja em um mundo hostil ao longo da era cristã, o restante se concentra em eventos fundamentais que levarão à segunda vinda de Cristo e ao reino de Deus.”1

“O propósito do capítulo 12 é nos apresentar o panorama completo por trás da crise final da história mundial. Esse capítulo revela o desenvolvimento do grande conflito entre Cristo e Satanás ao longo da história.”1

“No livro do Apocalipse, Satanás é o arqui-inimigo de Deus e de Seu povo. Sua existência é real, e ele está por trás de todo mal e rebelião no Universo. Ele sabe que sua última chance de triunfar contra Deus antes da segunda vinda de Cristo é vencendo a batalha do Armagedom. Portanto, ele concentra todos os seus esforços na preparação para esse evento.”1

“O propósito de Apocalipse 12 é assegurar ao povo de Deus que Satanás não terá sucesso. Esse capítulo é também uma advertência de que Satanás está determinado e travará uma guerra intensa contra a igreja remanescente de Deus dos últimos dias e de que nossa única esperança e poder para vencer encontram-se em Cristo.”1

Dez Dias de Oração: Estamos no tempo do fim. Ore por um reavivamento pessoal. Que isso motive você a ajudar outros a conhecer o Senhor e a mensagem para este tempo.

Sábado, 16 de fevereiro de 2019. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

_______________

1 LIÇÃO da Escola Sabatina. O livro do Apocalipse. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 495, jan. fev. mar. 2019. Adulto, Professor.

As sete trombetas – Estudo adicional

Lições da Bíblia

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

 

Estudo adicional

“A sétima trombeta (Ap 11:15-18) sinaliza a conclusão da história terrestre. Chegou a hora de Deus revelar Seu poder. O planeta rebelde, que tem estado sob o domínio de Satanás, está prestes a voltar ao governo de Deus. Após a morte de Cristo e Sua ascensão ao Céu, Ele foi proclamado o legítimo soberano da Terra (Ap 12:10, 11). Satanás continua destruindo tudo o que pode, sabendo que seu tempo é curto (Ap 12:12). A sétima trombeta anuncia que o usurpador foi punido e que o mundo finalmente passou ao governo de Cristo.”1

A sétima trombeta resume o conteúdo do restante do livro: (1) As nações se enfureceram: em Apocalipse 12 a 14, Satanás é descrito como cheio de ira (Ap 12:17). Com seus dois aliados, a besta do mar e a besta da Terra, ele prepara as nações para lutar contra o povo de Deus. (2) Chegou, porém, a Tua ira: Deus responde à ira das nações com as sete últimas pragas (veja Ap 15:1 [‘Vi no céu outro sinal grande e admirável: sete anjos tendo os sete últimos flagelos, pois com estes se consumou a cólera de Deus.’]2). (3) O tempo determinado para serem julgados os mortos é descrito em Apocalipse 20:11-15. (4) Para se dar o galardão aos Teus servos: o cumprimento desse ponto é retratado em Apocalipse 21 e 22. (5) Para destruíres os que destroem a Terra: em Apocalipse 19:2, declara-se que Babilônia será julgada porque destruiu a Terra. A destruição de Satanás, seus exércitos e seus dois aliados é o ato final do grande conflito (Ap 19:11–20:15).”1

Perguntas para discussão

“1. A pregação do evangelho pode ser uma experiência amarga (Ap 10:10); nossas palavras são rejeitadas. Quais personagens da Bíblia enfrentaram essas provações, e o que aprendemos com a experiência deles?”1

“2. Reflita sobre a seguinte declaração: ‘Tenho sido repetidamente advertida com referência a marcar tempo. Nunca mais haverá para o povo de Deus uma mensagem com base em tempo. Não devemos saber o tempo definido nem para o derramamento do Espírito Santo nem para a vinda de Cristo’ (Ellen G. White, Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 188).”1 “Qual é o problema com a elaboração de quadros proféticos excessivamente detalhados dos eventos finais após 1844? Como nos proteger das armadilhas que esses quadros produzem?”1

Dez Dias de Oração: Jesus voltará! Ore por seus parentes, vizinhos e amigos de seu bairro, cidade ou região. Peça que Deus use você para salvá-los.

Sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. O livro do Apocalipse. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 495, jan. fev. mar. 2019. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

As duas testemunhas

Lições da Bíblia

“A ideia de duas testemunhas vem do sistema jurídico judaico, que requer pelo menos duas testemunhas para que algo seja estabelecido como verdade (Jo 8:17). As duas testemunhas representam a Bíblia; o Antigo e o Novo Testamentos. As duas não podem ser separadas. O povo de Deus é chamado a proclamar ao mundo a mensagem completa das Escrituras: ‘toda a vontade de Deus’ (At 20:27, NVI).”1

“As testemunhas são retratadas profetizando em panos de saco durante o período profético de 1.260 dias/anos (538 d.C. – 1798 d.C.). O pano de saco é a vestimenta que representa o luto (Gn 37:34); ela indica o tempo difícil em que as verdades da Bíblia foram enterradas e encobertas pelas tradições humanas.”1

“7. De acordo com Apocalipse 11:7-13, o que ocorreu com as duas testemunhas no final dos 1.260 dias/anos proféticos? Assinale a alternativa correta:”1

Apocalipse (11:7-13 ARA)2: “7 Quando tiverem, então, concluído o testemunho que devem dar, a besta que surge do abismo pelejará contra elas, e as vencerá, e matará, 8 e o seu cadáver ficará estirado na praça da grande cidade que, espiritualmente, se chama Sodoma e Egito, onde também o seu Senhor foi crucificado. 9 Então, muitos dentre os povos, tribos, línguas e nações contemplam os cadáveres das duas testemunhas, por três dias e meio, e não permitem que esses cadáveres sejam sepultados. 10 Os que habitam sobre a terra se alegram por causa deles, realizarão festas e enviarão presentes uns aos outros, porquanto esses dois profetas atormentaram os que moram sobre a terra. 11 Mas, depois dos três dias e meio, um espírito de vida, vindo da parte de Deus, neles penetrou, e eles se ergueram sobre os pés, e àqueles que os viram sobreveio grande medo; 12 e as duas testemunhas ouviram grande voz vinda do céu, dizendo-lhes: Subi para aqui. E subiram ao céu numa nuvem, e os seus inimigos as contemplaram. 13 Naquela hora, houve grande terremoto, e ruiu a décima parte da cidade, e morreram, nesse terremoto, sete mil pessoas, ao passo que as outras ficaram sobremodo aterrorizadas e deram glória ao Deus do céu.

A. (   ) Elas foram mortas pela besta que surge do abismo. Porém, ressuscitaram após três dias e meio e subiram ao Céu.
B. (   ) Elas receberam sua recompensa e coroa de glória.

Resposta sugestiva: Alternativa A.

“A besta que matou as duas testemunhas surge da própria morada de Satanás. Esse assassinato das testemunhas se aplica historicamente ao ataque ateísta à Bíblia e à abolição da religião em conexão com os eventos da Revolução Francesa. O sistema antirreligioso estabelecido na França possuía a degradação moral de Sodoma, a arrogância ateísta do Egito e a rebeldia de Jerusalém. O que ocorreu com Jesus em Jerusalém passa a ocorrer com a Bíblia por meio desse sistema antirreligioso.”1

“A ressurreição das testemunhas indica o grande reavivamento do interesse na Bíblia após a Revolução Francesa, que resultou no surgimento do Movimento do Segundo Advento com sua restauração da verdade bíblica, no estabelecimento das sociedades bíblicas e na distribuição mundial da Bíblia.”1

“Justamente antes do fim, o mundo testemunhará uma proclamação final e global da Palavra de Deus (Ap 18:1-4). Essa mensagem final provocará uma oposição fortalecida por entidades demoníacas, que realizarão milagres para enganar o mundo e atrair os adoradores da besta para uma batalha final contra as testemunhas fiéis de Deus (veja Ap 16:13-16 [‘13 Então, vi sair da boca do dragão, da boca da besta e da boca do falso profeta três espíritos imundos semelhantes a rãs; 14 porque eles são espíritos de demônios, operadores de sinais, e se dirigem aos reis do mundo inteiro com o fim de ajuntá-los para a peleja do grande Dia do Deus Todo-Poderoso. 15 (Eis que venho como vem o ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia e guarda as suas vestes, para que não ande nu, e não se veja a sua vergonha.) 16 Então, os ajuntaram no lugar que em hebraico se chama Armagedom.’]2; 14:12 [‘Aqui está a perseverança dos santos, os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus.’]2).”1

Dez Dias de Oração: Nestes últimos dias da História, ore por um reavivamento pessoal, por meio de uma comunhão viva com Deus.

Quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. O livro do Apocalipse. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 495, jan. fev. mar. 2019. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.