A ressurreição de Moisés

Lições da Bíblia1

“Assim Moisés, servo do Senhor, morreu ali, na terra de Moabe, segundo a palavra do Senhor. Este o sepultou num vale, na terra de Moabe, diante de Bete-Peor, mas até hoje ninguém sabe o lugar da sua sepultura” (Dt 34:5, 6). Assim faleceu Moisés, tão fundamental para Israel, um homem cujos escritos continuam vivos, não apenas em Israel, como também nas igrejas e nas sinagogas atuais.

Moisés morreu, foi sepultado, o povo pranteou e foi isso. As palavras do Apocalipse se aplicam a esse caso: “Bem-aventurados os mortos que, desde agora, morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem das suas fadigas, pois as suas obras os acompanham” (Ap 14:13).

Contudo, a morte de Moisés não foi o capítulo final na história desse profeta.

5. Leia Judas 9. O que aconteceu? Como esse texto explica a aparição de Moisés posteriormente no NT?

Judas 9 (ARA)2: “Contudo, o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo e disputava a respeito do corpo de Moisés, não se atreveu a proferir juízo infamatório contra ele; pelo contrário, disse: O Senhor te repreenda!”

Embora tenhamos apenas um vislumbre, que cena incrível é retratada nesse texto! Miguel, o próprio Cristo, disputou com o diabo o corpo de Moisés, que foi um pecador; seu último pecado conhecido, tomar para si a glória que era de Deus, foi o mesmo tipo de pecado que excluiu Lúcifer do Céu. “Subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo” (Is 14:14). A disputa sobre o corpo deve ter ocorrido porque Cristo estava reivindicando para Moisés a ressurreição prometida.

Por que Cristo faria isso por um transgressor da lei? A resposta só poderia ser a cruz. Assim como os sacrifícios de animais apontavam para a morte de Cristo, o Senhor anteviu a cruz e reivindicou que o corpo de Moisés fosse ressuscitado. “Em consequência do pecado, Moisés tinha caído sob o poder de Satanás. Por seus méritos, era um legítimo cativo da morte. Contudo, foi ressuscitado para a vida imortal pelo direito que tinha a ela em nome do Redentor. Moisés saiu do túmulo glorificado e ascendeu com seu Libertador à cidade de Deus” (Ellen G. White, Patriarcas e Profetas, p. 479).

Mesmo antes da cruz, Moisés foi ressuscitado para a imortalidade. Esse fato nos ajuda a entender a profundidade do plano da salvação?

Quarta-feira, 22 de dezembro de 2021. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. A verdade presente em Deuteronômio. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 506, out. nov. dez. 2021. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s