Por que a interpretação é importante?

Lições da Bíblia

“5. Leia Neemias 8:1-3, 8. Por que uma compreensão clara das Escrituras é tão importante para nós, não apenas como indivíduos, mas como igreja? Assinale a alternativa correta:”1

Neemias 8:1-3, 8 (ARA)2: “1 Em chegando o sétimo mês, e estando os filhos de Israel nas suas cidades, todo o povo se ajuntou como um só homem, na praça, diante da Porta das Águas; e disseram a Esdras, o escriba, que trouxesse o Livro da Lei de Moisés, que o Senhor tinha prescrito a Israel. 2 Esdras, o sacerdote, trouxe a Lei perante a congregação, tanto de homens como de mulheres e de todos os que eram capazes de entender o que ouviam. Era o primeiro dia do sétimo mês. 3 E leu no livro, diante da praça, que está fronteira à Porta das Águas, desde a alva até ao meio-dia, perante homens e mulheres e os que podiam entender; e todo o povo tinha os ouvidos atentos ao Livro da Lei. […] 8 Leram no livro, na Lei de Deus, claramente, dando explicações, de maneira que entendessem o que se lia.”

A.( ) Porque agiremos com segurança se compreendermos a Palavra do Senhor.
B.( ) Porque uma compreensão das Escrituras nos torna infalíveis.

Resposta sugestiva: Alternativa A.

“O assunto mais importante da Bíblia é a salvação e a maneira pela qual somos salvos. Afinal, o que mais importa a longo prazo? Como o próprio Jesus perguntou, de que adianta ganhar tudo o que o mundo oferece e perder nossa alma? (Mt 16:26).”1

“Mas saber o que a Bíblia ensina sobre a salvação depende muito da interpretação. Se abordamos e interpretamos a Bíblia de maneira equivocada, provavelmente chegaremos a conclusões falsas, não apenas no entendimento da salvação, mas em tudo o que a Bíblia ensina. Na verdade, mesmo nos dias dos apóstolos, o erro teológico já havia se infiltrado na igreja, evidentemente sustentado por falsas interpretações das Escrituras.”1

“6. Leia 2 Pedro 3:15, 16. Por que é importante uma leitura correta das Escrituras?”1

2 Pedro 3:15, 16 (ARA): “15 e tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor, como igualmente o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada, 16 ao falar acerca destes assuntos, como, de fato, costuma fazer em todas as suas epístolas, nas quais há certas coisas difíceis de entender, que os ignorantes e instáveis deturpam, como também deturpam as demais Escrituras, para a própria destruição deles.”

“De fato, se somos um povo do ‘Livro’, que deseja viver unicamente pela Bíblia, e não temos outras fontes autoritativas como a tradição, os credos nem a autoridade de ensino da igreja para interpretar a Bíblia para nós, então a hermenêutica correta das Escrituras é muito importante, pois temos somente a Bíblia para nos dizer em que devemos crer e como devemos viver.”1

“A interpretação das Escrituras é um assunto vital à saúde teológica e missiológica da igreja. Sem uma interpretação correta da Bíblia, não pode haver unidade na doutrina e no ensino e, portanto, nenhuma unidade na igreja e em nossa missão. Uma teologia precária e distorcida inevitavelmente leva a uma missão deficiente e distorcida. Afinal, se temos uma mensagem para dar ao mundo, mas estamos confusos sobre seu significado, com que eficiência poderemos apresentar essa mensagem àqueles que precisam ouvi-la?”1

Leia as três mensagens angélicas de Apocalipse 14:6-12 [“6 Vi outro anjo voando pelo meio do céu, tendo um evangelho eterno para pregar aos que se assentam sobre a terra, e a cada nação, e tribo, e língua, e povo, 7 dizendo, em grande voz: Temei a Deus e dai-lhe glória, pois é chegada a hora do seu juízo; e adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas. 8 Seguiu-se outro anjo, o segundo, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia que tem dado a beber a todas as nações do vinho da fúria da sua prostituição. 9 Seguiu-se a estes outro anjo, o terceiro, dizendo, em grande voz: Se alguém adora a besta e a sua imagem e recebe a sua marca na fronte ou sobre a mão, 10 também esse beberá do vinho da cólera de Deus, preparado, sem mistura, do cálice da sua ira, e será atormentado com fogo e enxofre, diante dos santos anjos e na presença do Cordeiro. 11 A fumaça do seu tormento sobe pelos séculos dos séculos, e não têm descanso algum, nem de dia nem de noite, os adoradores da besta e da sua imagem e quem quer que receba a marca do seu nome. 12 Aqui está a perseverança dos santos, os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus.”]. Quais são as questões teológicas nessa passagem e por que uma compreensão correta delas é tão importante para a nossa missão?

Quinta-feira, 07 de maio de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Com interpretar as Escrituras Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 500, abr. mai. jun. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s