A lei de Deus

Lições da Bíblia

“Anos atrás, a França estava debatendo a questão da pena de morte: deveria ela ser abolida? Os defensores de sua abolição contataram um famoso escritor e filósofo francês chamado Michel Foucault e pediram que ele escrevesse um editorial em nome deles. No entanto, o que ele fez foi defender não apenas a abolição da pena de morte, mas a abolição completa de todo o sistema penitenciário e a libertação dos prisioneiros.”1

“Por quê? Porque, para Michel Foucault, todos os sistemas de moralidade eram meramente construções humanas, ideias colocadas em prática por aqueles que estavam no poder para controlar as massas. Portanto, esses códigos morais não tinham legitimidade real.”1

“Por mais extrema que seja sua posição, o que vemos aqui é uma consequência lógica de um problema que não é tão novo. Moisés lidou com ele no antigo Israel há milhares de anos. ‘Vocês não agirão como estamos agindo aqui, cada um fazendo o que bem entende’ (Dt 12:8, NVI; veja também Jz 17:6 [‘Naqueles dias, não havia rei em Israel; cada qual fazia o que achava mais reto.’]; Pv 12:15 [‘O caminho do insensato aos seus próprios olhos parece reto, mas o sábio dá ouvidos aos conselhos.’]).”1

“No entanto, se não devemos fazer o que é certo apenas aos nossos olhos – ou seja, se não somos justos, santos nem imparciais o suficiente para saber o que é moralmente correto, como saber o que fazer? A resposta é que o Criador também nos deu um código moral para viver. Talvez não consigamos entender, mas o Senhor sempre entende.”1

“5. O que estes textos ensinam sobre conduta moral? Dt 6:5; Mc 12:29-31; Ap 14:12”1

Dt 6:5 (ARA)2: “Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força.”

Mc 12:29-31 (ARA)2: 29 Respondeu Jesus: O principal é: Ouve, ó Israel, o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor! 30 Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força. 31 O segundo é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.”

Ap 14:12 (ARA)2: “Aqui está a perseverança dos santos, os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus.

“Se quisermos tornar a redenção central em nossa cosmovisão cristã, a lei de Deus (os Dez Mandamentos) também deve ser central. Afinal, de que somos redimidos senão do pecado, que é a transgressão da lei (Rm 3:20)? O evangelho não faz sentido sem a lei de Deus. Essa é uma das razões pelas quais sabemos que a Lei ainda é obrigatória para nós, apesar de sua incapacidade de nos salvar. Por isso precisamos do evangelho.”1

“Portanto, toda a educação adventista do sétimo dia deve enfatizar o que Ellen White chamou de ‘perpetuidade da lei’ (O Grande Conflito, p. 63), que inclui o sábado. Se educar é restaurar em nós a imagem de Deus tanto quanto possível nesta vida, então, mesmo no nível mais fundamental, a lei de Deus deve ser mantida, à luz do exemplo de Cristo, como o código moral que nos mostra o que realmente é bom aos olhos do Pai.”1

Quinta-feira, 22 de outubro de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Educação e redenção. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 502, out. nov. dez. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s