O concílio de Jerusalém – Estudo adicional

Lições da Bíblia

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

Estudo adicional

“‘Em geral, os conversos judeus não estavam dispostos a mudar na mesma velocidade em que a providência de Deus abria o caminho. Do resultado do trabalho dos apóstolos entre os pagãos, ficou evidente que o número dos conversos gentios seria bem maior que o dos conversos judeus. Os judeus temiam que, se as restrições e cerimônias de sua lei não se tornassem obrigatórias aos não judeus como condição para serem membros da igreja, as peculiaridades da nação judaica, que até então os haviam mantido como um povo distinto de todos os outros povos, acabariam desaparecendo dentre os que recebiam a mensagem do evangelho’ (Ellen G. White, Atos dos Apóstolos, p. 189).”1

“Vivendo nas imediações do templo, os cristãos judeus tinham, naturalmente, a atenção voltada aos privilégios peculiares dos judeus como nação. Quando viram a igreja cristã se afastando das cerimônias e tradições do judaísmo e perceberam que a peculiar santidade que revestia os costumes judaicos seria logo perdida de vista à luz da nova fé, muitos se indignaram com Paulo, entendendo que ele era a pessoa que, em grande medida, havia provocado essa mudança. Até mesmo os discípulos não estavam todos preparados para aceitar de boa vontade a decisão do concílio. Alguns eram zelosos com relação à lei cerimonial, e discordavam de Paulo, pois achavam que seus princípios referentes às obrigações da lei judaica não eram firmes” (Ibid., p. 197).”1

Perguntas para discussão

“1. Como entender o fato de que pertencer à “igreja certa” não garante a salvação? Por exemplo, certamente o antigo Israel era o povo escolhido, mas isso não significa que todos nele foram salvos. Se estar na igreja verdadeira não garante a salvação, então, qual é a vantagem de fazer parte dela?”1

“2. Aceitar gentios incircuncisos na comunidade de fé foi uma das primeiras questões administrativas mais importantes enfrentadas pela igreja primitiva. Existem problemas similares em nossa igreja hoje? Como o exemplo de Atos 15 nos ensina a lidar com eles?”1

“3. Peça que alguns alunos assumam a posição dos judeus que insistiam que os gentios se tornassem prosélitos judeus antes de se unirem à igreja, que era vista (e com razão) como uma extensão das promessas da aliança feitas a Israel. Quais seriam os argumentos deles e como você poderia respondê-los? Por que problemas que hoje parecem tão claros poderiam, em um momento diferente, ter sido muito mais difíceis do que parecem hoje?”1

Sexta-feira, 24 de agosto de 2018. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. O livro de Atos dos Apóstolos. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 493, jul. ago. set. 2018. Adulto, Professor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s