A sabedoria e o entendimento

Lições da Bíblia1

Deuteronômio 4:1-9 expressa não apenas a condição especial da nação, mas também seu chamado missionário. Em todos esses versos está a ideia de que precisavam obedecer, seguir, fazer o que o Senhor havia ordenado que fizessem.

8. Leia novamente Deuteronômio 4:6. O que o Senhor diz ser a “sabedoria” e o “entendimento” de Israel aos olhos dessas nações?

Deuteronômio 4:6 (ARA)2: “Guardai-os, pois, e cumpri-os, porque isto será a vossa sabedoria e o vosso entendimento perante os olhos dos povos que, ouvindo todos estes estatutos, dirão: Certamente, este grande povo é gente sábia e inteligente.”

À primeira vista, pode parecer que os próprios estatutos e juízos continham a sabedoria e o entendimento, mas não é isso que o texto diz. O Senhor ensinou-lhes estatutos e juízos, sim; porém a sabedoria e o entendimento estavam em cumprir e obedecer.

Israel pode ter tido o mais maravilhoso sistema de leis, regras e regulamentos que o mundo já viu (e de fato teve), mas de que adiantaria se Israel não o seguisse? Em vez disso, a sabedoria e o entendimento resultavam da manifestação em tempo real das leis de Deus na vida deles. Eles deviam viver as verdades que o Senhor lhes havia concedido, e só podiam fazer isso obedecendo-Lhe. Toda a luz e a verdade não iriam fazer nenhum bem a eles nem aos pagãos ao seu redor se Israel não vivesse essa verdade. Portanto, repetidamente eles são chamados a obedecer, porque a obediência aos estatutos e juízos, não os próprios estatutos e juízos, era o que importava, em se tratando de testemunhar ao mundo.

“Sua obediência à lei de Deus os tornaria uma maravilha de prosperidade ante as nações do mundo. Ele que lhes podia dar sabedoria e perícia em todo artifício continuaria a ser seu Mestre e os enobreceria e elevaria pela obediência às Suas leis. Se fossem obedientes, seriam preservados das enfermidades que afligiam outras nações e abençoados com vigor intelectual. A glória de Deus, Sua majestade e poder deveriam ser revelados em toda a sua prosperidade. Deveriam ser um reino de sacerdotes e príncipes. Deus lhes proveu toda a possibilidade de se tornarem a maior nação da Terra” (Ellen G. White, Parábolas de Jesus, p. 288).

Leia Mateus 5:13-16 [“13 Vós sois o sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais presta senão para, lançado fora, ser pisado pelos homens. 14 Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte; 15 nem se acende uma candeia para colocá-la debaixo do alqueire, mas no velador, e alumia a todos os que se encontram na casa. 16 Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.”]. Nesses versos, o que Jesus diz que reflete o que foi dito ao antigo Israel? Como isso se aplica a nós, adventistas do sétimo dia?

Quinta-feira, 04 de novembro de 2021. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. A verdade presente em Deuteronômio. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 506, out. nov. dez. 2021. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s