A esperança dos justos

Lições da Bíblia

“3. ‘A integridade dos retos os guia; mas, aos pérfidos, a sua mesma falsidade os destrói’ (Pv 11:3). Que evidências temos da veracidade desse verso?”1 A evidência que temos da veracidade desse verso é a história das incontáveis vidas arruinadas pelo pecado, para esta vida e para a vida por vir. Em contraste, os justos que seguem uma vida de integridade têm recompensas aqui e aguardam a vida eterna. Às vezes, neste mundo, o justo sofre e o perverso se dá bem, mas isso é apenas temporário.1

“Que exemplos você já viu ou dos quais já ouviu falar em que essa verdade espiritual foi revelada? Em contraste, que situações você já enfrentou até agora, diante das quais teve que aceitar esse texto pela fé?”1

“4. Leia Provérbios 11. Embora o capítulo toque em muitos assuntos, quais são algumas das grandes bênçãos que advêm aos fiéis, em contraste com o que acontece aos perversos?”1 1 Balança enganosa é abominação para o SENHOR, mas o peso justo é o seu prazer. 2 Em vindo a soberba, sobrevém a desonra, mas com os humildes está a sabedoria. 3 A integridade dos retos os guia; mas, aos pérfidos, a sua mesma falsidade os destrói. 4 As riquezas de nada aproveitam no dia da ira, mas a justiça livra da morte. 5 A justiça do íntegro endireita o seu caminho, mas pela sua impiedade cai o perverso. 6 A justiça dos retos os livrará, mas na sua maldade os pérfidos serão apanhados. 7 Morrendo o homem perverso, morre a sua esperança, e a expectação da iniqüidade se desvanece. 8 O justo é libertado da angústia, e o perverso a recebe em seu lugar. 9 O ímpio, com a boca, destrói o próximo, mas os justos são libertados pelo conhecimento. 10 No bem-estar dos justos exulta a cidade, e, perecendo os perversos, há júbilo. 11 Pela bênção que os retos suscitam, a cidade se exalta, mas pela boca dos perversos é derribada. 12 O que despreza o próximo é falto de senso, mas o homem prudente, este se cala. 13 O mexeriqueiro descobre o segredo, mas o fiel de espírito o encobre. 14 Não havendo sábia direção, cai o povo, mas na multidão de conselheiros há segurança. 15 Quem fica por fiador de outrem sofrerá males, mas o que foge de o ser estará seguro. 16 A mulher graciosa alcança honra, como os poderosos adquirem riqueza. 17 O homem bondoso faz bem a si mesmo, mas o cruel a si mesmo se fere. 18 O perverso recebe um salário ilusório, mas o que semeia justiça terá recompensa verdadeira. 19 Tão certo como a justiça conduz para a vida, assim o que segue o mal, para a sua morte o faz. 20 Abomináveis para o SENHOR são os perversos de coração, mas os que andam em integridade são o seu prazer. 21 O mau, é evidente, não ficará sem castigo, mas a geração dos justos é livre. 22 Como jóia de ouro em focinho de porco, assim é a mulher formosa que não tem discrição. 23 O desejo dos justos tende somente para o bem, mas a expectação dos perversos redunda em ira. 24 A quem dá liberalmente, ainda se lhe acrescenta mais e mais; ao que retém mais do que é justo, ser-lhe-á em pura perda. 25 A alma generosa prosperará, e quem dá a beber será dessedentado. 26 Ao que retém o trigo, o povo o amaldiçoa, mas bênção haverá sobre a cabeça do seu vendedor. 27 Quem procura o bem alcança favor, mas ao que corre atrás do mal, este lhe sobrevirá. 28 Quem confia nas suas riquezas cairá, mas os justos reverdecerão como a folhagem. 29 O que perturba a sua casa herda o vento, e o insensato é servo do sábio de coração. 30 O fruto do justo é árvore de vida, e o que ganha almas é sábio. 31 Se o justo é punido na terra, quanto mais o perverso e o pecador!” (Provérbios 11 ARA)2. “O justo é guiado pela integridade; passa pela angústia, mas é libertado dela; sua bondade lhe traz o bem como retribuição e ele aguarda a vida eterna. Em contraste, o perverso cai pela sua impiedade; recebe a angústia; é punido na Terra; fere a si mesmo; e por fim receberá a morte eterna.

“O senso de uma vida futura e do valor do que ainda não foi visto (ver 2Co 4:18) ajuda a motivar o justo a viver de maneira reta. Por causa de sua esperança no futuro, o justo se comporta com humildade, honestidade e compaixão.”1

“Por outro lado, as pessoas perversas vivem apenas no presente; preocupam-se apenas com o que veem e com a recompensa imediata. Pensam primeiramente em si mesmas e recorrem ao engano e ao abuso. Por exemplo os vendedores que enganam seus fregueses talvez obtenham uma recompensa imediata proveniente dos preços mais altos que cobram, mas no fim podem acabar perdendo clientes e seu comércio ir à falência (Pv 11:3, 18).”1

“Pense nas decisões que você tem que tomar. Como você lida com isso? Suas escolhas são influenciadas pelo planejamento a longo prazo, levando em conta a eternidade?”1

Terça-feira, 27 de janeiro de 2015 . Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Provérbios. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 479, Jan. Fev. Mar. 2015. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s