Mil anos como um dia

Lições da Bíblia

“3. Como Pedro refutou o argumento dos escarnecedores? (Veja 2Pe 3:8-10). Como suas palavras ajudam a entender por que Cristo ainda não voltou? Complete as lacunas:”1

Há, todavia, uma coisa, amados, que não deveis esquecer: que, para o Senhor, um dia é como mil anos, e mil anos, como um dia. Não retarda o Senhor a Sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, Ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento 10 Virá, entretanto, como ladrão, o Dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão atingidas.” (2 Pedro 3:8-10 ARA)2.

“Pedro refutou a questão da natureza imutável do mundo. Ele lembrou a seus leitores que não é verdade que o mundo continua inalterado desde a criação. (Note como Pedro recorreu novamente à Palavra de Deus como sua fonte e autoridade.) Houve um tempo de grande iniquidade e, por causa dela, Deus destruiu o mundo com uma inundação (2Pe 3:6). O Dilúvio provocou uma grande mudança na Terra, que permanece até hoje. Pedro, em seguida, afirmou que a próxima destruição não seria pela água, mas pelo fogo (2Pe 3:10).”1

“Pedro declarou também que ‘para o Senhor, um dia é como mil anos, e mil anos, como um dia’ (2Pe 3:8). Ao escrever isso, é possível que ele estivesse meditando no Salmo 90:4: ‘Mil anos, aos Teus olhos, são como o dia de ontem que se foi e como a vigília da noite.’ Em outras palavras, nossa concepção de tempo não é como a de Deus. Portanto, é preciso ter cuidado com nossa maneira de julgar e entender o tempo.”1

“Em uma perspectiva humana, pode parecer que Cristo esteja demorando para voltar. No entanto, enxergamos as coisas apenas a partir da nossa visão limitada. Na perspectiva de Deus, não há demora. Na verdade, Pedro disse que o Senhor tem concedido mais tempo, pois está demonstrando Sua paciência. Ele não deseja que ninguém pereça (2Pe 3:9). Esse tempo extra é para que todos tenham a oportunidade de se arrepender.”1

“Porém, Pedro alertou que a paciência de Deus não deve ser tomada como oportunidade para adiar a decisão de aceitar Jesus. O dia do Senhor virá inesperadamente, como um ladrão à noite. Aquele que vem à noite para roubar provavelmente espera escapar sem ser notado. Entretanto, ainda que o dia do Senhor venha como um ladrão, ele certamente será percebido. Conforme disse Pedro, ‘os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados’ (2Pe 3:10). Sua mensagem é como a de Paulo: ‘Eis, agora, o tempo sobremodo oportuno, eis, agora, o dia da salvação’ (2Co 6:2).”1

Terça-feira, 13 de junho de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
MCLVER, Robert K. Apascenta as Minhas ovelhas: 1 e 2 Pedro. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 488, Abr. Mai. Jun. 2017. Adulto, Professor.
BIBLÍA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s