Lidando com passagens bíblicas difíceis – Estudo adicional

Lições da Bíblia

Texto de Ellen G. White: Caminho a Cristo, p. 105-113 (“A Certeza da Vitória”); seção 8 do documento “Métodos de Estudo da Bíblia”, que pode ser encontrado em http://www.centrowhite.org.br/metodos-de-estudo-da-biblia.

“Na Bíblia, há muitos mistérios que o ser humano finito julga difíceis de compreender e que são muito profundos para explicarmos plenamente. Por isso, precisamos de humildade e disposição para aprender das Escrituras em espírito de oração. A fidelidade às Escrituras permite ao texto bíblico, mesmo que seu significado vá contra nossa natureza, dizer o que realmente diz. A fidelidade às Escrituras respeitará o texto em vez de alterá-lo, como alguns fazem, ou evitar seu verdadeiro significado.”1

“Quando a Palavra de Deus é aberta sem reverência e oração, quando os pensamentos e as afeições não estão centralizados em Deus nem em harmonia com Sua vontade, a mente fica obscurecida pelas dúvidas. O próprio estudo da Bíblia fortalece o ceticismo. O inimigo apodera-se dos pensamentos e sugere interpretações incorretas. Sempre que os homens não buscam, por palavras e atos, estar em harmonia com Deus, por mais preparados que sejam, estão sujeitos a errar em sua compreensão das Escrituras. Não é seguro confiar em suas explicações. Os que abrem as Escrituras para encontrar discrepâncias não têm conhecimento espiritual. Com visão distorcida, verão muitas razões para dúvida e descrença em coisas que são realmente claras e simples” (Ellen G. White, Caminho a Cristo, p. 111).1

Perguntas para consideração

“1. Por que as atitudes em relação à Bíblia são tão essenciais para uma compreensão adequada das Escrituras? Quais atitudes são cruciais para entendermos a Palavra?”1

“2. Por que não deveríamos nos surpreender ao encontrar na Bíblia assuntos difíceis de explicar e entender? Afinal, quantos temas do mundo natural são difíceis de entender? Até hoje, por exemplo, a água está repleta de mistérios.”1

“3. Como podemos responder à questão de Lucas 23:43, na qual (segundo a maioria das traduções) Jesus teria dito ao ladrão que ele estaria no Céu com o Senhor naquele dia? Quais são as maneiras sinceras de explicar esse texto? Textos como João 20:17 [‘Recomendou-lhe Jesus: Não me detenhas; porque ainda não subi para meu Pai, mas vai ter com os meus irmãos e dize-lhes: Subo para meu Pai e vosso Pai, para meu Deus e vosso Deus.’], Eclesiastes 9:5 [‘Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco terão eles recompensa, porque a sua memória jaz no esquecimento.’] e 1 Coríntios 15:16-20 [‘16 Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou. 17 E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados. 18 E ainda mais: os que dormiram em Cristo pereceram. 19 Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens. 20 Mas, de fato, Cristo ressuscitou dentre os mortos, sendo ele as primícias dos que dormem.’] nos ajudam a entender o que está em questão aqui?”1

Sexta-feira, 19 de junho de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Com interpretar as Escrituras Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 500, abr. mai. jun. 2020. Adulto, Professor. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s