Baal-Peor

Lições da Bíblia1

Em Deuteronômio 4:3, 4 os filhos de Israel têm um pouco mais de lição de história, como lembrete do passado e de verdades espirituais e práticas que deviam aprender.

3. Leia Números 25:1-15. O que aconteceu e quais verdades espirituais e práticas o povo deveria ter tirado da situação?

Números 25:1-15 (ARA)2: “1 Habitando Israel em Sitim, começou o povo a prostituir-se com as filhas dos moabitas. 2 Estas convidaram o povo aos sacrifícios dos seus deuses; e o povo comeu e inclinou-se aos deuses delas.Juntando-se Israel a Baal-Peor, a ira do Senhor se acendeu contra Israel. 4 Disse o Senhor a Moisés: Toma todos os cabeças do povo e enforca-os ao Senhor ao ar livre, e a ardente ira do Senhor se retirará de Israel. 5 Então, Moisés disse aos juízes de Israel: Cada um mate os homens da sua tribo que se juntaram a Baal-Peor. 6 Eis que um homem dos filhos de Israel veio e trouxe a seus irmãos uma midianita perante os olhos de Moisés e de toda a congregação dos filhos de Israel, enquanto eles choravam diante da tenda da congregação. 7 Vendo isso Fineias, filho de Eleazar, o filho de Arão, o sacerdote, levantou-se do meio da congregação, e, pegando uma lança, 8 foi após o homem israelita até ao interior da tenda, e os atravessou, ao homem israelita e à mulher, a ambos pelo ventre; então, a praga cessou de sobre os filhos de Israel. 9 Os que morreram da praga foram vinte e quatro mil. 10 Então, disse o Senhor a Moisés: 11 Fineias, filho de Eleazar, filho de Arão, o sacerdote, desviou a minha ira de sobre os filhos de Israel, pois estava animado com o meu zelo entre eles; de sorte que, no meu zelo, não consumi os filhos de Israel. 12 Portanto, dize: Eis que lhe dou a minha aliança de paz. 13 E ele e a sua descendência depois dele terão a aliança do sacerdócio perpétuo; porquanto teve zelo pelo seu Deus e fez expiação pelos filhos de Israel. 14 O nome do israelita que foi morto (morto com a midianita) era Zinri, filho de Salu, príncipe da casa paterna dos simeonitas. 15 O nome da mulher midianita que foi morta era Cosbi, filha de Zur, cabeça do povo da casa paterna entre os midianitas.”

Por mais desconfortáveis que sejam os relatos de Israel eliminando algumas das nações pagãs ao seu redor, eles certamente ajudam a explicar a lógica por trás da ordem. Israel deveria ser testemunha do verdadeiro e único Deus para as nações pagãs, um exemplo para mostrar a adoração ao Deus verdadeiro. Em vez disso, seguiram os “deuses” pagãos e muitas vezes caíam em rebelião aberta contra o próprio Deus que deveriam representar para o mundo.

Embora “prostituir-se” muitas vezes tenha um significado espiritual, isto é, quando Israel ia atrás de deuses e práticas pagãs (ver Os 4:12-14), nesse caso a linguagem (e o restante da história) sugere o pecado sexual. Satanás se aproveitou da natureza humana decaída, usou as mulheres pagãs para seduzir os homens, que obviamente se deixaram seduzir.

Sem dúvida, o ato de prostituir-se fisicamente levava também à prostituição espiritual. Os envolvidos acabavam em práticas de adoração pagã seguindo a Baal-Peor; isto é, os israelitas de alguma forma se apegaram a esse deus falso e até se sacrificaram a ele. Apesar do que lhes foi ensinado, eles se dispuseram a jogar tudo fora no calor da paixão e da luxúria.

Como isso pode ter acontecido? Facilmente, ao endurecerem a consciência com o primeiro pecado, o físico, estavam maduros para cair no pecado espiritual, que deve ter sido o objetivo final de Satanás. Eles haviam se tornado tão degradados que, de acordo com o texto, um homem trouxe uma mulher midianita para o próprio acampamento, diante de Moisés e do povo que chorava do lado de fora do tabernáculo.

Mente e corpo estão intimamente ligados, ou seja, o que afeta um afeta o outro. O que podemos aprender dessa história, de como a indulgência pode ser perigosa para nós espiritualmente?

Segunda-feira, 01 de novembro de 2021. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. A verdade presente em Deuteronômio. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 506, out. nov. dez. 2021. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s