Os princípios do reino

Lições da Bíblia

“6. Talvez o ensino mais radical de Jesus se encontre em Mateus 5:48. Como devemos praticar o ensino desse texto, especialmente em vista do fato de que somos pecadores?”

Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste.” (Mateus 5:48 ARA)2.

Ser perfeito como Deus é perfeito é amar a todos, amigos e inimigos, bons e maus. Devemos imitar a Deus nesse aspecto.1

“De todos os ensinos do Sermão do Monte, esse tem sido um dos mais surpreendentes, o mais ‘radical’. Ser tão perfeito como nosso ‘Pai celeste’? O que isso significa?”

“Um componente fundamental para compreendermos essa passagem se encontra na primeira palavra: ‘portanto’. Essa palavra implica uma conclusão, uma dedução a partir do que veio antes dela. O que veio antes?”1

“7. Leia Mateus 5:43-47. Como esses versos, que terminam com Mateus 5:48, nos ajudam a entender melhor o que Jesus quis dizer com o verso 48? Ver também Lucas 6:36.”

“43 Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo. 44 Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem; 45 para que vos torneis filhos do vosso Pai celeste, porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons e vir chuvas sobre justos e injustos. 46 Porque, se amardes os que vos amam, que recompensa tendes? Não fazem os publicanos também o mesmo? 47 E, se saudardes somente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os gentios também o mesmo?” (Mateus 5:43-47 ARA)2. “Sede misericordiosos, como também é misericordioso vosso Pai.” (Lucas 6:36 ARA)2.

Mateus mostrou que devemos tratar as pessoas com igualdade e misericórdia, assim como Deus faz.1

“Essa não é a primeira vez que uma ideia assim é vista na Bíblia. No livro de Levítico 19:2 o Senhor já havia dito ao Seu povo: ‘Santos sereis, porque Eu, o Senhor, vosso Deus, Sou santo.’ Em Lucas 6:36 Jesus disse: ‘Sede misericordiosos, como também é misericordioso vosso Pai.’”

“O contexto de Mateus 5:43-48 não está relacionado à conformidade exterior a regras e padrões, por mais importante que isso seja. Em vez disso, o enfoque dessa seção é o amor às pessoas, não simplesmente àquelas que qualquer um poderia amar, mas àquelas que, pelos padrões do mundo, geralmente não amaríamos (porém, isso está relacionado aos padrões do reino de Deus, não de reinos humanos).”1

“O importante a ser lembrado é que Deus não nos pede nada que não possa realizar em nós. Se fôssemos deixados a nós mesmos, sendo dominados por nosso coração pecaminoso e egoísta, quem de nós amaria seus inimigos? Não é assim que o mundo funciona, mas agora somos cidadãos de outro mundo. Temos a promessa de que, se nos entregarmos a Deus, ‘Aquele que começou boa obra em [nós] há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus’ (Fp 1:6). Que obra maior Deus poderia realizar em nós do que fazer com que, em nossa esfera, amemos como Ele nos ama?”1

“Sua vida seria muito diferente, agora mesmo, se você amasse seus inimigos?”1

Quarta-feira, 13 de abril de 2016. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. O Evangelho de Mateus. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 485, Abr. Mai. Jun. 2016. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s