Jó não tinha razões para temer a Deus?

Lições da Bíblia

Introdução ao tema da Lição desta semana, comentários do autor.

Mas ele lhe respondeu: Falas como qualquer doida; temos recebido o bem de Deus e não receberíamos também o mal? Em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios(Jó 2:10).1

“O livro de Jó revela uma dimensão completamente nova da realidade. Ele nos apresenta um vislumbre do grande conflito entre Cristo e Satanás. Ao fazer isso, esse livro também nos oferece um modelo, uma estrutura, um panorama que nos ajuda a compreender mais o mundo em que vivemos – e que muitas vezes nos atordoa, confunde e até mesmo nos intimida com o que ele lança em nosso caminho. Porém, o livro de Jó também nos revela que esse grande conflito não é meramente uma batalha de outras pessoas, na qual não temos parte alguma. Ah, se fosse assim! Mas infelizmente não é: ‘Ai da Terra e do mar, pois o diabo desceu até vós, cheio de grande cólera, sabendo que pouco tempo lhe resta’ (Ap 12:12, ARC). Satanás desceu à Terra e ao mar, e sabemos por experiência própria que sua ira é realmente grande. Quem já não sentiu na própria pele essa ira?”1

“Nesta semana continuaremos estudando os dois primeiros capítulos de Jó, buscando obter maior compreensão de como nos encaixamos nesse contexto, à medida que o grande conflito se torna cada vez mais intenso na Terra.”1

Não deixe sua família sem os devocionais para 2017! Você pode adquirir a Cesta Básica Espiritual até o dia 16 de outubro. Entre em contato com a Casa Publicadora Brasileira.

Sábado, 08 de outubro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O papel da igreja na comunidade. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 485, Jul. Ago. Set. 2016. Adulto, Professor.

Nota: As ofertas apresentadas em forma de anúncios junto de nossas publicações são de responsabilidade da plataforma de hospedagem deste blog. Isso ocorre por termos optado pela modalidade de hospedagem gratuita.

Jó como um microcosmo

Lições da Bíblia

“As cenas iniciais do livro de Jó revelam alguns pontos cruciais. Em primeiro lugar, como foi afirmado anteriormente, elas revelam a realidade de outra dimensão além do que podemos compreender, uma dimensão celestial com seres celestiais além de Deus. Em segundo lugar, essas cenas mostram quanto nossa vida na Terra está ligada à esfera celestial. Os acontecimentos da Terra não estão desconectados dos seres celestiais que atuam neste planeta. Em terceiro lugar, essas cenas revelam um conflito moral no Céu que está relacionado ao que ocorre neste mundo.”1

“Em suma, os versos iniciais do livro de Jó e os que se seguem são um retrato em miniatura do grande conflito. Embora esse conflito tenha uma escala cósmica, ele se manifestou na vida de um homem chamado Jó. Como veremos, as questões envolvidas nessa guerra estão relacionadas a todos nós.”1

“5. O livro de Jó mostra Satanás em confronto com Deus. O que ele não mostra é como esse confronto começou. Os versos a seguir nos ajudam a compreender melhor o conflito. Relacione as colunas aos textos bíblicos:”1

1. Is 14:12-14 “12 Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filho da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações! 13 Tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do Norte; 14 subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo.2

2. Ez 28:12-16 “12 Filho do homem, levanta uma lamentação contra o rei de Tiro e dize-lhe: Assim diz o SENHOR Deus: Tu és o sinete da perfeição, cheio de sabedoria e formosura. 13 Estavas no Éden, jardim de Deus; de todas as pedras preciosas te cobrias: o sárdio, o topázio, o diamante, o berilo, o ônix, o jaspe, a safira, o carbúnculo e a esmeralda; de ouro se te fizeram os engastes e os ornamentos; no dia em que foste criado, foram eles preparados. 14 Tu eras querubim da guarda ungido, e te estabeleci; permanecias no monte santo de Deus, no brilho das pedras andavas. 15 Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado até que se achou iniqüidade em ti. 16 Na multiplicação do teu comércio, se encheu o teu interior de violência, e pecaste; pelo que te lançarei, profanado, fora do monte de Deus e te farei perecer, ó querubim da guarda, em meio ao brilho das pedras.2

3. 1Tm 3:6 “não seja neófito, para não suceder que se ensoberbeça e incorra na condenação do diabo.2

A. ( ) O orgulho do diabo.

B. ( ) O desejo do coração de Lúcifer, chamado de filho da alva.

C. ( ) A profecia contra o rei de Tiro, que se aplica à queda do querubim da guarda.

Resposta: Sequência: 1 = B; 2 = C; 3 = A

“Ellen G. White se referiu à ‘lei do amor’ como sendo o fundamento do governo de Deus. Ela observou que, visto que Deus não deseja uma ‘obediência forçada’, Ele ‘concedeu o livre-arbítrio’ a todas as Suas criaturas morais. Entretanto, ‘houve um ser que perverteu a liberdade que Deus concedeu às Suas criaturas. O pecado teve origem com aquele que, abaixo de Cristo, foi o mais honrado por Deus, e o mais elevado em poder e glória entre os habitantes do Céu’ (Patriarcas e Profetas, p. 35). Ela ainda cita os textos de Isaías e Ezequiel a fim de descrever a queda de Satanás.”1

“O conceito crucial aqui é a ‘lei do amor’ e a realidade do livre-arbítrio. A Bíblia nos diz que Satanás se exaltou e se tornou orgulhoso por causa de sua própria beleza e esplendor. Não sabemos por que isso aconteceu. Deve fazer parte daquilo que 2 Tessalonicenses 2:7 chama de ‘mistério da iniquidade’, uma conexão que faz todo sentido quando compreendemos quanto a lei de Deus está intimamente ligada ao fundamento de Seu governo. A questão é que, no momento em que Satanás aparece no livro de Jó, ele já havia caído, e o conflito proveniente da queda já estava em andamento.”1

“Você tem se deparado com escolhas importantes atualmente? Quais promessas bíblicas podem ser suplicadas para ajudá-lo a fazer as escolhas certas?”1

Quarta-feira, 05 de outubro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O papel da igreja na comunidade. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 485, Jul. Ago. Set. 2016. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Nota: As ofertas apresentadas em forma de anúncios junto de nossas publicações são de responsabilidade da plataforma de hospedagem deste blog. Isso ocorre por termos optado pela modalidade de hospedagem gratuita.

Conflito cósmico

Lições da Bíblia

“Olivro de Jó começa na Terra, em um lugar de paz e tranquilidade. No entanto, no sexto verso do primeiro capítulo há uma mudança de local. A cena muda instantaneamente para outra dimensão da realidade, uma dimensão completamente diferente, que não é vista pelos seres humanos a não ser por meio da revelação divina. E, curiosamente, essa outra dimensão da realidade (o Céu) não parece ser tão tranquila e pacífica como as coisas na Terra, pelo menos nessa primeira descrição.”1

“3. Leia Jó 1:6-12. Em contraste com a boa circunstância de Jó descrita nos primeiros versos do livro, o que acontece para mudar a situação? Analise as alternativas e marque a opção correta:”1

“6 Num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também Satanás entre eles. 7 Então, perguntou o SENHOR a Satanás: Donde vens? Satanás respondeu ao SENHOR e disse: De rodear a terra e passear por ela. 8 Perguntou ainda o SENHOR a Satanás: Observaste o meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desvia do mal. 9 Então, respondeu Satanás ao SENHOR: Porventura, Jó debalde teme a Deus? 10 Acaso, não o cercaste com sebe, a ele, a sua casa e a tudo quanto tem? A obra de suas mãos abençoaste, e os seus bens se multiplicaram na terra. 11 Estende, porém, a mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não blasfema contra ti na tua face. 12 Disse o SENHOR a Satanás: Eis que tudo quanto ele tem está em teu poder; somente contra ele não estendas a mão. E Satanás saiu da presença do SENHOR.” (Jó 1:6-12 ARA)2.

I. Satanás vagueia pela Terra e começa a analisar a vida de Jó.

II. Satanás entra na presença de Deus e questiona a integridade de Jó.

III. Satanás concorda com Deus a respeito da integridade de Jó.

IV. Satanás entra na presença de Deus e propõe um teste na vida de Jó.

A. ( ) As alternativas II e IV estão corretas.

B. ( ) As alternativas I e III estão corretas.

C. ( ) A alternativa IV está correta.

D. ( ) Todas as alternativas estão corretas.

Resposta:  A

“Há muito o que analisar nesses poucos versos. Eles revelam um conflito cósmico. Não vemos nessa passagem uma conversa calma, pacífica e tranquila. Humanamente falando, Deus falou de Jó com um ‘sentimento de orgulho’, como um pai que tem orgulho de seu filho. Satanás, em contrapartida, zombou do que o Senhor disse a respeito de Jó. ‘Será que Jó não tem razões para temer a Deus?’, respondeu Satanás’ (Jó 1:9, NVI). Quase podemos ouvir um sarcasmo, um tom de zombaria no que Satanás disse ao Senhor.”1

“Embora o texto não afirme explicitamente que esse confronto tenha ocorrido no Céu, certamente foi ali que aconteceu. Portanto, diante de Deus e de outros ‘filhos de Deus’ no Céu, estava aquele ser criado, um anjo caído que O desafiava face a face. É difícil imaginar alguém falando com um líder terrestre daquela maneira, mas nesse trecho vemos um ser falando assim com o próprio Deus! Como isso pôde acontecer?”1

“A resposta se encontra num tema que surge de variadas formas em toda a Bíblia: o grande conflito. Ele nos oferece um modelo poderoso que nos ajuda a compreender toda a Bíblia, bem como sua explicação da triste história do pecado e sofrimento na Terra. Também nos ajuda a compreender mais o que Jesus realizou por nós na cruz para resolver o problema do pecado e do sofrimento.”1

Segunda-feira, 03 de outubro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O papel da igreja na comunidade. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 485, Jul. Ago. Set. 2016. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Nota: As ofertas apresentadas em forma de anúncios junto de nossas publicações são de responsabilidade da plataforma hospedagem deste blog. Isso ocorre por termos optado pela modalidade de hospedagem gratuita.

Final infeliz

Lições da Bíblia

“A história de Jó (aquele que morreu ‘velho e farto de dias’) termina com ‘o vento soprando a seu favor’. Como sabemos, e sabemos muito bem, não é assim que a história termina para muitas outras pessoas. Mesmo aquelas que foram fiéis, virtuosas e dignas de honra, nem sempre acabaram em uma situação como a de Jó.”1

“2. Qual foi o fim dos seguintes personagens bíblicos?”1

Abel (Gn 4:8): “Disse Caim a Abel, seu irmão: Vamos ao campo. Estando eles no campo, sucedeu que se levantou Caim contra Abel, seu irmão, e o matou.2

Urias (2Sm 11:17): “Saindo os homens da cidade e pelejando com Joabe, caíram alguns do povo, dos servos de Davi; e morreu também Urias, o heteu.2

Eli (1Sm 4:18): “Ao fazer ele menção da arca de Deus, caiu Eli da cadeira para trás, junto ao portão, e quebrou-se-lhe o pescoço, e morreu, porque era já homem velho e pesado; e havia ele julgado a Israel quarenta anos.2

Rei Josias (2Cr 35:22-24): “22 Porém Josias não tornou atrás; antes, se disfarçou para pelejar contra ele e, não dando ouvidos às palavras que Neco lhe falara da parte de Deus, saiu a pelejar no vale de Megido. 23 Os flecheiros atiraram contra o rei Josias; então, o rei disse a seus servos: Tirai-me daqui, porque estou gravemente ferido. 24 Seus servos o tiraram do carro, levaram-no para o segundo carro que tinha e o transportaram a Jerusalém; ele morreu, e o sepultaram nos sepulcros de seus pais. Todo o Judá e Jerusalém prantearam Josias.2

João Batista (Mt 14:10): “e deu ordens e decapitou a João no cárcere.2

Estevão (At 7:59, 60): “59 E apedrejavam Estêvão, que invocava e dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito! 60 Então, ajoelhando-se, clamou em alta voz: Senhor, não lhes imputes este pecado! Com estas palavras, adormeceu.2

“Que histórias com final infeliz você conhece? O que você aprendeu com elas?”1

“A Bíblia está repleta de histórias que não tiveram um final feliz. A própria vida é repleta de histórias sem final feliz. Muitas pessoas não saem das provações de maneira tão vitoriosa quanto Jó, sejam elas martirizadas por uma boa causa, mortas por uma doença terrível ou submetidas à miséria e ao sofrimento. Na verdade, falando honestamente: quantas vezes as coisas dão certo assim como deram para Jó? Perceba que nem precisamos da Bíblia para saber desse fato terrível. Quem não conhece histórias com final infeliz?”1

Segunda-feira, 26 de setembro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O livro de Jó. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 486, Out. Nov. Dez. 2016. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Felizes para sempre?

Lições da Bíblia

“Muitas vezes as histórias infantis terminam com a frase: ‘E viveram felizes para sempre’. Em alguns idiomas isso é um clichê. A ideia é que, sejam quais forem os acontecimentos dramáticos (uma princesa sequestrada, um lobo mau ou um rei perverso), o herói e sua nova esposa saem vitoriosos no final.”1

“É assim que termina o livro de Jó, pelo menos numa primeira impressão. Depois de todas as provações e calamidades que sobrevieram a Jó, seu livro termina, na melhor das hipóteses, em um tom relativamente positivo.”1

1. Leia Jó 42:10-17. De acordo com o texto, assinale V (verdadeiro) ou F (falso) para a seguinte pergunta: Como Jó terminou seus dias?

“10 Mudou o SENHOR a sorte de Jó, quando este orava pelos seus amigos; e o SENHOR deu-lhe o dobro de tudo o que antes possuíra. 11 Então, vieram a ele todos os seus irmãos, e todas as suas irmãs, e todos quantos dantes o conheceram, e comeram com ele em sua casa, e se condoeram dele, e o consolaram de todo o mal que o SENHOR lhe havia enviado; cada um lhe deu dinheiro e um anel de ouro. 12 Assim, abençoou o SENHOR o último estado de Jó mais do que o primeiro; porque veio a ter catorze mil ovelhas, seis mil camelos, mil juntas de bois e mil jumentas. 13 Também teve outros sete filhos e três filhas. 14 Chamou o nome da primeira Jemima, o da outra, Quezia, e o da terceira, Quéren-Hapuque. 15 Em toda aquela terra não se acharam mulheres tão formosas como as filhas de Jó; e seu pai lhes deu herança entre seus irmãos. 16 Depois disto, viveu Jó cento e quarenta anos; e viu a seus filhos e aos filhos de seus filhos, até à quarta geração. 17 Então, morreu Jó, velho e farto de dias.” (Jó 42:10-17 ARA)2.

( ) Ele morreu feliz por ter reconquistado tudo o que perdera.

( ) Ele morreu velho e farto de dias. Deus lhe deu o dobro de tudo que antes possuíra

Primeira alternativa F; segunda alternativa V.

“Se você perguntasse sobre um livro da Bíblia em que tudo acaba bem para o personagem principal (um livro com um ‘final feliz’), muitas pessoas mencionariam o livro de Jó.”1

“Afinal de contas, veja tudo o que Jó possuía no fim da história. Familiares e amigos que não estiveram ao seu lado durante as provações (com exceção de Elifaz, Bildade, Zofar, Eliú e a esposa de Jó), foram confortá-lo. Eles também foram generosos, presenteando-o com dinheiro e anéis de ouro. Quando a história chegou ao fim, Jó tinha o dobro do que teve no início, pelo menos em termos de riqueza e prosperidade material (compare Jó 42:12 com Jó 1:3). Ele teve mais dez filhos (sete homens e três mulheres) para substituir os sete filhos e três filhas que haviam morrido (veja Jó 1:2, 18, 19). Além disso, em toda a terra ‘não se acharam mulheres tão formosas como as filhas de Jó’ (Jó 42:15), o que não é dito das primeiras filhas. Aquele homem que tinha tanta certeza de sua morte viveu mais 140 anos! ‘Então, morreu Jó, velho e farto de dias’ (Jó 42:17). Em hebraico, a expressão ‘farto de dias’ (às vezes curiosamente traduzida como ‘farto de anos’) é usada para descrever os últimos dias de Abraão (Gn 25:8), Isaque (Gn 35:29) e Davi (1Cr 29:28). Essa expressão transmite a ideia de que alguém está bem e feliz diante de um acontecimento certamente infeliz: a morte.”1

“Gostamos de histórias com final feliz, não é mesmo? Você conhece histórias com final feliz? Que lições podemos aprender com elas?”1

No próximo sábado, faça uma oração de dedicação das lições da Escola Sabatina e dos alunos em sua igreja.

Domingo, 25 de setembro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O livro de Jó. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 486, Out. Nov. Dez. 2016. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

O fim

Lições da Bíblia

Disse-lhe Jesus: Eu Sou a ressurreição e a vida. Quem crê em Mim, ainda que morra, viverá(Jo 11:25).

“Alunos de redação aprendem sobre a importância de uma boa conclusão para textos e obras. É preciso dar à história uma conclusão satisfatória, principalmente no gênero ficção, em que tudo é inventado. Porém, uma boa conclusão é importante até mesmo nos livros de não ficção.”1

“Mas, e na vida real, que envolve seres humanos de verdade, longe das páginas dos livros ou dos roteiros de cinema? Que espécie de conclusão vemos em nossas histórias pessoais? As ‘pontas soltas’ são bem ‘amarradas’, como em uma boa obra literária?”1

“Parece que esse não é o nosso caso. Como nossas histórias poderiam ter um final feliz se elas sempre acabam em morte? Nesse sentido, nunca temos um final feliz. Afinal, que alegria encontramos na morte?”1

“Isso também vale para a história de Jó. Embora a conclusão de seu livro apresente um final feliz, pelo menos em contraste com tudo que Jó sofreu, as coisas não foram tão bem assim, pois sua história também terminou em morte. Ao iniciar o estudo do livro de Jó, começaremos pelo final, que levanta questões sobre nosso próprio fim, não apenas aqui, mas para a eternidade.”1

Introdução ao tema da Lição desta semana, comentários do autor.

 

O Mutirão de Natal deste ano terá início no mês de outubro.
Deixe o amor de Deus usar sua igreja em lindas ações de generosidade.

Sábado, 24 de setembro de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
__________________
1 LIÇÕES da escola sabatina. O livro de Jó. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 486, Out. Nov. Dez. 2016. Adulto, Professor.

A criação no livro de Jó

Lições da Bíblia.

“5. Leia Jó 38:1-21. Que assuntos da criação aparecem nos versos seguintes?” “Depois disto, o SENHOR, do meio de um redemoinho, respondeu a Jó: Quem é este que escurece os meus desígnios com palavras sem conhecimento? Cinge, pois, os lombos como homem, pois eu te perguntarei, e tu me farás saber. Onde estavas tu, quando eu lançava os fundamentos da terra? Dize-mo, se tens entendimento. Quem lhe pôs as medidas, se é que o sabes? Ou quem estendeu sobre ela o cordel? Sobre que estão fundadas as suas bases ou quem lhe assentou a pedra angular, quando as estrelas da alva, juntas, alegremente cantavam, e rejubilavam todos os filhos de Deus? Ou quem encerrou o mar com portas, quando irrompeu da madre; quando eu lhe pus as nuvens por vestidura e a escuridão por fraldas? Quando eu lhe tracei limites, e lhe pus ferrolhos e portas, e disse: até aqui virás e não mais adiante, e aqui se quebrará o orgulho das tuas ondas? Acaso, desde que começaram os teus dias, deste ordem à madrugada ou fizeste a alva saber o seu lugar, para que se apegasse às orlas da terra, e desta fossem os perversos sacudidos? A terra se modela como o barro debaixo do selo, e tudo se apresenta como vestidos; dos perversos se desvia a sua luz, e o braço levantado para ferir se quebranta. Acaso, entraste nos mananciais do mar ou percorreste o mais profundo do abismo? Porventura, te foram reveladas as portas da morte ou viste essas portas da região tenebrosa? Tens idéia nítida da largura da terra? Dize-mo, se o sabes. Onde está o caminho para a morada da luz? E, quanto às trevas, onde é o seu lugar, para que as conduzas aos seus limites e discirnas as veredas para a sua casa? Tu o sabes, porque nesse tempo eras nascido e porque é grande o número dos teus dias!” (Jó 38:1-21). “v. 4-7: criação da Terra; 8-11: separação entre a terra seca e os mares; 12: estabelecimento da parte clara e escura do dia; 16: criação dos mares; 19: a luz e as trevas têm o seu lugar na criação divina.”

“É importante lembrar o contexto do livro de Jó. Havia ocorrido uma grande tragédia, e Jó estava lutando para entender como isso tinha acontecido com ele, um fiel seguidor de Deus. Do capítulo 38 até o capítulo 41, o Senhor continua a falar sobre Seu poder criativo, tudo em resposta ao angustiado questionamento de Jó.”

“6. Leia a resposta de Jó ao Senhor. Por que ele deu essa resposta? O que isso nos diz sobre nossa atitude em relação a Deus, durante nossas tragédias pessoais?” “Então, respondeu Jó ao SENHOR: Bem sei que tudo podes, e nenhum dos teus planos pode ser frustrado. Quem é aquele, como disseste, que sem conhecimento encobre o conselho? Na verdade, falei do que não entendia; coisas maravilhosas demais para mim, coisas que eu não conhecia. Escuta-me, pois, havias dito, e eu falarei; eu te perguntarei, e tu me ensinarás. Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te vêem. Por isso, me abomino e me arrependo no pó e na cinza.” (Jó 42:1-6). “Jó entendeu que Deus tem todo o poder e todas as respostas; não podemos explicar as maravilhas da criação e também não conseguimos explicar os mistérios da nossa vida. Por isso devemos confiar no Criador.”

“A incapacidade de Jó para explicar as características da criação o levou a reconhecer a grandeza de Deus e a confiar nEle, apesar de tudo que havia acontecido. Nós também não podemos responder a muitas perguntas sobre a criação, e o exemplo de Jó deve nos encorajar a confiar em Deus, não importando o que aconteça. Muitas questões sobre certas coisas da vida permanecerão sem resposta, pelo menos por enquanto. Teremos uma eternidade para obter explicações para o que agora parece incompreensível.”

“O ponto é que, por meio das maravilhas da criação, que hoje compreendemos muito mais do que Jó podia entender, devemos aprender a confiar no maravilhoso amor e poder de Deus.”

“Vivendo depois da cruz, temos uma visão do Criador também como Redentor crucificado, algo que Jó não tinha, pelo menos tão claramente como nós temos. Quanto mais, então, devemos confiar na bondade do Senhor para conosco, sabendo o que Ele fez por nós?”

Saiba mais, estude a Lição da Escola Sabatina (LES) – terça-feira 22 de janeiro de 2013. Escolha o formato para o estudo: Texto, Comentário em áudio ou se preferir faça um Curso Bíblico. Este conteúdo é uma adaptação da LES e é publicado simultaneamente em: Blogspot, WordPress. Para impressão acesse arquivo em PDF