A verdadeira educação cristã

Lições da Bíblia

“Um rabino, ao observar os olhos sonolentos dos jovens que estavam assentados em sua sala de aula, perguntou-lhes: ‘Alunos, como sabemos quando a noite termina e o dia começa?’”1

“Vários alunos levantaram as mãos cautelosamente. ‘Rabino’, perguntou um deles, ‘seria quando podemos diferenciar uma figueira de uma oliveira?’”1

“Não.”1

“Outro aluno levantou a mão: ‘Rabino, seria quando podemos diferenciar uma ovelha de um bode?’”

“Depois de ouvir uma série de respostas, o rabino anunciou: ‘Alunos, sabemos que a noite terminou e o dia começou quando olhamos para um rosto nunca visto antes e reconhecemos aquele estranho como nosso irmão ou irmã. Até esse momento, por mais claro que o dia esteja, ainda é noite’.”1

“1. Leia Lucas 10:30-37. Qual foi a mensagem apresentada por Jesus com essa história? O que deve fazer parte de toda verdadeira educação cristã?”1

Lucas 10:30-37 (ARA): “30 Jesus prosseguiu, dizendo: Certo homem descia de Jerusalém para Jericó e veio a cair em mãos de salteadores, os quais, depois de tudo lhe roubarem e lhe causarem muitos ferimentos, retiraram-se, deixando-o semimorto. 31 Casualmente, descia um sacerdote por aquele mesmo caminho e, vendo-o, passou de largo. 32 Semelhantemente, um levita descia por aquele lugar e, vendo-o, também passou de largo. 33 Certo samaritano, que seguia o seu caminho, passou-lhe perto e, vendo-o, compadeceu-se dele. 34 E, chegando-se, pensou-lhe os ferimentos, aplicando-lhes óleo e vinho; e, colocando-o sobre o seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e tratou dele. 35 No dia seguinte, tirou dois denários e os entregou ao hospedeiro, dizendo: Cuida deste homem, e, se alguma coisa gastares a mais, eu to indenizarei quando voltar. 36 Qual destes três te parece ter sido o próximo do homem que caiu nas mãos dos salteadores? 37 Respondeu-lhe o intérprete da Lei: O que usou de misericórdia para com ele. Então, lhe disse: Vai e procede tu de igual modo.”

“Como adventistas do sétimo dia, fomos abençoados com uma abundância de luz e verdades doutrinárias (por exemplo, o estado dos mortos, o sábado, 1844 e o juízo, o grande conflito etc.) que a maior parte do mundo cristão ainda não compreende. No entanto, por mais cruciais que sejam essas verdades, para que elas servem se não somos gentis com as pessoas, se demonstramos preconceito com os outros e se permitimos que as tendências culturais e sociais de nosso ambiente nos façam tratar os outros como inferiores?”1

“A verdadeira educação cristã deve nos levar também a superar essas fraquezas e males humanos e a ver os outros como Cristo os vê, como seres por quem Ele morreu, seres cujos pecados Ele suportou na cruz, seres pelos quais Ele pagou um preço infinito. Se elevarmos a cruz, como devemos, veremos o valor de cada ser humano e o trataremos como realmente merece, de acordo com o valor que Deus lhe concedeu. A educação cristã deve incluir esse ensino, caso contrário não é digna do nome ‘cristã’.”1

“Quais preconceitos sua cultura e sociedade ensinam, sutil ou mesmo abertamente? Como cristão, como você deve superá-los?”1

Domingo, 22 de novembro de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

Leia o livro Em Busca de Esperança,
baixe o seu exemplar gratuitamente

O MAIOR RESGATE DE TODOS OS TEMPOS

Como lar dos seres humanos, a Terra tem sido o palco de um conflito milenar, em que o mal parece muitas vezes prevalecer. Guerras, terremotos, devastações, doenças… Até quando tudo isso vai durar?

Este pequeno livro abre uma porta para um mundo melhor. Um futuro glorioso aguarda aqueles que foram resgatados daqui para a eternidade.

Você não pode deixar de conhecer essa fascinante história de resgate. Ao entendê-la, você poderá fazer parte dela e encontrará esperança em meio à tempestade!

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Educação e redenção. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 502, out. nov. dez. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s