Os dons do Espírito Santo – Estudo adicional

Lições da Bíblia

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

 

Estudo adicional

“Leia, de Ellen G. White, ‘Invisíveis Defensores do Homem’ e ‘Nossa Única Salva guarda’, em O Grande Conflito, p. 511-517, 593-602.”1

“Alguns perguntam: ‘Por que não vemos hoje os mesmos tipos de milagres que foram vistos nos tempos bíblicos, como as curas milagrosas?’ Em primeiro lugar, ouvimos, sim, histórias sobre milagres. Certamente, algumas pessoas também os têm visto em primeira mão. Em segundo lugar, ao ler a Bíblia, podemos ter a impressão de que os milagres estavam sempre acontecendo. Porém, somente temos essa impressão porque o Espírito Santo inspirou os autores a escrever sobre acontecimentos que foram cruciais no estabelecimento da igreja primitiva, e esses acontecimentos, muitas vezes, incluíam milagres. Podemos imaginar que, na maioria dos casos, e na maior parte do tempo, as coisas naquela época eram do jeito que são hoje: as pessoas aprendiam sobre a Palavra de Deus e, em seguida, respondiam à influência do Espírito Santo. Por fim, veja o que Ellen G. White escreveu: ‘A maneira pela qual Cristo trabalhava era pregar a Palavra e aliviar o sofrimento por obras miraculosas de cura. Estou, porém, instruída, de que não podemos agora trabalhar dessa maneira, pois Satanás exercerá seu poder realizando milagres. Os servos de Deus hoje não poderiam trabalhar mediante milagres, pois serão operadas espúrias obras de cura, reivindicadas como sendo divinas. Por essa razão o Senhor delimitou um caminho pelo qual Seu povo deve executar uma obra de cura física, aliada ao ensino da Palavra. Devem ser estabelecidas clínicas de saúde, e com essas instituições devem estar ligados obreiros que façam genuína obra médico-missionária. Estende-se, assim, protetora influência em torno dos que vão às clínicas de saúde em busca de cura’ (Ellen G. White, Mensagens Escolhidas, v. 2, p. 54).”1

Perguntas para reflexão

“1. Por que os prodígios e curas miraculosas não são, em si mesmos, um guia seguro para determinar a verdade? O que precisamos juntamente com eles?”1

“2. ‘Pela graça que me foi dada digo a todos vocês: ninguém tenha de si mesmo um conceito mais elevado do que deve ter; mas, pelo contrário, tenha um conceito equilibrado, de acordo com a medida da fé que Deus lhe concedeu’ (Rm 12:3, NVI). Que advertência fundamental é dada nesse verso? Até que ponto o conceito que temos de nós mesmos deve ser elevado?”1

Sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário emáudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

_______________
1HASEL, Frank. O Espírito Santo e a espiritualiadade. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 487, Jan. Fev. Mar. 2017. Adulto, Professor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s