Confessando Cristo

Lições da Bíblia

“Um dos grandes momentos na história de Jesus ocorreu em um diálogo com Pedro. Cristo havia acabado de lidar com alguns escribas e fariseus que O haviam desafiado a dar-lhes um sinal, algo que provasse quem Ele era (Mt 16:1-4). Posteriormente, a sós com os discípulos, Jesus falou sobre os dois milagres que Ele havia realizado, nos quais, por duas vezes, alimentara milhares de pessoas com apenas alguns pães e peixes. Cristo fez tudo isso para advertir os discípulos quanto ao ‘fermento dos fariseus e dos saduceus’ (Mt 16:11).”1

“3. Que acontecimento é relatado em Mateus 16:13-17? Qual é a importância das palavras de Pedro a Jesus? Assinale a alternativa correta: “1

“13 Indo Jesus para os lados de Cesaréia de Filipe, perguntou a seus discípulos: Quem diz o povo ser o Filho do Homem? 14 E eles responderam: Uns dizem: João Batista; outros: Elias; e outros: Jeremias ou algum dos profetas. 15 Mas vós, continuou ele, quem dizeis que eu sou? 16 Respondendo Simão Pedro, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. 17 Então, Jesus lhe afirmou: Bem-aventurado és, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelaram, mas meu Pai, que está nos céus.” (Mateus 16:13-17 ARA)2.

A. ( ) Jesus começou a Se arrepender de ter escolhido os doze discípulos.
B. ( ) Jesus questionou os discípulos sobre quem as pessoas diziam que Ele era. Pedro respondeu prontamente que Ele era o Cristo, filho do Deus vivo. A resposta de Pedro foi extremamente importante para que Jesus reafirmasse Seu ministério.

Resposta sugestiva: Alternativa B.

“Nessa ocasião, Pedro falou ousadamente sobre sua fé em Jesus. Além disso, os outros discípulos também compartilhavam de sua confissão de que Cristo era o Messias, e isso é muito claro em Mateus 16:20. Embora os discípulos tivessem muito mais a aprender, esse momento foi decisivo no ministério de Jesus.”1

“‘Os discípulos ainda esperavam que Cristo reinasse como príncipe deste mundo. Embora Ele houvesse por tanto tempo ocultado Seu desígnio, acreditavam que não permaneceria sempre na pobreza e obscuridade; aproximava-se o tempo em que Ele estabeleceria Seu reino. Os discípulos nunca alimentaram o pensamento de que o ódio dos sacerdotes e rabis jamais desapareceria, de que Cristo seria rejeitado por Sua própria nação, condenado como enganador e crucificado como malfeitor’ (Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, p. 415).”1

“Assim que os discípulos reconheceram Jesus como Messias, Ele começou a pregar que teria de sofrer e morrer (Mt 16:21-23), uma ideia que Pedro não podia aceitar. Ele chegou a ‘repreender’ Jesus. Então, o Mestre lhe disse: ‘Arreda, Satanás!’ (Mt 16:23). Essa foi uma das expressões mais duras que Cristo disse a alguém durante Seu ministério; no entanto, Ele o fez para o bem de Pedro. As palavras de Pedro refletiam seus próprios desejos e sua atitude egoísta em relação ao que queria. Cristo teve que detê-lo ali, naquele momento. Pedro precisava aprender que servir ao Senhor envolve sofrimento. Por meio de seus escritos posteriores, fica evidente que ele aprendeu a lição (veja 1Pe 4:12).”1

“O que você faz quando seus desejos pessoais conflitam com a vontade de Deus para sua vida?”1

Segunda-feira, 27 de março de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________

1MCLVER, Robert K. Apascenta as Minhas ovelhas: 1 e 2 Pedro. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 488, Abr. Mai. Jun. 2017. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s