Aliança com Abraão

Lições da Bíblia1

“Abençoarei aqueles que o abençoarem e amaldiçoarei aquele que o amaldiçoar. Em você serão benditas todas as famílias da Terra” (Gn 12:3).

3. Leia Gênesis 12:1-3. Liste as promessas específicas que Deus fez a Abraão:

Gênesis 12:1-3 (ARA)2: “1 Ora, disse o Senhor a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei; 2 de ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção! 3 Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra.”

4. Dentre as promessas, Deus disse que em Abraão seriam “benditas todas as famílias da Terra” (Gn 12:3). O que isso significa? Como as famílias foram abençoadas em Abraão? Vemos, nessa promessa anterior, a promessa do Messias? Gl 3:6-9, 29

Gálatas 3:6-9, 29 (ARA)2: “6 É o caso de Abraão, que creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça. 7 Sabei, pois, que os da fé é que são filhos de Abraão. 8 Ora, tendo a Escritura previsto que Deus justificaria pela fé os gentios, preanunciou o evangelho a Abraão:De modo que os da fé são abençoados com o crente Abraão. 10 Todos quantos, pois, são das obras da lei estão debaixo de maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanece em todas as coisas escritas no Livro da lei, para praticá-las. […] 29 E, se sois de Cristo, também sois descendentes de Abraão e herdeiros segundo a promessa.

Nessa primeira revelação divina a Abraão, Deus prometeu entrar em um relacionamento íntimo e duradouro com ele, antes mesmo de usar qualquer linguagem que falasse sobre fazer uma aliança. Referências diretas à aliança que Deus fez aparecem apenas posteriormente (Gn 15:4-21; 17:1-14). Naquele momento, Deus propôs um relacionamento divino-humano de grande importância. Os verbos conjugados no futuro, mostrarei, farei, abençoarei e amaldiçoarei (Gn 12:1-3), sugerem a profundidade e a grandeza da oferta e da promessa.

Além disso, Abraão recebeu uma única, porém difícil, ordem: “Saia da sua terra”. Ele obedeceu pela fé (Hb 11:8), não para tornar realidade as bênçãos prometidas. Sua obediência foi a resposta de fé ao relacionamento amoroso que Deus desejava que fosse estabelecido. Em outras palavras, Abraão já acreditava em Deus, já confiava Nele, já tinha fé em Suas promessas, pois, caso contrário, jamais teria deixado sua família e a terra de seus ancestrais para seguir rumo a lugares desconhecidos. Sua obediência revelou aos homens e aos anjos a sua fé.

Abraão, mesmo naquela época, revelou o relacionamento fundamental entre fé e obras. Somos salvos pela fé, a qual resulta em obras de obediência.

A promessa da salvação vem primeiro; em seguida, as obras. Embora não possa haver comunhão de aliança nem bênção sem obediência, essa obediência é a resposta de fé ao que Deus já fez. Essa fé ilustra o princípio de 1 João 4:19: “Nós amamos porque Ele nos amou primeiro”.

De que maneira Gênesis 15:6 [Ele creu no Senhor, e isso lhe foi imputado para justiça.] mostra o fundamento de todas as promessas da aliança? Por que essa bênção é a mais preciosa de todas?

Terça-feira, 06 de abril de 2021. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. A promessa: a aliança eterna de Deus. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 504, abr. maio. jun. 2021. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s