Nestes últimos dias

Lições da Bíblia1

O primeiro parágrafo de Hebreus revela que Paulo acreditava estar vivendo nos “últimos dias”. As Escrituras empregam duas expressões sobre o futuro, com significados diferentes. Os profetas usaram a expressão “últimos dias” para falar sobre o futuro em geral (Dt 4:30, 31; Jr 23:20). Daniel usou a expressão “tempo do fim”, para falar sobre os últimos dias da história da Terra (Dn 8:17; 12:4).

1. Leia Números 24:14-19 e Isaías 2:2, 3. O que Deus prometeu fazer por Seu povo nos “últimos dias”?

Números 24:14-19 (ARA)2: 14 Agora, eis que vou ao meu povo; vem, avisar-te-ei do que fará este povo ao teu, nos últimos dias. A profecia de Balaão. A estrela de Jacó 15 Então, proferiu a sua palavra e disse: Palavra de Balaão, filho de Beor, palavra do homem de olhos abertos, 16  palavra daquele que ouve os ditos de Deus e sabe a ciência do Altíssimo; daquele que tem a visão do Todo-Poderoso e prostra-se, porém de olhos abertos: 17  Vê-lo-ei, mas não agora; contemplá-lo-ei, mas não de perto; uma estrela procederá de Jacó, de Israel subirá um cetro que ferirá as têmporas de Moabe e destruirá todos os filhos de Sete.  18 Edom será uma possessão; Seir, seus inimigos, também será uma possessão; mas Israel fará proezas. 19 De Jacó sairá o dominador e exterminará os que restam das cidades.

Isaías 2:2, 3 (ARA)2: “2 Nos últimos dias, acontecerá que o monte da Casa do Senhor será estabelecido no cimo dos montes e se elevará sobre os outeiros, e para ele afluirão todos os povos. Irão muitas nações e dirão: Vinde, e subamos ao monte do Senhor e à casa do Deus de Jacó, para que nos ensine os seus caminhos, e andemos pelas suas veredas; porque de Sião sairá a lei, e a palavra do Senhor, de Jerusalém.

Vários profetas do AT anunciaram que nos “últimos dias” Deus levantaria um Rei que destruiria os inimigos de Seu povo (Nm 24:14-19) e que atrairia as nações para Israel (Is 2:2, 3). Paulo disse que essas promessas foram cumpridas em Jesus. Ele derrotou Satanás e atraiu todas as nações para Si (Cl 2:15; Jo 12:32). Nesse sentido, “os últimos dias” começaram porque Jesus cumpriu essas promessas divinas.

Nossos pais espirituais morreram na fé. Eles viram e saudaram as promessas “de longe”, mas não as receberam. Nós, porém, vimos seu cumprimento em Jesus.

Pensemos por um momento nas promessas de Deus e de Jesus. O Pai prometeu que ressuscitaria Seus filhos (1Ts 4:15, 16). A notícia maravilhosa é que essa ressurreição teve início com a ressurreição de Jesus (1Co 15:20; Mt 27:51-53). O Pai também prometeu uma nova criação (Is 65:17). Ele começou a cumprir essa promessa criando uma nova vida espiritual em nós (2Co 5:17; Gl 6:15). Ele prometeu que estabeleceria Seu reino (Dn 2:44) e o inaugurou libertando-nos do poder de Satanás e estabelecendo Jesus como nosso Governante (Mt 12:28-30; Lc 10:18-20). Isso é apenas o começo. O que o Pai começou a fazer na primeira vinda de Jesus, Ele completará na segunda.

2. Quando foi inaugurado o reino de Deus?

A. ( ) Na crucifixão e ressurreição de Cristo, quando Ele venceu a morte.
B. ( ) Quando Cristo nasceu em Belém.

Resposta sugestiva: Alternativa A.

Veja as promessas que Deus já cumpriu. Como isso nos ajuda a confiar Nele quanto às que ainda não se cumpriram?

Domingo, 09 de janeiro de 2022. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Hebreus mensagem para os últimos dias. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 507, jan. fev. mar. 2022. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s