Lidando com passagens bíblicas difíceis – Estudo adicional

Lições da Bíblia

Texto de Ellen G. White: Caminho a Cristo, p. 105-113 (“A Certeza da Vitória”); seção 8 do documento “Métodos de Estudo da Bíblia”, que pode ser encontrado em http://www.centrowhite.org.br/metodos-de-estudo-da-biblia.

“Na Bíblia, há muitos mistérios que o ser humano finito julga difíceis de compreender e que são muito profundos para explicarmos plenamente. Por isso, precisamos de humildade e disposição para aprender das Escrituras em espírito de oração. A fidelidade às Escrituras permite ao texto bíblico, mesmo que seu significado vá contra nossa natureza, dizer o que realmente diz. A fidelidade às Escrituras respeitará o texto em vez de alterá-lo, como alguns fazem, ou evitar seu verdadeiro significado.”1

“Quando a Palavra de Deus é aberta sem reverência e oração, quando os pensamentos e as afeições não estão centralizados em Deus nem em harmonia com Sua vontade, a mente fica obscurecida pelas dúvidas. O próprio estudo da Bíblia fortalece o ceticismo. O inimigo apodera-se dos pensamentos e sugere interpretações incorretas. Sempre que os homens não buscam, por palavras e atos, estar em harmonia com Deus, por mais preparados que sejam, estão sujeitos a errar em sua compreensão das Escrituras. Não é seguro confiar em suas explicações. Os que abrem as Escrituras para encontrar discrepâncias não têm conhecimento espiritual. Com visão distorcida, verão muitas razões para dúvida e descrença em coisas que são realmente claras e simples” (Ellen G. White, Caminho a Cristo, p. 111).1

Perguntas para consideração

“1. Por que as atitudes em relação à Bíblia são tão essenciais para uma compreensão adequada das Escrituras? Quais atitudes são cruciais para entendermos a Palavra?”1

“2. Por que não deveríamos nos surpreender ao encontrar na Bíblia assuntos difíceis de explicar e entender? Afinal, quantos temas do mundo natural são difíceis de entender? Até hoje, por exemplo, a água está repleta de mistérios.”1

“3. Como podemos responder à questão de Lucas 23:43, na qual (segundo a maioria das traduções) Jesus teria dito ao ladrão que ele estaria no Céu com o Senhor naquele dia? Quais são as maneiras sinceras de explicar esse texto? Textos como João 20:17 [‘Recomendou-lhe Jesus: Não me detenhas; porque ainda não subi para meu Pai, mas vai ter com os meus irmãos e dize-lhes: Subo para meu Pai e vosso Pai, para meu Deus e vosso Deus.’], Eclesiastes 9:5 [‘Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco terão eles recompensa, porque a sua memória jaz no esquecimento.’] e 1 Coríntios 15:16-20 [‘16 Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou. 17 E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados. 18 E ainda mais: os que dormiram em Cristo pereceram. 19 Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens. 20 Mas, de fato, Cristo ressuscitou dentre os mortos, sendo ele as primícias dos que dormem.’] nos ajudam a entender o que está em questão aqui?”1

Sexta-feira, 19 de junho de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Com interpretar as Escrituras Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 500, abr. mai. jun. 2020. Adulto, Professor. 

Abordagem bíblica e com espírito de oração

Lições da Bíblia

“5. Leia Atos 17:11; 8:35; 15:15, 16. O que os apóstolos e os membros da igreja primitiva fizeram quando foram confrontados com questões difíceis? Por que as Escrituras ainda são a melhor fonte para sua própria interpretação?”1

Atos 17:11 (ARA): “Ora, estes de Bereia eram mais nobres que os de Tessalônica; pois receberam a palavra com toda a avidez, examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de fato, assim.”

Atos 8:35 (ARA): “Então, Filipe explicou; e, começando por esta passagem da Escritura, anunciou-lhe a Jesus.”

Atos 15:15, 16 (ARA): “15 Conferem com isto as palavras dos profetas, como está escrito: 16 Cumpridas estas coisas, voltarei e reedificarei o tabernáculo caído de Davi; e, levantando-o de suas ruínas, restaurá-lo-ei.”

“A melhor solução para as dificuldades da Bíblia ainda se encontra na própria Bíblia. Lidamos melhor com os problemas bíblicos quando os estudamos à luz de todas as Escrituras, em vez de apenas lidarmos com um único texto isoladamente dos outros ou de toda a Palavra. Devemos, de fato, usar a Bíblia para compreender a própria Bíblia. Aprender a escavar as grandes verdades encontradas nas Escrituras é uma das coisas mais importantes que podemos fazer.”1

“Se você não entende uma passagem das Escrituras, tente reunir algum conhecimento de outras passagens bíblicas que tratam do mesmo assunto. Sempre busque encontrar declarações claras das Escrituras para esclarecer as passagens que são menos claras. Também é muito importante nunca obscurecer declarações inequívocas das Escrituras, trazendo a elas passagens difíceis de entender. Em vez de usar fontes extrabíblicas, a filosofia ou a ciência para explicar o significado da Bíblia, devemos permitir que o próprio texto das Escrituras nos revele seu significado.”1

“Dizem que, quando estamos ajoelhados, literalmente olhamos para as dificuldades de uma nova perspectiva, pois, em oração, sinalizamos que precisamos de ajuda divina para interpretar e compreender as Escrituras. Em oração, buscamos a iluminação de nossa mente por meio do mesmo Espírito Santo que inspirou os escritores bíblicos a escrever o que escreveram.”1

“Em oração, nossos motivos são revelados e podemos dizer a Deus por que desejamos entender o que lemos. Em oração, pedimos ao Senhor que abra nossos olhos para a Sua Palavra e nos dê um espírito disposto a seguir e praticar a Sua verdade (isso é fundamental!). Quando Deus nos guia mediante Seu Espírito Santo em resposta às nossas orações, Ele não contradiz o que revelou na Bíblia. Deus sempre estará em harmonia com a Bíblia. O Senhor confirmará o que Ele mesmo inspirou os escritores bíblicos a nos comunicar e edificará com base nesses escritos.”1

“Como a oração ajuda você a ter a atitude correta para compreender mais e obedecer à Palavra?”1

Peça a Deus a capacidade de ser fiel com alegria e generosidade.

Quinta-feira, 18 de junho de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Com interpretar as Escrituras Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 500, abr. mai. jun. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Abordagem sincera e cuidadosa

Lições da Bíblia

“Você já encontrou um texto ou conjunto de textos que achou difíceis de serem harmonizados com outros textos ou com a realidade em geral? É difícil imaginar que, em um momento ou outro, você não tenha enfrentado esse problema. A questão é: como você reagiu? Ou, ainda mais importante, como você deve reagir?”1

“2. Leia 1 Crônicas 29:17; Provérbios 2:7; 1 Timóteo 4:16. Como devemos lidar com passagens difíceis? Assinale a alternativa correta:”1

1 Crônicas 29:17 (ARA)2: “Bem sei, meu Deus, que tu provas os corações e que da sinceridade te agradas; eu também, na sinceridade de meu coração, dei voluntariamente todas estas coisas; acabo de ver com alegria que o teu povo, que se acha aqui, te faz ofertas voluntariamente.”

Provérbios 2:7 (ARA)2: “Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos; é escudo para os que caminham na sinceridade,”

1 Timóteo 4:16 (ARA)2: “Não te faças negligente para com o dom que há em ti, o qual te foi concedido mediante profecia, com a imposição das mãos do presbitério.”

A. ( ) De modo sincero, honesto e cuidadoso.
B. ( ) Defendendo de forma tendenciosa as nossas ideias.

Resposta sugestiva: Alternativa A.

“Somente quando somos sinceros podemos enfrentar as dificuldades de maneira adequada. A sinceridade nos resguarda de fugir de quaisquer dificuldades ou de tentar ocultá-las. A honestidade também nos impede de dar respostas superficiais, que realmente não suportam a um exame minucioso. Deus Se agrada da sinceridade e da integridade. Portanto, devemos imitar Seu caráter em tudo o que fazemos, mesmo no estudo da Bíblia.”1

“As pessoas sinceras lidam com as dificuldades da Bíblia de tal maneira que são cuidadosas em não apresentar informações fora do contexto, distorcer a verdade com linguagem tendenciosa nem enganar os outros por meio da manipulação de evidências. É muito melhor aguardar uma resposta sustentável para uma dificuldade do que tentar apresentar uma solução evasiva ou insatisfatória. Um efeito colateral positivo da sinceridade no estudo da Bíblia é que isso gera confiança, e a confiança está no cerne de todos os relacionamentos pessoais saudáveis. Ela convence as pessoas muito mais do que as respostas frágeis. É melhor afirmar não saber como responder à pergunta ou explicar com precisão o assunto do que tentar forçar o texto a dizer o que se quer que ele diga, o que leva a conclusões equivocadas.”1

“Pessoas cuidadosas desejam sinceramente conhecer a verdade da Palavra de Deus e, portanto, constantemente se certificam de que não chegaram a conclusões precipitadas com base em conhecimento limitado ou evidência frágil. Pessoas atenciosas decidem não negligenciar nenhum aspecto ou detalhe importante. Elas não são apressadas em seu raciocínio, mas meticulosas e diligentes em seu estudo da Palavra de Deus e de todas as informações relacionadas.”1

“O que você deve fazer em situações em que não entende completamente certo texto bíblico ou quando o assunto parece não se encaixar na sua compreensão da verdade?”1

Segunda-feira, 15 de junho de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Com interpretar as Escrituras Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 500, abr. mai. jun. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Lendo e ouvindo a Lei

Lições da Bíblia

“Esdras ‘trouxe a Lei’ para ler diante da assembleia. O que ele leu para eles? Somente os Dez Mandamentos repetidamente até o meio do dia? A referência ao livro da Lei deve ser entendida como os cinco livros de Moisés, de Gênesis a Deuteronômio, conhecidos como a Torá hebraica. O termo ‘Lei’, portanto, envolvia apenas uma parte do que foi incluído na leitura; seria melhor traduzi-lo como ‘instruções’ de Deus, que nos permitem conhecer o caminho que devemos trilhar a fim de não perder o alvo. Quando Esdras leu essas instruções, o grupo ouviu sua história como povo de Deus, começando com a criação até os dias de Josué. Mediante histórias, canções, poemas, bênçãos e leis, eles foram lembrados de suas lutas para obedecer a Deus e da fidelidade do Senhor. A Torá inclui a ‘Lei’, mas ela é mais do que isso; ela abrange a história do povo de Deus e revela especialmente Sua direção. Consequentemente, ela apresentou à comunidade suas raízes e identidade.”1

3. Leia Neemias 8:3; Deuteronômio 4:1; Deuteronômio 6:3, 4; Josué 1:9; Salmo 1:2; Provérbios 19:20; Ezequiel 37:4 e Mateus 17:5. Como devemos nos relacionar com a Palavra de Deus? Assinale a alternativa correta:”1

Neemias (8:3 ARA)2: “E leu no livro, diante da praça, que está fronteira à Porta das Águas, desde a alva até ao meio-dia, perante homens e mulheres e os que podiam entender; e todo o povo tinha os ouvidos atentos ao Livro da Lei.”

Deuteronômio (4:1 ARA)2: “Agora, pois, ó Israel, ouve os estatutos e os juízos que eu vos ensino, para os cumprirdes, para que vivais, e entreis, e possuais a terra que o Senhor, Deus de vossos pais, vos dá.”

Deuteronômio (6:3 ARA)2: “3 Ouve, pois, ó Israel, e atenta em os cumprires, para que bem te suceda, e muito te multipliques na terra que mana leite e mel, como te disse o Senhor, Deus de teus pais. 4 Ouve, Israel, o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor.”

Josué (1:9 ARA)2: “Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o Senhor, teu Deus, é contigo por onde quer que andares.”

Salmo (1:2 ARA)2: “Antes, o seu prazer está na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.”

Provérbios (19:20 ARA)2: “Ouve o conselho e recebe a instrução, para que sejas sábio nos teus dias por vir.”

Ezequiel (37:4 ARA)2: “Disse-me ele: Profetiza a estes ossos e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor.”

Mateus (17:5 ARA)2: “Falava ele ainda, quando uma nuvem luminosa os envolveu; e eis, vindo da nuvem, uma voz que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo; a ele ouvi.

A. (   ) Devemos usar a Palavra de Deus como um amuleto.
B. (   ) Devemos ouvir e cumprir as palavras escritas na Bíblia, pois assim teremos sucesso em nossa caminhada cristã.

Resposta sugestiva: Alternativa B.

“O fato de as pessoas desejarem ouvir a Palavra de Deus provavelmente era resultado da leitura e do ensino das Escrituras promovidos por Esdras desde a sua chegada a Jerusalém, cerca de 13 anos antes. Ele era dedicado à obra de Deus e determinado a fazer a diferença. A Palavra do Senhor se tornava real para os israelitas à medida que eles continuavam ­ouvindo-a por meio de Esdras. Como resultado, o povo tomou uma decisão consciente de ouvir e obedecer, pois estava interessado em saber mais a respeito de Deus. Portanto, nessa ocasião, eles se aproximaram da Torá com reverência e desejo de aprender.”1

“Fartar-nos da Palavra faz surgir em nossa vida um anseio mais profundo por Deus.”1

“Como você se relaciona com a Palavra de Deus? Ou seja, embora afirme acreditar nela, como essa afirmação se manifesta em sua vida? De que modo você busca obedecer ao que ela ensina? Sua vida seria muito diferente se você não obedecesse à Bíblia?”1

Segunda-feira, 04 de novembro de 2019. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Esdras e Neemias. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 498, out. nov. dez. 2019. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Estudo da Bíblia e comunhão

Lições da Bíblia

“5.Leia Atos 2:42. Quais eram alguns elementos da adoração cristã primitiva? Complete as lacunas:”1

E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações” (At 2:42).

“‘E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão’ (At 2:42). Desde os primórdios da igreja, a adoração tem sido caracterizada pela centralidade do estudo da Palavra de Deus, que nos foi dada pelos apóstolos e profetas. Os primeiros cristãos foram fiéis ao que as Escrituras revelam sobre Jesus, o Messias. Eles estavam em constante comunhão a fim de compartilhar entre si as bênçãos que Deus lhes tinha dado e se encorajarem mutuamente em sua caminhada espiritual. Na Palavra de Deus, eles extraíram as verdades sagradas que se tornaram o fundamento de sua mensagem ao mundo.”1

“6. O que as seguintes passagens declaram sobre a importância de estudar a Palavra de Deus em comunhão com outros cristãos?”1

2Rs 22:8-13 “8 Então, disse o sumo sacerdote Hilquias ao escrivão Safã: Achei o Livro da Lei na Casa do SENHOR. Hilquias entregou o livro a Safã, e este o leu. 9 Então, o escrivão Safã veio ter com o rei e lhe deu relatório, dizendo: Teus servos contaram o dinheiro que se achou na casa e o entregaram nas mãos dos que dirigem a obra e têm a seu cargo a Casa do SENHOR. 10 Relatou mais o escrivão Safã ao rei, dizendo: O sacerdote Hilquias me entregou um livro. E Safã o leu diante do rei. 11 Tendo o rei ouvido as palavras do Livro da Lei, rasgou as suas vestes. 12 Ordenou o rei a Hilquias, o sacerdote, a Aicão, filho de Safã, a Acbor, filho de Micaías, a Safã, o escrivão, e a Asaías, servo do rei, dizendo: 13 Ide e consultai o SENHOR por mim, pelo povo e por todo o Judá, acerca das palavras deste livro que se achou; porque grande é o furor do SENHOR que se acendeu contra nós, porquanto nossos pais não deram ouvidos às palavras deste livro, para fazerem segundo tudo quanto de nós está escrito.

At 17:10, 11 “10 E logo, durante a noite, os irmãos enviaram Paulo e Silas para Beréia; ali chegados, dirigiram-se à sinagoga dos judeus. 11 Ora, estes de Beréia eram mais nobres que os de Tessalônica; pois receberam a palavra com toda a avidez, examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de fato, assim.

2Tm 3:14-17 “14 Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste e de que foste inteirado, sabendo de quem o aprendeste 15 e que, desde a infância, sabes as sagradas letras, que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus. 16 Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, 17 a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.

“‘Onde quer que as verdades do evangelho sejam proclamadas, os que honestamente desejam proceder com retidão serão levados a exame diligente das Escrituras. Se, nas cenas finais da história da Terra, aqueles a quem são proclamadas verdades decisivas seguissem o exemplo dos bereanos, examinando diariamente as Escrituras, e comparando com a Palavra de Deus as mensagens a eles levadas, haveria hoje grande número de pessoas leais aos preceitos da lei de Deus, onde agora existem relativamente poucos’ (Ellen G. White, Atos dos Apóstolos, p. 232).”1

“Somos um povo unido em virtude das verdades que proclamamos, encontradas na Palavra de Deus. Foi assim com a igreja de Deus nos tempos primitivos, e assim é com a igreja hoje. O estudo da Bíblia constitui o centro da nossa adoração ao Senhor e da nossa unidade como povo chamado a proclamar as três mensagens angélicas ao mundo. Quando nos reunimos como uma família para comunhão e adoração, as Escrituras nos falam as palavras de Deus para guiar nossa vida na preparação para a missão e para a segunda vinda de Jesus.”1

“Suas crenças estão firmemente fundamentadas na Bíblia? Assim como os três jovens hebreus, você está firme o suficiente para permanecer fiel diante da morte?”1

Quarta-feira, 12 de dezembro de 2018. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Unidade em Cristo. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 494, out. nov. dez. 2018. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.