Uma transformadora oferta de reparação (Is 53:10-12)

Lições da Bíblia1

5. O que significa o fato de que a vida do Servo é uma “oferta pelo pecado” (Is 53:10)? Assinale a alternativa correta:

Isaías 53:10 (ARA)2: “Todavia, ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando der ele a sua alma como oferta pelo pecado, verá a sua posteridade e prolongará os seus dias; e a vontade do Senhor prosperará nas suas mãos.”

A.( ) O Servo daria a vida como oferta pelos próprios pecados.
B.( ) O Servo Se ofereceria em sacrifício pelas transgressões da humanidade.

Resposta sugestiva: Alternativa B.

A palavra hebraica se refere a uma oferta de expiação pela culpa ou oferta de reparação (Lv 5:14–6:7; Lv 7:1-7), que poderia expiar pecados deliberados cometidos contra outras pessoas (Lv 6:2, 3). Esses pecados foram destacados por Isaías (Is 1–3; Is 10:1, 2; Is 58). Além disso, o pecador devia devolver à pessoa prejudicada o que havia sido tomado, além de uma multa, antes de oferecer o sacrifício para receber o perdão de Deus (Lv 6:4-7; compare com Mt 5:23, 24). No caso de involuntário uso indevido de algo que pertencia a Deus, a reparação iria para Ele (Lv 5:16).

Agora podemos entender Isaías 40:2, em que Deus conforta Seu povo exilado, ao dizer-lhe que ele havia feito restituição suficiente por seus pecados.

Mas após a reparação, devia haver um sacrifício. Esse sacrifício se encontra em Isaías 53: em vez de um carneiro, o Servo de Deus seria levado como uma ovelha ao matadouro (Is 53:7) em prol de pessoas que haviam se desviado (Is 53:6).

Embora fosse “cortado da terra dos viventes” (Is 53:8; compare com Dn 9:26), completamente consumido no sacrifício que nos acende a chama da esperança, o Servo ressurgiria da morte, a terra sem retorno, a fim de receber exaltação, ver Sua “posteridade” e prolongar Seus dias (Is 53:10-12).

6. Examine os seguintes versos. Como cada um deles reflete a mensagem básica de Isaías 53?

Sl 32:1, 2 (ARA)2: “1 Bem-aventurado aquele cuja iniquidade é perdoada, cujo pecado é coberto. 2 Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não atribui iniquidade e em cujo espírito não há dolo.

Rm 5:8 (ARA)2: “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.”

Gl 2:16 (ARA)2: “16 sabendo, contudo, que o homem não é justificado por obras da lei, e sim mediante a fé em Cristo Jesus, também temos crido em Cristo Jesus, para que fôssemos justificados pela fé em Cristo e não por obras da lei, pois, por obras da lei, ninguém será justificado.”

Fp 3:9 (ARA)2: “e ser achado nele, não tendo justiça própria, que procede de lei, senão a que é mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus, baseada na fé;”

Hb 2:9 (ARA)2: “vemos, todavia, aquele que, por um pouco, tendo sido feito menor que os anjos, Jesus, por causa do sofrimento da morte, foi coroado de glória e de honra, para que, pela graça de Deus, provasse a morte por todo homem.

1Pe 2:24 (ARA)2: “carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas, fostes sarados.

Quinta-feira, 04 de março de 2021. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Isaías: Consolo para o povo de Deus. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 503, jan. fev. mar. 2021. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s