A promessa

Lições da Bíblia

“Hoje faz 500 anos que Martinho Lutero pendurou suas 95 teses na porta da igreja de Wittenberg. É maravilhoso o fato de que o assunto de hoje também aborda a essência da salvação pela fé.”1

“Em Romanos 4:13, ‘promessa’ e ‘lei’ são contrastadas. Paulo estava buscando estabelecer um pano de fundo do Antigo Testamento para seu ensino da justificação pela fé. Ele encontrou um exemplo em Abraão, a quem todos os judeus aceitavam como antepassado deles. A aceitação ou a justificação havia ocorrido para Abraão completamente à parte da lei. Deus fez uma promessa a Abraão de que ele seria ‘herdeiro do mundo’. Abraão creu nessa promessa; ou seja, ele aceitou a função que ela envolvia. Como resultado, Deus o aceitou e trabalhou por meio dele para salvar o mundo. Esse é um exemplo poderoso de como a graça atuava no Antigo Testamento e, sem dúvida, foi por isso que Paulo o usou.”1

“4. Leia Romanos 4:14-17. De que maneira Paulo continuou mostrando como a salvação pela fé era central no Antigo Testamento? Veja também Gl 3:7-9.”1

Romanos (4:17-17 ARA)2: “14 Pois, se os da lei é que são os herdeiros, anula-se a fé e cancela-se a promessa, 15 porque a lei suscita a ira; mas onde não há lei, também não há transgressão. 16 Essa é a razão por que provém da fé, para que seja segundo a graça, a fim de que seja firme a promessa para toda a descendência, não somente ao que está no regime da lei, mas também ao que é da fé que teve Abraão (porque Abraão é pai de todos nós, 17 como está escrito: Por pai de muitas nações te constituí.), perante aquele no qual creu, o Deus que vivifica os mortos e chama à existência as coisas que não existem.

Gálatas (3:7-9 ARA)2: “Sabei, pois, que os da fé é que são filhos de Abraão. 8 Ora, tendo a Escritura previsto que Deus justificaria pela fé os gentios, preanunciou o evangelho a Abraão: Em ti, serão abençoados todos os povos. 9 De modo que os da fé são abençoados com o crente Abraão.

“Como dissemos no início, é importante considerar as pessoas para quem Paulo estava escrevendo. Esses cristãos judeus estavam imersos na lei do Antigo Testamento, e muitos deles acreditavam que sua salvação dependia de quão bem eles guardassem a lei, embora o Antigo Testamento não ensinasse isso.”1

“Na tentativa de corrigir esse equívoco, Paulo argumentou que Abraão recebeu as promessas mesmo antes da lei no Sinai, não pelas obras da lei (o que teria sido difícil, uma vez que a lei – isto é, toda a Torá e o sistema cerimonial – ainda não estavam em vigor), mas pela fé.”1

“Se Paulo estivesse se referindo exclusivamente à lei moral ali, a que existia em princípio mesmo antes do Sinai, o argumento permanece o mesmo. Talvez ainda mais! Buscar receber as promessas de Deus por meio da lei, ele disse, torna a fé vazia, até inútil. Essas são palavras fortes, mas seu argumento foi que a fé salva, e a lei condena. Ele estava tentando ensinar sobre a inutilidade de buscar a salvação mediante a mesma coisa que nos leva à condenação. Todos nós, judeus e gentios, transgredimos a lei e, portanto, todos necessitamos da mesma coisa de que Abraão necessitou: a justiça salvadora de Jesus creditada a nós pela fé, a verdade que por fim levou à Reforma Protestante.”1

Terça-feira, 31 de outubro de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da escola sabatina. Salvação somente pela fé: o livro de Romanos. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 490, Out. Nov. Dez. 2017. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s