Algumas lições do livro de Jó – Estudo adicional

Lições da Bíblia

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

Estudo adicional

“Ao longo dos séculos, o livro de Jó tem emocionado, iluminado, e desafiado leitores no judaísmo, cristianismo e até mesmo no islamismo (que possui sua própria variante do relato bíblico). Dizemos desafiado porque, como vimos, o livro deixa muitas perguntas sem resposta. Por um lado, isso não deveria ser de tal maneira surpreendente. A Bíblia não responde a todas as questões que ela levanta. Se os temas abordados pelas Escrituras, como a queda da humanidade e o plano da salvação, são assuntos que estudaremos por toda a eternidade (ver O Grande Conflito, p. 678), como um livro limitado, ainda que seja inspirado pelo Senhor (2Tm 3:16), poderia nos dar todas as respostas agora?”1

“O livro de Jó faz parte de um quadro muito maior revelado na Palavra de Deus. E, como parte de um grande mosaico espiritual e teológico, ele nos apresenta uma mensagem poderosa, com um apelo universal, pelo menos para os seguidores de Deus. A mensagem é: fidelidade em meio à adversidade. Jó foi um exemplo vivo das palavras de Jesus: ‘Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo’ (Mt 24:13). Qual cristão já não enfrentou o mal inexplicável? Qual pessoa, ao buscar ser fiel a Cristo, não enfrentou desafios à fé? Qual filho de Deus, ao buscar conforto, não enfrentou, em vez disso, acusações? No entanto, o livro de Jó apresenta o exemplo de alguém que, ao enfrentar tudo isso e muito mais, manteve a fé e a integridade. E quando, pela fé e pela graça, confiamos nAquele que morreu na cruz por Jó e por nós, a mensagem para nós é: ‘Vai e procede tu de igual modo’ (Lc 10:37).”1

Perguntas para reflexão

“1. Coloque-se no lugar de um judeu que, conhecendo o livro de Jó, viveu antes de Cristo. Quais perguntas essa pessoa poderia ter que nós, vivendo depois de Jesus, não temos? Como a história de Jesus e o que Ele fez por nós nos ajuda a compreender o livro de Jó?”1

“2. Quando você se encontrar com Jó, qual será sua primeira pergunta a ele? Por quê?”1

“3. Quais são algumas perguntas e questões abordadas no livro de Jó que não estudamos neste trimestre?”1

“4. Qual foi o principal conceito espiritual que você encontrou nesse estudo sobre o livro de Jó? Compartilhe suas respostas com a classe.”1

Srexta-feira, 30 de dezembro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O livro de Jó. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 486, Out. Nov. Dez. 2016. Adulto, Professor.

Jesus e Jó

Lições da Bíblia

“Estudiosos da Bíblia ao longo dos séculos têm procurado encontrar paralelos entre a história de Jó e a história de Jesus. Embora Jó não seja exatamente um ‘tipo’ de Jesus (como os animais no sistema sacrifical), existem algumas semelhanças. Nelas podemos encontrar outra lição de Jó: o que nossa salvação custou ao Senhor.”1

“6. Compare Jó 1:1 com 1 João 2:1, Tiago 5:6 e Atos 3:14. Quais são as semelhanças?”1

Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó; homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desviava do mal.” (Jó 1:1 ARA)2. “Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo;” (1 João 2:1 ARA)2. “tendes condenado e matado o justo, sem que ele vos faça resistência.” (Tiago 5:6 ARA)2. “Vós, porém, negastes o Santo e o Justo e pedistes que vos concedessem um homicida.” (Atos 3:14 ARA)2.

“7. Leia Mateus 4:1-11. Quais são as semelhanças entre Jesus e Jó?”1

“1 A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. 2 E, depois de jejuar quarenta dias e quarenta noites, teve fome. 3 Então, o tentador, aproximando-se, lhe disse: Se és Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães. 4 Jesus, porém, respondeu: Está escrito: Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus. 5 Então, o diabo o levou à Cidade Santa, colocou-o sobre o pináculo do templo 6 e lhe disse: Se és Filho de Deus, atira-te abaixo, porque está escrito: Aos seus anjos ordenará a teu respeito que te guardem; e: Eles te susterão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra. 7 Respondeu-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor, teu Deus. 8 Levou-o ainda o diabo a um monte muito alto, mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a glória deles 9 e lhe disse: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. 10 Então, Jesus lhe ordenou: Retira-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto. 11 Com isto, o deixou o diabo, e eis que vieram anjos e o serviram.” (Mateus 4:1-11 ARA)2.

“8. Leia Mateus 26:61; Lucas 11:15, 16 e João 18:30. Como esses textos se assemelham à experiência de Jó?”1

Este disse: Posso destruir o santuário de Deus e reedificá-lo em três dias.” (Mateus 26:61 ARA)2. “15 Mas alguns dentre eles diziam: Ora, ele expele os demônios pelo poder de Belzebu, o maioral dos demônios. 16 E outros, tentando-o, pediam dele um sinal do céu.” (Lucas 11:15-16 ARA)2. “Responderam-lhe: Se este não fosse malfeitor, não to entregaríamos.” (João 18:30 ARA)2.

“9. Compare Jó 1:22 com Hebreus 4:15. Que semelhança existe?”1

Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma.” (Jó 1:22 ARA)2. “Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado.” (Hebreus 4:15 ARA)2.

Apesar do seu sofrimento, Jó não caiu na tentação de atribuir a Deus alguma falta. Nisso, Ele foi semelhante a Jesus, que foi tentado em tudo, mas não pecou.1

“Esses textos de fato revelam semelhanças interessantes entre a experiência de Jó e Jesus. Jó, naturalmente, não foi perfeito como Jesus; no entanto, ele foi fiel e justo. Sua vida glorificou ao Pai. Jó foi intensamente provado pelo diabo, assim como Jesus. Ao longo de todo o livro, Jó foi falsamente acusado; Jesus também enfrentou acusações falsas.”1

“Há outro aspecto, talvez o mais importante: apesar de tudo o que aconteceu, Jó permaneceu fiel ao Senhor. Jesus também permaneceu fiel, o que trouxe muito mais consequências para nós. A despeito de tudo o que Lhe ocorreu, Jesus viveu uma vida sem pecado, na qual Ele personificou perfeitamente o caráter de Deus. Jesus foi a ‘expressão exata do’ Ser divino (Hb 1:3) e, portanto, somente Cristo possuía a justiça necessária para a salvação, a ‘justiça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo, para todos [e sobre todos] os que creem; porque não há distinção’ (Rm 3:22).”1

“Por maior que tenha sido o drama de Jó, seu sofrimento e sua fidelidade em meio ao sofrimento são um pequeno e imperfeito reflexo do que Jesus, seu Redentor, enfrentaria em favor de Jó e de cada um de nós, quando Ele, de fato, viesse ‘e por fim, se [levantasse] sobre a terra’ (Jó 19:25).”1

Quinta-feira, 29 de dezembro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O livro de Jó. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 486, Out. Nov. Dez. 2016. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Algumas lições do livro de Jó

Lições da Bíblia

Eis que temos por felizes os que perseveraram firmes. Tendes ouvido da paciência de Jó e vistes que fim o Senhor lhe deu; porque o Senhor é cheio de terna misericórdia e compassivo(Tg 5:11).1

“Chegamos ao final do estudo deste trimestre sobre Jó. Embora tenhamos abordado muitas coisas do livro, devemos admitir que há ainda muito mais a abordar e a aprender. É evidente que, mesmo no mundo secular, tudo o que aprendemos e descobrimos leva a outras coisas que precisamos aprender e descobrir. Se é assim com átomos, estrelas, águas-vivas e equações matemáticas, quanto mais com a Palavra de Deus!”1

“‘Não temos motivos para duvidar da Palavra de Deus, pelo fato de não podermos compreender os mistérios de Sua providência. No mundo natural, estamos constantemente rodeados de maravilhas além de nossa compreensão. Deveríamos, pois, surpreender-nos ao encontrar também no mundo espiritual mistérios que não podemos sondar? A dificuldade jaz unicamente na fraqueza e estreiteza da mente humana’ (Ellen G. White, Educação, p. 170).”1

“É claro que ainda permanecem mistérios, especialmente em um livro como o de Jó, onde são levantadas muitas das questões mais difíceis da existência. No entanto, vamos considerar algumas lições que podemos tirar dessa história, lições que nos ajudem a, como Jó, ser fiéis ao Senhor em meio a um mundo cheio de problemas.”1

Alcance pessoas para Cristo: 1. Leve amigos para uma classe bíblica. 2. Forme uma dupla missionária. 3. Ore por cinco pessoas e trabalhe por elas. 4. Visite amigos da comunidade e ore com eles.

Sábado, 24 de dezembro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O livro de Jó. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 486, Out. Nov. Dez. 2016. Adulto, Professor.

Maldição sem causa?

Lições da Bíblia

Introdução ao tema da Lição desta semana e comentários do autor

 

Poderá algum mortal ser mais justo que Deus? Poderá algum homem ser mais puro que o seu Criador?(Jó 4:17, NVI).

“Na semana passada destacamos a importância de nos colocarmos no lugar de Jó, pelo menos até onde for possível. Em certo sentido, isso não deve ter sido tão difícil, pois todos nós já tivemos essa experiência; isto é, todos nós, até certo ponto, já nos encontramos imersos em sofrimento que parecia não fazer sentido e que aparentemente não era justo.”1

“Devemos manter essa perspectiva no restante da lição. No entanto, precisamos também observar a perspectiva dos outros personagens da história: os homens que foram lamentar e sofrer juntamente com Jó.”1

“E isso também não deveria ser tão difícil. Quem já não viu o sofrimento de outras pessoas? Quem já não buscou consolá-las em sua dor e perda? Quem não sabe o que é tentar encontrar as palavras certas para falar a pessoas cuja dor também corta nosso coração?”1

“Na verdade, grande parte do livro de Jó é dedicada ao diálogo entre Jó e esses homens, à medida que todos eles tentavam encontrar sentido naquilo que muitas vezes parece não fazer sentido algum: a sucessão infinita do sofrimento e tragédia humana neste mundo criado por um Deus amoroso, poderoso e cuidadoso.”1

Sábado, 29 de outubro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O livro de Jó. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 486, Out. Nov. Dez. 2016. Adulto, Professor.

Nota: As ofertas apresentadas em forma de anúncios junto de nossas publicações são de responsabilidade da plataforma de hospedagem deste blog. Isso ocorre por termos optado pela modalidade de hospedagem gratuita.

Deus na natureza

Lições da Bíblia

“1. Leia Romanos 1:18-20. Que evidências da natureza revelam os atributos, o poder e a divindade do Criador?”1

“18 A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detêm a verdade pela injustiça; 19 porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou. 20 Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis;” (Romanos 1:18-20 ARA)2.

“Que texto poderoso! A realidade e a existência de Deus são suficientemente reveladas por meio ‘das coisas criadas’ (NVI), isto é, por intermédio do mundo criado, de tal maneira que as pessoas serão indesculpáveis por sua incredulidade. Paulo diz que, tendo apenas o conhecimento da criação, os seres humanos podem saber o suficiente sobre a existência e a natureza de Deus, de modo que possam ser condenados justamente no dia do juízo.”1

“Sem dúvida, o mundo natural revela muito a respeito da existência de Deus. A ciência moderna também tem revelado detalhes sobre as maravilhas da criação que nossos antepassados não poderiam sequer começar a imaginar, mesmo há apenas 300 anos, muito menos há 3.000 anos. Há também uma ironia interessante aqui: quanto mais a ciência encontra complexidade na vida, menos provável se torna sua origem por meio do acaso, como é sugerido pela ciência. Um smartphone, por exemplo, que aparenta ter sido projetado e atua de maneira planejada, revela tanto por dentro quanto por fora um projeto e funciona somente por meio de um projeto, obviamente, é um aparelho planejado. O ser humano, que aparenta ter sido planejado e atua de acordo com um planejamento, revela tanto por dentro quanto por fora um projeto e funciona apenas mediante um projeto. No entanto, a ciência afirma que ele é somente um produto do simples acaso. Infelizmente muitas pessoas são levadas a crer nessas afirmações enganosas.”1

“2. Leia Jó 12:7-10. Como essa passagem reflete a ideia apresentada em Romanos 1:18-20? Marque a opção correta:”1

“7 Mas pergunta agora às alimárias, e cada uma delas to ensinará; e às aves dos céus, e elas to farão saber. 8 Ou fala com a terra, e ela te instruirá; até os peixes do mar to contarão. 9 Qual entre todos estes não sabe que a mão do SENHOR fez isto? 10 Na sua mão está a alma de todo ser vivente e o espírito de todo o gênero humano.” (`Jó 12:7-10 ARA)2.

A. (   ) Jó afirma que Deus é soberano e por isso devemos crer que Ele criou todas as coisas.

B. (   ) Jó sugere que as criaturas nada têm a dizer sobre a criação.

C. (   ) Jó nega que a criação seja perfeita.

D. (   ) Jó afirma que todas as coisas, animais, aves, peixes e a própria Terra declaram que Deus é o Criador e que Ele mantém tudo.

Resposta: Alternativa D

“Nesse texto também podemos ver que a existência de Deus é vista no mundo criado. Embora a natureza não revele o pleno caráter de Deus, especialmente em seu estado decaído, ela certamente revela o Seu poder criador e igualmente aspectos de Sua bondade.”1

“Quais coisas na natureza lhe revelam de maneira especial o poder e a bondade de Deus? Você se sente fortalecido e animado com a mensagem que a natureza lhe traz?”1

Domingo, 16 de outubro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O livro de Jó. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 486, Out. Nov. Dez. 2016. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Nota: As ofertas apresentadas em forma de anúncios junto de nossas publicações são de responsabilidade da plataforma de hospedagem deste blog. Isso ocorre por termos optado pela modalidade de hospedagem gratuita.

Jó não tinha razões para temer a Deus? – Estudo adicional

Lições da Bíblia

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

Estudo adicional

“Os estudiosos do livro de Jó que ‘mergulham’ na língua hebraica se deparam com um fenômeno interessante. As palavras da esposa de Jó são traduzidas como: ‘Amaldiçoe a Deus e morra!’ (Jó 2:9, NVI). Leia também Jó 1:5 e Jó 1:11. Nesses três casos, porém, a palavra traduzida como ‘amaldiçoar’ vem do termo ‘abençoar’, ‘bendizer’. A palavra cuja raiz é brk é utilizada em toda a Bíblia para ‘abençoar’; é a mesma raiz utilizada em Gênesis 1:22, quando Deus ‘abençoou’ as criaturas que Ele havia criado. A mesma raiz é utilizada em Salmos 66:8: ‘Bendigam o nosso Deus, ó povos!’ (NVI).”1

“Por que, então, o mesmo verbo que significa ‘abençoar’ foi traduzido como ‘amaldiçoar’ nos textos do livro de Jó? Em primeiro lugar, se o significado desses textos fosse ‘abençoar’, os textos seriam absurdos e não teriam sentido algum. Veja: em Jó 1:5, por que Jó desejaria oferecer sacrifícios a Deus se seus filhos O tivessem ‘abençoado’ em seus corações? O contexto exige um significado diferente. O mesmo ocorre com Jó 1:11 e Jó 2:5. Por que Satanás pensaria que Jó iria bendizer a Deus, caso a calamidade sobreviesse a ele? Em vez disso, o contexto requer que o significado seja ‘amaldiçoar’. Além do mais, por que Jó repreenderia a esposa se ela tivesse sugerido que ele ‘bendissesse’ a Deus (Jó 2:9, 10)? Dado o contexto, o texto somente faz sentido se o significado for ‘amaldiçoar’.”1

“Por que, então, o autor não utilizou uma das palavras comuns para ‘amaldi­çoar’? Os estudiosos acreditam que isso seja um eufemismo, pois a ideia de escrever o conceito de amaldiçoar a Deus era ofensiva às impressões religiosas do autor (também podemos ver que o mesmo ocorre em 1 Reis 21:10, 13, onde a palavra traduzida por ‘blasfêmia’ vem do hebraico brk, cujo significado é ‘abençoar’). Portanto, Moisés, utilizou a palavra ‘abençoar’ em vez da palavra apropriada para ‘amaldiçoar’, embora seja óbvio que ele tinha em mente a ideia de ‘amaldiçoar’.”1

Perguntas para reflexão

“1. Em tempos de crise, por que as pessoas questionam a existência de Deus ou Seu caráter? Em meio à dura realidade de viver em um mundo caído, no qual enfrentamos o grande conflito, por que devemos sempre manter diante de nós a realidade da cruz?”1

“2. Embora saibamos qual era o pano de fundo do que estava acontecendo com Jó, pelo que conhecemos, Jó não sabia. Ele não compreendia toda a história. Em meio às provações, devemos nos lembrar de que há uma história maior que não vemos nem compreendemos. Encontramos conforto nesse pensamento?”1

Sexta-feira, 14 de outubro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O livro de Jó. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 486, Out. Nov. Dez. 2016. Adulto, Professor.

Nota: As ofertas apresentadas em forma de anúncios junto de nossas publicações são de responsabilidade da plataforma de hospedagem deste blog. Isso ocorre por termos optado pela modalidade de hospedagem gratuita.

Bendito seja o nome do Senhor

Lições da Bíblia

“3. Quando chegaram as notícias a respeito das calamidades que lhe foram causadas por Satanás, como Jó reagiu? (Veja Jó 1:20-22). Avalie as afirmações abaixo e marque a única alternativa correta:”1

20 Então, Jó se levantou, rasgou o seu manto, rapou a cabeça e lançou-se em terra e adorou; 21 e disse: Nu saí do ventre de minha mãe e nu voltarei; o SENHOR o deu e o SENHOR o tomou; bendito seja o nome do SENHOR! 22 Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma.” (Jó 1:120-22 ARA)2.

“I. Jó ficou irado, mas não culpou Deus, refutando assim a acusação de Satanás.

II. Jó lamentou e rasgou suas vestes, mas não culpou Deus em nenhum momento, provando que Satanás não tinha razão.

III. Jó teve um acesso de ira e amaldiçoou o dia em que nasceu.

IV. Jó reconheceu que tudo vinha de Deus, e bendisse o nome do Senhor, refutando a acusação de Satanás.”1

A. (   ) Todas as afirmativas estão incorretas.

B. (   ) As afirmativas I e III estão corretas.

C. (   ) As afirmativas II e IV estão corretas

D. (   ) As afirmativas, I, II e IV estão corretas.

Resposta: Alternativa C

“Olivre arbítrio é o fundamento do governo de Deus, que tem por base o amor. Deus quer que O sirvamos por amor, não por obrigação. ‘Satanás insinuou que Jó servia a Deus por motivos egoístas […] Ele tentou negar que a verdadeira religião brota do amor e de uma apreciação inteligente do caráter de Deus; que os verdadeiros adoradores amam a religião por causa da própria religião e não da recompensa dela; que os que servem a Deus fazem isso porque tal serviço é correto e não meramente porque o Céu é cheio de glória’ (Comentário Bíblico Adventista, v. 3, p. 557).”1

“4. Compare o que aconteceu em Jó 1 com o que aconteceu com Adão e Eva em Gênesis 3:1-8. Ao comparar as duas situações, por que o pecado dos nossos primeiros pais parece tão terrível? Preencha as lacunas:”1

“1 Mas a serpente, mais sagaz que todos os animais selváticos que o SENHOR Deus tinha feito, disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim? 2 Respondeu-lhe a mulher: Do fruto das árvores do jardim podemos comer, 3 mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Dele não comereis, nem tocareis nele, para que não morrais. 4 Então, a serpente disse à mulher: É certo que não morrereis. 5 Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal. 6 Vendo a mulher que a árvore era boa para se comer, agradável aos olhos e árvore desejável para dar entendimento, tomou-lhe do fruto e comeu e deu também ao marido, e ele comeu. 7 Abriram-se, então, os olhos de ambos; e, percebendo que estavam nus, coseram folhas de figueira e fizeram cintas para si. 8 Quando ouviram a voz do SENHOR Deus, que andava no jardim pela viração do dia, esconderam-se da presença do SENHOR Deus, o homem e sua mulher, por entre as árvores do jardim.” (Gênesis 3:1-8 ARA)2.

“Adão e Eva eram santos e moravam no paraíso. Mesmo assim eles caíram na tentação. Jó, em contrapartida, era pecador e estava vivendo uma grande tragédia . Ainda assim permaneceu fiel a Deus.”1

“Adão e Eva, seres sem pecado num verdadeiro paraíso, transgrediram a lei e caíram por causa dos ataques de Satanás. Jó, em meio ao absoluto sofrimento, tragédia e ruína, permaneceu fiel ao Senhor apesar dos ataques de Satanás. Em ambos os casos temos um exemplo das grandes questões em jogo quanto ao livre-arbítrio.”1

“Como a reação de Jó demonstra quanto podem ser baratas, fáceis e falsas as nossas desculpas para pecar?”1

Terça-feira, 11 de outubro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O papel da igreja na comunidade. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 485, Jul. Ago. Set. 2016. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Nota: As ofertas apresentadas em forma de anúncios junto de nossas publicações são de responsabilidade da plataforma de hospedagem deste blog. Isso ocorre por termos optado pela modalidade de hospedagem gratuita.