A morte de Moisés

Lições da Bíblia1

Pobre Moisés! Depois de chegar tão longe e passar por tanta coisa, ficar de fora do cumprimento da promessa a Abrão: “Darei esta terra à sua descendência” (Gn 12:7).

4. Leia Deuteronômio 34:1-12. O que aconteceu com Moisés, e o que o Senhor disse sobre ele que mostrou como era um homem especial?

Deuteronômio 34:1-12 (ARA)2: “1 Então, subiu Moisés das campinas de Moabe ao monte Nebo, ao cimo de Pisga, que está defronte de Jericó; e o Senhor lhe mostrou toda a terra de Gileade até Dã; 2 e todo o Naftali, e a terra de Efraim, e Manassés; e toda a terra de Judá até ao mar ocidental; 3 e o Neguebe e a campina do vale de Jericó, a cidade das Palmeiras, até Zoar. 4 Disse-lhe o Senhor: Esta é a terra que, sob juramento, prometi a Abraão, a Isaque e a Jacó, dizendo: à tua descendência a darei; eu te faço vê-la com os próprios olhos; porém não irás para lá. 5 Assim, morreu ali Moisés, servo do Senhor, na terra de Moabe, segundo a palavra do Senhor. Este o sepultou num vale, na terra de Moabe, defronte de Bete-Peor; e ninguém sabe, até hoje, o lugar da sua sepultura. Tinha Moisés a idade de cento e vinte anos quando morreu; não se lhe escureceram os olhos, nem se lhe abateu o vigor. 8 Os filhos de Israel prantearam Moisés por trinta dias, nas campinas de Moabe; então, se cumpriram os dias do pranto no luto por Moisés. 9 Josué, filho de Num, estava cheio do espírito de sabedoria, porquanto Moisés impôs sobre ele as mãos; assim, os filhos de Israel lhe deram ouvidos e fizeram como o Senhor ordenara a Moisés. 10 Nunca mais se levantou em Israel profeta algum como Moisés, com quem o Senhor houvesse tratado face a face, 11 no tocante a todos os sinais e maravilhas que, por mando do Senhor, fez na terra do Egito, a Faraó, a todos os seus oficiais e a toda a sua terra; 12 e no tocante a todas as obras de sua poderosa mão e aos grandes e terríveis feitos que operou Moisés à vista de todo o Israel”

“Na solidão, Moisés reviu sua vida de lutas e dificuldades, desde que havia deixado as honras da corte e de um reino que poderia ter sido seu no Egito, para arriscar o futuro com o povo escolhido de Deus. Lembrou-se dos longos anos no deserto com os rebanhos de Jetro, do aparecimento do Anjo na sarça ardente e do chamado para libertar Israel. Viu de novo os milagres do poder de Deus realizados em favor do povo escolhido e Sua paciente misericórdia durante os anos de peregrinação e rebelião. Apesar de tudo que Deus tinha feito pelo povo, apesar das próprias orações e dos esforços de Moisés, apenas dois de todos os adultos do vasto exército que deixou o Egito foram considerados dignos de entrar na terra prometida. Revendo os resultados de seus trabalhos, sua vida de provações e sacrifícios, Moisés tinha a impressão de que quase tudo havia sido em vão” (Ellen G. White, Patriarcas e Profetas, p. 471, 472).

Deuteronômio 34:4 diz algo interessante. “Esta é a terra que, sob juramento, prometi a Abraão, a Isaque e a Jacó, dizendo que a daria à descendência deles”. O Senhor usou quase as mesmas palavras que havia dito repetidamente aos patriarcas e seus filhos, sobre dar-lhes a terra. Naquele momento, Ele as repetiu a Moisés.

O Senhor também disse: “Estou permitindo que você a veja com os seus olhos, mas você não entrará nela” (Dt 34:4, grifo nosso). Não havia como Moisés, parado onde estava, ter visto tudo o que o Senhor lhe apontou, de Moabe a Dã, a Naftali e assim por diante. Ellen G. White esclareceu: foi uma revelação sobrenatural, não apenas da terra, mas de como seria depois que tivessem tomado posse dela.

Era como se Deus estivesse provocando Moisés, cutucando a ferida: Você poderia ter estado aqui se tivesse Me obedecido. Mas o Senhor mostrou a ele que apesar do erro do Seu servo, Deus seria fiel às promessas da aliança feita com os patriarcas e com Israel. Além disso, o Senhor tinha algo melhor para aquele servo fiel e imperfeito.

Terça-feira, 21 de dezembro de 2021. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. A verdade presente em Deuteronômio. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 506, out. nov. dez. 2021. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s