Levando as cargas uns dos outros (Gl 6:2-5)

Lições da Bíblia

“3. Além de restaurar os caídos, quais outras práticas os Gálatas deviam seguir? Gl 6:2-5; Rm 15:1; Mt 7:12”1

Gálatas (6:2-5 ARA)2: “2 Levai as cargas uns dos outros e, assim, cumprireis a lei de Cristo. 3 Porque, se alguém julga ser alguma coisa, não sendo nada, a si mesmo se engana. 4 Mas prove cada um o seu labor e, então, terá motivo de gloriar-se unicamente em si e não em outro. 5 Porque cada um levará o seu próprio fardo.” Romanos (15:1 ARA)2: “Ora, nós que somos fortes devemos suportar as debilidades dos fracos e não agradar-nos a nós mesmos.”. Mateus (7:12 ARA)2: “Tudo quanto, pois, quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles; porque esta é a Lei e os Profetas.”.

“A palavra grega traduzida como ‘carga’ em Gálatas 6:5 é baros. Ela se referia literalmente a um grande peso ou carga que alguém tinha que carregar por uma longa distância. Com o passar do tempo, no entanto, ela se tornou uma metáfora para qualquer tipo de problema ou dificuldade, como o fardo de uma longa jornada de trabalho em um dia quente (Mt 20:12). Embora o contexto imediato da ordem de Paulo de ‘[levar] as cargas uns dos outros’ certamente incluísse as falhas morais dos irmãos mencionadas no verso anterior, o conceito de carregar os fardos, que ele tinha em mente, era muito mais amplo. A orientação de Paulo revela várias noções espirituais sobre a vida cristã que não devem ser negligenciadas.”1

Primeiramente, como observou Timothy George, ‘todos os cristãos têm fardos. Nossos fardos podem ser diferentes em tamanho e forma e podem ser de natureza variada, dependendo da ordem providencial de nossa vida. Para alguns, é o fardo da tentação e as consequências de uma falha moral, como está em Gálatas 6:1. Para outros, pode ser doença física, distúrbio mental, crise familiar, falta de emprego, opressão demoníaca ou uma série de outras coisas; mas nenhum cristão está isento de fardos’ (Galatians [Gálatas], p. 413).”1

“Em segundo lugar, Deus não pretende que carreguemos sozinhos todos os nossos fardos. Infelizmente, muitas vezes estamos muito mais dispostos a ajudar os outros a levar seus fardos do que a permitir que os outros nos ajudem a carregar os nossos. Paulo condenou essa atitude de autossuficiência (Gl 6:3) como orgulho humano, quando nos recusamos a admitir que também temos necessidades e fraquezas. Esse orgulho não apenas nos priva do conforto dos outros, mas também impede os outros de cumprir o ministério que Deus os chamou a realizar.”1

Finalmente, é por meio de nossas ações que o conforto de Deus se manifesta. Esse conceito está fundamentado no fato de que a Igreja é o corpo de Cristo. Um exemplo disso está nas palavras de Paulo: ‘Porém Deus, que conforta os abatidos, nos consolou com a chegada de Tito’ (2Co 7:6). Observe que ‘o consolo divino não foi dado a Paulo na sua oração pessoal e espera pelo Senhor, mas por meio da companhia de um amigo e pelas boas notícias que ele trouxe’.”1

“‘A amizade humana, na qual levamos as cargas uns dos outros, faz parte do propósito de Deus para Seu povo’ (John R. W. Stott, The Message of Galatians [Mensagem aos Gálatas], p. 158).”1

“O que impede você de procurar ajuda? Seria orgulho, vergonha, ou senso de autossuficiência? Por que não procurar alguém de confiança para compartilhar seus fardos?”1

Terça-feira, 19 de setembro de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 COSAERT, Carl. O evangelho em Gálatas. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 489, Jul. Ago. Set. 2017. Adulto, Professor.
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s