Perdoado e esquecido?

Lições da Bíblia1

Depois que Davi involuntariamente pronunciou juízo sobre si mesmo (2Sm 12:5, 6), Natã o confrontou com a enormidade de seu pecado. O coração de Davi foi quebrantado, e ele confessou sua transgressão. Imediatamente Natã lhe assegurou: “Também o Senhor perdoou o seu pecado” (2Sm 12:13). Ele estava perdoado. Não há prazo de espera para o perdão de Deus. Davi não precisou provar que estava sendo sincero antes que o perdão fosse concedido. No entanto, Natã, que já tinha predito as consequências do pecado de Davi em 2 Samuel 12:10-12, afirmou que aquele filho morreria.

5. Deus tirou o pecado de Davi. Isso significa que Ele simplesmente esqueceu o passado? As pessoas costumam esquecer o que passou? 2Sm 12:10-23

2Sm 12:10-23 (ARA)2: “10 Agora, pois, não se apartará a espada jamais da tua casa, porquanto me desprezaste e tomaste a mulher de Urias, o heteu, para ser tua mulher. 11 Assim diz o Senhor: Eis que da tua própria casa suscitarei o mal sobre ti, e tomarei tuas mulheres à tua própria vista, e as darei a teu próximo, o qual se deitará com elas, em plena luz deste sol. 12 Porque tu o fizeste em oculto, mas eu farei isto perante todo o Israel e perante o sol. 13 Então, disse Davi a Natã: Pequei contra o Senhor. Disse Natã a Davi: Também o Senhor te perdoou o teu pecado; não morrerás. 14 Mas, posto que com isto deste motivo a que blasfemassem os inimigos do Senhor, também o filho que te nasceu morrerá. 15 Então, Natã foi para sua casa. E o Senhor feriu a criança que a mulher de Urias dera à luz a Davi; e a criança adoeceu gravemente. 16 Buscou Davi a Deus pela criança; jejuou Davi e, vindo, passou a noite prostrado em terra. 17 Então, os anciãos da sua casa se achegaram a ele, para o levantar da terra; porém ele não quis e não comeu com eles. 18 Ao sétimo dia, morreu a criança; e temiam os servos de Davi informá-lo de que a criança era morta, porque diziam: Eis que, estando a criança ainda viva, lhe falávamos, porém não dava ouvidos à nossa voz; como, pois, lhe diremos que a criança é morta? Porque mais se afligirá. 19 Viu, porém, Davi que seus servos cochichavam uns com os outros e entendeu que a criança era morta, pelo que disse aos seus servos: É morta a criança? Eles responderam: Morreu. 20 Então, Davi se levantou da terra; lavou-se, ungiu-se, mudou de vestes, entrou na Casa do Senhor e adorou; depois, veio para sua casa e pediu pão; puseram-no diante dele, e ele comeu. 21 Disseram-lhe seus servos: Que é isto que fizeste? Pela criança viva jejuaste e choraste; porém, depois que ela morreu, te levantaste e comeste pão. 22 Respondeu ele: Vivendo ainda a criança, jejuei e chorei, porque dizia: Quem sabe se o Senhor se compadecerá de mim, e continuará viva a criança? 23 Porém, agora que é morta, por que jejuaria eu? Poderei eu fazê-la voltar? Eu irei a ela, porém ela não voltará para mim.”

Davi também deve ter pensado nessas questões ao ver seu mundo desmoronar – o bebê morto, sua família em desordem (as histórias de Amnom e Absalão são dois exemplos de problemas familiares), seu futuro incerto. Contudo, apesar das consequências desse pecado, que afetou inocentes como Urias e a criança recém-nascida, Davi entendeu que a graça de Deus cobriria seu pecado, e que um dia todas as consequências seriam eliminadas. Enquanto isso, ele encontraria na graça de Deus o descanso para sua consciência atribulada.

6. Na opinião de Davi, do que ele precisava? Pelo que ele ansiava? Sl 51:1-6

Sl 51:1-6 (ARA)2: “1 Compadece-te de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; e, segundo a multidão das tuas misericórdias, apaga as minhas transgressões. 2 Lava-me completamente da minha iniquidade e purifica-me do meu pecado. 3 Pois eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim.Pequei contra ti, contra ti somente, e fiz o que é mau perante os teus olhos, de maneira que serás tido por justo no teu falar e puro no teu julgar. 5 Eu nasci na iniquidade, e em pecado me concebeu minha mãe. 6 Eis que te comprazes na verdade no íntimo e no recôndito me fazes conhecer a sabedoria.”

No Salmo 51, Davi abriu seu coração e confessou seus pecados. O clamor por misericórdia foi um apelo ao amor de Deus e à Sua compaixão. Ele ansiava por renovação.

Quando consideramos o custo do descanso em Jesus, devemos primeiramente reconhecer que precisamos de ajuda; somos pecadores e necessitamos do Salvador; confessamos nossos pecados e clamamos ao Único que pode nos lavar e renovar. Quando fazemos isso, somos encorajados. Mesmo sendo um adúltero, manipulador, assassino, que tinha transgredido pelo menos cinco dos Dez Mandamentos, Davi suplicou o perdão de Deus.

Se Deus perdoou Davi pelo que ele fez, certamente há esperança para todos nós!

Quarta-feira, 21 de julho de 2021. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Descanso em Cristo. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 505, jul. ago. set. 2021. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s