Os primeiros líderes da igreja – Estudo adicional

Lições da Bíblia
Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

Estudo adicional

“‘A perseguição que sobreveio à igreja de Jerusalém resultou em grande impulso para a obra do evangelho. O êxito havia acompanhado o ministério da Palavra nesse lugar, e havia o perigo de que os discípulos ali se demorassem por muito tempo, despreocupados em relação à comissão que haviam recebido do Salvador de ir a todo o mundo. Esquecidos de que a força para resistir ao mal é melhor obtida pelo trabalho intenso, começaram a pensar que não havia para eles trabalho tão importante como o de proteger a igreja de Jerusalém dos ataques do inimigo. Em lugar de instruir os novos conversos para levarem o evangelho aos que ainda não o haviam ouvido, estavam em perigo de tomar um caminho que os levaria a se sentirem satisfeitos com o que já tinha sido alcançado. A fim de espalhar Seus representantes por outras partes do mundo, de maneira que pudessem trabalhar por seus semelhantes, Deus permitiu que lhes sobreviesse a perseguição. Expulsos de Jerusalém, os crentes ‘iam por toda parte pregando a Palavra’ (At 8:4; Ellen G. White, Atos dos Apóstolos, p. 105).”1

Perguntas para discussão

“1. Leia atentamente a citação de Ellen G. White acima sobre os perigos que a igreja primitiva enfrentou em relação à satisfação consigo mesma e com o que havia sido realizado por meio dela. Algo que aprendemos com isso é que, contrariamente às noções populares, muitos judeus aceitaram Jesus como o Messias. Ainda mais importante, essa história serve de advertência para o povo de Deus hoje. Como podemos ter certeza de que não estamos concentrados demais em proteger o que já temos, ao contrário de fazer o que realmente deveríamos fazer – alcançar o mundo?”1

“2. Na época dos apóstolos, as relações entre judeus e samaritanos eram marcadas por séculos de violenta hostilidade. Filipe, um judeu helenista, testemunhou de Jesus em Samaria. O que isso nos ensina? Como adventistas do sétimo dia, não estamos imunes aos preconceitos culturais e étnicos. O que a cruz nos ensina sobre o fato de que somos todos iguais diante de Deus? O que a universalidade da morte de Cristo nos ensina sobre o valor infinito de todo ser humano?”1

“3. Como Filipe abordou o etíope (At 8:27-30)? Como podemos estar mais abertos às oportunidades de compartilhar o evangelho com os outros?”1

“4. Os ensinamentos de Atos 6–8 nos ajudam a cumprir a missão de maneira mais eficaz?”1

Sexta-feira, 27 de julho de 2018. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. O livro de Atos dos Apóstolos. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 493, jul. ago. set. 2018. Adulto, Professor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s