A carta aos hebreus e a nós – Estudo adicional

Lições da Bíblia1

David A. de Silva explica por que os primeiros cristãos sofriam perseguição: “Os cristãos adotaram um estilo de vida que […] teria sido considerado antissocial e subversivo. A lealdade aos deuses, expressa nos sacrifícios e atos semelhantes, era vista como símbolo de lealdade ao estado, às autoridades, aos amigos e à família. A adoração às divindades era uma espécie de símbolo da dedicação aos relacionamentos que mantinham a sociedade estável e próspera. Ao se absterem do primeiro, cristãos (e judeus) eram vistos como potenciais violadores das leis e [como] elementos subversivos do império” (Perseverance in Gratitude [Eerdmans, 2000], p. 12).

“Para quem está desanimado, há um remédio que funciona: fé, oração e trabalho. Fé e atividade darão segurança e satisfação que vão aumentar dia após dia. Você é tentado a dar lugar a sentimentos de ansiedade ou de profundo desânimo? Nos dias mais escuros, quando tudo parece ameaçador, não tenha medo. Tenha fé em Deus. Ele conhece suas necessidades; Ele possui todo o poder. Seu infinito amor e Sua compaixão jamais acabam. Não tema pensando que Ele falhará em cumprir Sua promessa. Ele é verdade eterna. Jamais mudará a aliança que fez com os que O amam. Ele capacitará Seus servos fiéis de acordo com as necessidades deles. O apóstolo Paulo testificou […]” (2Co 12:9, 10; Ellen G. White, Profetas e Reis, p. 164, 165).

Perguntas para consideração

1. É possível ser “diferente” e ainda não ser desrespeitoso com os outros?

2. A palavra “exortação” na Bíblia pode se referir tanto à reprovação quanto ao encorajamento. Que cuidado devemos ter ao reprovar alguém desanimado na fé?

3. Que semelhanças há entre a experiência dos leitores de Hebreus e a da igreja de Laodiceia (Ap 3:14-22)? Nossa experiência se assemelha à deles? O que aprendemos com isso?

Sexta-feira, 31 de dezembro de 2021. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Hebreus mensagem para os últimos dias. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 507, jan. fev. mar. 2022. Adulto, Professor. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s