Hoje Eu gerei Você

Lições da Bíblia1

Hebreus 1:5 relata as seguintes palavras do Pai a Jesus: “Você é Meu Filho, hoje Eu gerei Você.” Isso significa que Jesus foi “gerado”, mas quando isso aconteceu? Isso não mostra que Jesus foi de alguma forma criado por Deus em algum momento no passado, como muitos creem?

7. Leia Hebreus 1:5; 2 Samuel 7:12-14; Salmo 2:7 e Lucas 1:31, 32. Que promessa feita a Davi Paulo aplicou a Jesus em Hebreus?

Hebreus 1:5 (ARA)2: “Pois a qual dos anjos disse jamais: Tu és meu Filho, eu hoje te gerei? E outra vez: Eu lhe serei Pai, e ele me será Filho?”

2 Samuel 7:12-14 (ARA)2: “12 Quando teus dias se cumprirem e descansares com teus pais, então, farei levantar depois de ti o teu descendente, que procederá de ti, e estabelecerei o seu reino. 13 Este edificará uma casa ao meu nome, e eu estabelecerei para sempre o trono do seu reino. 14 Eu lhe serei por pai, e ele me será por filho; se vier a transgredir, castigá-lo-ei com varas de homens e com açoites de filhos de homens.”

Salmo 2:7 (ARA)2: “Proclamarei o decreto do Senhor: Ele me disse: Tu és meu Filho, eu, hoje, te gerei.

Lucas 1:31, 32 (ARA)2: “31 Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem chamarás pelo nome de Jesus. 32 Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo; Deus, o Senhor, lhe dará o trono de Davi, seu pai;

Jesus foi gerado no sentido de que Ele foi “adotado” por Deus como o Governante prometido, o Filho de Davi. O conceito da adoção divina do governante era comum no mundo greco-romano e no Oriente. Isso dava ao governante legitimidade e poder sobre a terra.

No entanto, Deus prometeu a Davi que seu Filho seria o Governante legítimo das nações. Ele iria “adotar” o Filho de Davi como Seu próprio. Por meio desse processo, o Rei davídico se tornaria o protegido de Deus e Seu herdeiro. Deus derrotaria Seus inimigos e Lhe daria as nações como herança (Sl 89:27; 2:7, 8).

Conforme lemos em Romanos 1:3, 4 e Atos 13:32, 33, Jesus foi publicamente revelado como o Filho de Deus. Seu batismo e a transfiguração foram momentos em que Deus identificou e anunciou Jesus como Seu Filho (Mt 3:17; 17:5).

Contudo, de acordo com o NT, Jesus Se tornou o “Filho de Deus com poder” (Rm 1:4) quando ressuscitou e Se assentou à destra de Deus. Foi nesse momento que o Senhor cumpriu a promessa feita a Davi de que seu Filho seria como o próprio Filho de Deus e Seu trono seria estabelecido para sempre (2Sm 7:12-14).

Desse modo, César (símbolo de Roma) não era o legítimo “Filho de Deus”, governante das nações, mas Cristo. A ideia de Jesus como um Ser gerado se refere ao início do governo de Jesus sobre as nações, e não ao início de Sua existência, pois Ele sempre existiu. Nunca houve tempo em que Jesus não existisse, porque Ele é Deus.

Jesus não tem “princípio de dias nem fim de existência” (Hb 7:3; 13:8), porque é eterno. A ideia de “Filho unigênito” de Deus não trata da natureza de Cristo, mas de Seu papel no plano da salvação, visto que Ele cumpriu todas as promessas da aliança.

Quinta-feira, 13 de janeiro de 2022. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Hebreus mensagem para os últimos dias. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 507, jan. fev. mar. 2022. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s