A estabilidade da lei de Deus

Lições da Bíblia1

4. Qual verdade sobre a natureza essencial de Deus a presença da lei no relacionamento de aliança nos ensina? (Ml 3:6; Tg 1:17).

Ml 3:6 (ARA)2: “Porque eu, o Senhor, não mudo; por isso, vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos.”

Tg 1:17 (ARA)2: “Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança.”

A lei de Deus é uma expressão oral ou escrita de Sua vontade (Sl 40:8). Por ser uma transcrição de Seu caráter, a presença da lei na aliança nos garante a permanência e a confiabilidade de Deus. Embora nem sempre possamos discernir as obras de Sua providência, sabemos que Ele é digno de confiança. O Universo é governado por leis morais e físicas invariáveis. Esse fato nos dá verdadeira liberdade e segurança.

A “certeza de que Deus é confiável está na verdade de que Ele é um Deus da lei. Sua vontade e Sua lei são uma única coisa. Deus diz que o certo é certo porque descreve as melhores relações possíveis. Portanto, a lei de Deus nunca é arbitrária nem sujeita a caprichos e vontades. É a coisa mais estável do Universo” (Walter R. Beach, Dimensions in Salvation. Washington, DC: Review and Herald Publishing Association, 1963, p. 143).

5. Se a lei de Deus não pode nos salvar do pecado, por que Ele a tornou parte da aliança? Am 3:3

Am 3:3 (ARA)2: “Andarão dois juntos, se não houver entre eles acordo?

Um relacionamento requer concordância e harmonia. Em virtude de Deus não ser apenas o Criador do mundo, mas também seu Governador moral, a lei é essencial à felicidade das criaturas inteligentes, a fim de que elas vivam em harmonia com Ele. Portanto, a lei, a expressão de Sua vontade é a constituição de Seu governo. É, naturalmente, a norma ou obrigação do acordo e relacionamento de aliança. Seu propósito não é salvar, mas definir nosso dever para com Deus (primeiros quatro mandamentos) e nosso dever para com os semelhantes (seis últimos  andamentos). Em outras palavras, estabelece o modo de vida designado aos Seus filhos da aliança, para sua felicidade e bem-estar. Isso impedia Israel de adotar outra filosofia como estilo de vida. Era e é o propósito do relacionamento de aliança levar o cristão, mediante a graça transformadora, à harmonia com a vontade e caráter de Deus.

Você percebe os efeitos devastadores da transgressão da lei em sua vida e na vida dos outros? Isso confirma a bondade da lei e que ela é crucial em nosso relacionamento com Deus?

Quarta-feira, 19 de maio de 2021. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. A promessa: a aliança eterna de Deus. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 504, abr. maio. jun. 2021. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s