Buscando a glória na carne

Lições da Bíblia

“2. Leia Gálatas 6:12, 13. O que Paulo disse nesses versos?”1

 Gálatas (6:12, 13 ARA)2: “12 Todos os que querem ostentar-se na carne, esses vos constrangem a vos circuncidardes, somente para não serem perseguidos por causa da cruz de Cristo. 13 Pois nem mesmo aqueles que se deixam circuncidar guardam a lei; antes, querem que vos circuncideis, para se gloriarem na vossa carne.1

“Embora Paulo tivesse sugerido anteriormente os objetivos e a motivação de seus adversários (Gl 1:7; 4:17), suas observações em Gálatas 6:12, 13 foram os primeiros comentários explícitos que ele fez sobre seus oponentes. Ele os descreveu como pessoas que queriam ‘ostentar-se na carne’. A expressão ‘ostentar-se’ em grego significa literalmente colocar ‘uma boa face’. De fato, a palavra para ‘face’, em grego, é a mesma palavra para designar a máscara de um ator, e essa palavra foi usada igualmente em sentido figurado para se referir ao papel desempenhado por um ator. Em outras palavras, Paulo estava dizendo que essas pessoas eram como atores buscando a aprovação de uma plateia. Em uma cultura fundamentada na honra e na vergonha, a conformidade era essencial, e os que ensinavam os erros pareciam estar buscando aumentar seu grau de honra diante dos seus companheiros judeus na Galácia e dos outros cristãos judeus de Jerusalém.”1

“Paulo apresentou um ponto importante sobre um dos motivos deles: o desejo de evitar a perseguição. Embora a perseguição possa certamente ser entendida em suas formas mais dramáticas, envolvendo violência física, ela poderia ser igualmente prejudicial, mesmo em suas formas mais ‘leves’ de assédio e exclusão. Paulo e outros judeus fanáticos na Judeia, no passado, haviam realizado o primeiro tipo, a violência física (Gl 1:13), mas a segunda forma também teve seu efeito sobre os cristãos.”1

“Os líderes religiosos judeus ainda tinham uma significativa influência política em muitas regiões. Eles tinham a aprovação oficial de Roma; por isso, muitos cristãos judeus estavam desejosos de manter boas relações com eles. Circuncidando os gentios e ensinando-lhes a observar a Torá, os perturbadores da Galácia poderiam encontrar um ponto comum com os judeus locais. Isso não apenas lhes permitiria manter contato amistoso com as sinagogas, mas eles também poderiam até reforçar seus laços com os cristãos judeus em Jerusalém, que tinham uma desconfiança crescente acerca da obra que estava sendo feita entre os gentios (At 21:20, 21). Em certo sentido, suas ações também poderiam tornar mais eficaz seu testemunho aos judeus.”1

“Independentemente da situação que Paulo tinha em mente, seu pensamento era claro: ‘Todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos’ (2Tm 3:12).”1

“Pense nas razões que essas pessoas tiveram para ensinar seus erros. Parecia bastante razoável, considerando todas as coisas. Será que até mesmo os ‘melhores’ motivos não podem nos desviar do caminho, se não tivermos cuidado? Você já fez coisas erradas pelos motivos certos?”1

Segunda-feira, 25 de setembro de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 COSAERT, Carl. O evangelho em Gálatas. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 489, Jul. Ago. Set. 2017. Adulto, Professor.
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s