Os escarnecedores

Lições da Bíblia

“Depois de lembrar seus leitores ‘das palavras que, anteriormente, foram ditas pelos santos profetas, bem como do mandamento do Senhor e Salvador, ensinado’ pelos apóstolos (2Pe 3:2), Pedro passou a adverti-los de maneira específica sobre os escarnecedores. Conhecendo os riscos de sua advertência, o apóstolo recorreu à autoridade das Escrituras.”1

“2. Leia 2 Pedro 3:3, 4. Qual é o argumento dos céticos quanto ao retorno de Cristo? Assinale ‘V’ para verdadeiro ou ‘F’ para falso:”1

“3 tendo em conta, antes de tudo, que, nos últimos dias, virão escarnecedores com os seus escárnios, andando segundo as próprias paixões 4 e dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? Porque, desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação.” (2 Pedro 3:3, 4 ARA)2.

A. ( ) A promessa da vinda de Cristo é falsa, pois Seu sacrifício não foi aceito pelo Pai.
B. ( ) Jesus está demorando para vir buscar Seus filhos.
C. ( ) Cristo não ressuscitou. Por isso, Ele não voltará.

Resposta sugestiva: Alternativa F; V; F.

“Havia uma semelhança importante entre aqueles que promoviam a falsa liberdade e os que expressavam ceticismo em relação à segunda vinda de Jesus. O primeiro grupo, ‘seguindo a carne’, andava ‘em imundas paixões’ (2Pe 2:10); enquanto isso, os que negavam o retorno de Cristo andavam ‘segundo as suas próprias paixões’ (2Pe 3:3).”1

“Não é apenas uma coincidência o fato de que as paixões pecaminosas levam a falsos ensinamentos, não é mesmo?”1

“Pedro alertou que os escarnecedores fariam uma pergunta incisiva: ‘Onde está a promessa da Sua vinda?’ (2Pe 3:4). Ao fazer essa pergunta, eles desafiariam uma crença cristã existente há muito tempo: a da breve volta de Jesus à Terra. Afinal de contas, especialmente porque Pedro estava falando sobre os últimos dias, esses escarnecedores apresentariam a realidade inegável de que muitos cristãos haviam morrido, e as coisas, de fato, continuavam do mesmo jeito que sempre estiveram.”1

“Superficialmente, essa não era uma pergunta ilógica. Ellen G. White escreveu que até o santo Enoque ficou perturbado, pois viu que o justo e o ímpio ‘iriam para o pó juntamente, e que esse seria seu fim’ (Patriarcas e Profetas, p. 85). Se até Enoque, que viveu antes do Dilúvio, lutou com essa pergunta, quanto mais aqueles que viveram durante os milhares de anos depois e os que viveriam nos ‘últimos dias’?!”1

“O que dizer de nós, adventistas do sétimo dia? Nosso próprio nome promove a ideia do segundo advento de Cristo. No entanto, Ele ainda não veio. Como adventistas, também enfrentamos os escarnecedores, assim como Pedro havia predito.”1

Segunda-feira, 12 de junho de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
MCLVER, Robert K. Apascenta as Minhas ovelhas: 1 e 2 Pedro. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 488, Abr. Mai. Jun. 2017. Adulto, Professor.
BIBLÍA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s