Preparando-se para a velhice

Lições da Bíblia

“Leia o salmo 90:10 [‘Os dias da nossa vida sobem a setenta anos ou, em havendo vigor, a oitenta; neste caso, o melhor deles é canseira e enfado, porque tudo passa rapidamente, e nós voamos.’]2. Essas palavras de Moisés nos lembram da inevitável passagem do tempo. Conforme os anos vêm e vão, começamos a ver e a sentir mudanças em nosso corpo. Nosso cabelo fica grisalho ou cai, começamos a desacelerar, e dores tornam-se nossa companhia diária. Se somos casados e temos filhos, nossos filhos podem ter seus próprios filhos, e então podemos aproveitar a companhia dos nossos netos. As fases anteriores da vida nos ajudam a nos preparar para a última.”1

“5. Leia o Salmo 71. O que esse salmo nos ensina sobre a preparação para a velhice e sobre a vida em geral?”1

Salmo (71 ARA)2: “1 Em ti, SENHOR, me refugio; não seja eu jamais envergonhado. 2 Livra-me por tua justiça e resgata-me; inclina-me os ouvidos e salva-me. 3 Sê tu para mim uma rocha habitável em que sempre me acolha; ordenaste que eu me salve, pois tu és a minha rocha e a minha fortaleza. 4 Livra-me, Deus meu, das mãos do ímpio, das garras do homem injusto e cruel. 5 Pois tu és a minha esperança, SENHOR Deus, a minha confiança desde a minha mocidade. 6 Em ti me tenho apoiado desde o meu nascimento; do ventre materno tu me tiraste, tu és motivo para os meus louvores constantemente. 7 Para muitos sou como um portento, mas tu és o meu forte refúgio. 8 Os meus lábios estão cheios do teu louvor e da tua glória continuamente. 9 Não me rejeites na minha velhice; quando me faltarem as forças, não me desampares. 10 Pois falam contra mim os meus inimigos; e os que me espreitam a alma consultam reunidos, 11 dizendo: Deus o desamparou; persegui-o e prendei-o, pois não há quem o livre. 12 Não te ausentes de mim, ó Deus; Deus meu, apressa-te em socorrer-me. 13 Sejam envergonhados e consumidos os que são adversários de minha alma; cubram-se de opróbrio e de vexame os que procuram o mal contra mim. 14 Quanto a mim, esperarei sempre e te louvarei mais e mais. 15 A minha boca relatará a tua justiça e de contínuo os feitos da tua salvação, ainda que eu não saiba o seu número. 16 Sinto-me na força do SENHOR Deus; e rememoro a tua justiça, a tua somente. 17 Tu me tens ensinado, ó Deus, desde a minha mocidade; e até agora tenho anunciado as tuas maravilhas. 18 Não me desampares, pois, ó Deus, até à minha velhice e às cãs; até que eu tenha declarado à presente geração a tua força e às vindouras o teu poder. 19 Ora, a tua justiça, ó Deus, se eleva até aos céus. Grandes coisas tens feito, ó Deus; quem é semelhante a ti? 20 Tu, que me tens feito ver muitas angústias e males, me restaurarás ainda a vida e de novo me tirarás dos abismos da terra. 21 Aumenta a minha grandeza, conforta-me novamente. 22 Eu também te louvo com a lira, celebro a tua verdade, ó meu Deus; cantar-te-ei salmos na harpa, ó Santo de Israel. 23 Os meus lábios exultarão quando eu te salmodiar; também exultará a minha alma, que remiste. 24 Igualmente a minha língua celebrará a tua justiça todo o dia; pois estão envergonhados e confundidos os que procuram o mal contra mim.

“O salmo 71 retrata uma pessoa idosa que vivencia os desafios inerentes à vida, mas que é feliz porque desde o princípio depositou sua confiança em Deus. A melhor maneira de envelhecer é confiar Nele enquanto ainda somos jovens. Em termos gerais, o autor desse salmo compartilhou três lições importantes que ele aprendeu ao caminhar para essa fase da vida. De acordo com ele, precisamos desenvolver:”1

“1. Conhecimento profundo e pessoal de Deus. Desde a sua juventude (Sl 71:17), Deus havia sido o seu forte refúgio (v. 1, 7), seu Salvador (v. 2), sua rocha e fortaleza (v. 3), sua esperança e confiança (v. 5). Ele falou das maravilhas de Deus (v. 16, 17), de Sua força e poder (v. 18), e de todas as grandes coisas que Ele fez (v. 19). Por fim, ele bradou: ‘Grandes coisas tens feito, Ó Deus; quem é semelhante a Ti?’ (v. 19). Essas conversas diárias com Deus, ao estudarmos a Sua Palavra e ao pararmos para refletir sobre tudo o que Ele faz por nós, aprofundarão nossa experiência com Ele.”1

“2. Bons hábitos. Boa alimentação, exercício, água, luz solar, descanso, etc. Esses recursos nos ajudarão a desfrutar de uma vida mais longa e melhor. Considere, de maneira especial, a referência do salmista aos hábitos de confiar (Sl 71:3), louvar (Sl 71:6) e esperar (Sl 71:14).”1

“3. Paixão e entusiasmo pela missão de Deus. A pessoa desse salmo não aguardava com ansiedade para estar ociosa em sua velhice. Mesmo em seu recolhimento ou ‘aposentadoria’ queria continuar louvando a Deus (Sl 71:8) e contando a outros sobre Ele (Sl 71:15-18).”1

“Quais são alguns benefícios de envelhecer? Você pode compartilhar algo que sabe hoje, mas que não sabia quando era mais jovem?”1

Quarta-feira, 17 de abril de 2019. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Estações da vida. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 496, abr. maio. jun. 2019. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s