Ele é o resplendor da glória de Deus

Lições da Bíblia1

Leia Hebreus 1:2-4. O que essa passagem nos ensina sobre Jesus?

Hebreus 1:2-4 (ARA)2: “2 nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo. 3 Ele, que é o resplendor da glória e a expressão exata do seu Ser, sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, depois de ter feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade, nas alturas, 4 tendo-se tornado tão superior aos anjos quanto herdou mais excelente nome do que eles.”

5. Leia Êxodo 24:16, 17; Salmo 4:6; 36:9 e 89:15. Como esses textos nos ajudam a entender o que é a glória de Deus?

Êxodo 24:16, 17 (ARA)2: “16 E a glória do Senhor pousou sobre o monte Sinai, e a nuvem o cobriu por seis dias; ao sétimo dia, do meio da nuvem chamou o Senhor a Moisés. 17 O aspecto da glória do Senhor era como um fogo consumidor no cimo do monte, aos olhos dos filhos de Israel.

Salmo 4:6 (ARA)2: “Há muitos que dizem: Quem nos dará a conhecer o bem? Senhor, levanta sobre nós a luz do teu rosto.

Salmo 36:9 (ARA)2: “Pois em ti está o manancial da vida; na tua luz, vemos a luz.

Salmo 89:15 (ARA)2: “Bem-aventurado o povo que conhece os vivas de júbilo, que anda, ó Senhor, na luz da tua presença.

No AT, a glória de Deus se refere à Sua presença visível entre o povo (Êx 16:7; 24:16, 17; Lv 9:23; Nm 14:10). Essa presença é frequentemente associada à luz ou ao brilho.

As Escrituras nos informam que Jesus é a luz que veio a este mundo para revelar a glória de Deus (Hb 1:3; Jo 1:6-9, 14-18; 2Co 4:6). Pense, por exemplo, em Jesus na transfiguração. “E Jesus foi transfigurado diante deles. O Seu rosto resplandecia como o Sol, e as Suas roupas se tornaram brancas como a luz” (Mt 17:2).

Assim como o Sol não pode ser percebido exceto pelo brilho de sua luz, Deus é conhecido por meio de Jesus. De nossa perspectiva, os dois são um. Visto que a glória de Deus é a própria luz, não há diferença entre Deus e Jesus, assim como não há diferença entre a luz e seu esplendor.

Hebreus também diz que Jesus é a “expressão exata” do Pai (Hb 1:3). O ponto da metáfora é que existe uma correspondência perfeita no Ser, ou essência, entre o Pai e o Filho. Observe que o ser humano carrega a imagem de Deus, mas não Sua essência (Gn 1:26). O Filho, entretanto, compartilha a mesma essência com o Pai. Não é de admirar que Jesus tenha dito: “Quem vê a Mim, vê o Pai” (Jo 14:9).

Por que é maravilhoso o fato de Jesus nos revelar o caráter e a glória do Pai? O que Jesus nos diz sobre como o Pai é?

Terça-feira, 11 de janeiro de 2022. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Hebreus mensagem para os últimos dias. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 507, jan. fev. mar. 2022. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s