Uma queixa

Lições da Bíblia

“Nos capítulos iniciais de Jeremias, o Senhor havia advertido Seu servo de que sua obra, como profeta, não seria fácil. No momento de seu chamado, foi dito a Jeremias que reis, príncipes, sacerdotes e o povo lutariam contra ele (Jr 1:18, 19). Embora tivesse sido dito que o Senhor o susteria e que seus oponentes não prevaleceriam, sem dúvida a advertência de que a maioria de seu povo iria lutar contra ele não era uma notícia bem-vinda. Porém, Jeremias ainda não sabia a metade do que aconteceria, e quando as provas vieram, compreensivelmente, ele ficou irado e triste.”1

“4. Leia Jeremias 12:1-4. Embora falasse de sua situação, com que assunto de interesse universal o profeta estava lutando? Qual foi a atitude dele para com aqueles que o entristeceram? O que isso diz sobre a humanidade dos servos de Deus?”1 “1 Justo és, ó SENHOR, quando entro contigo num pleito; contudo, falarei contigo dos teus juízos. Por que prospera o caminho dos perversos, e vivem em paz todos os que procedem perfidamente? 2 Plantaste-os, e eles deitaram raízes; crescem, dão fruto; têm-te nos lábios, mas longe do coração. 3 Mas tu, ó SENHOR, me conheces, tu me vês e provas o que sente o meu coração para contigo. Arranca-os como as ovelhas para o matadouro e destina-os para o dia da matança. 4 Até quando estará de luto a terra, e se secará a erva de todo o campo? Por causa da maldade dos que habitam nela, perecem os animais e as aves; porquanto dizem: Ele não verá o nosso fim.” (Jeremias 12:1-4 ARA)2. “O problema da prosperidade e aparente impunidade dos maus. O profeta pediu que eles fossem castigados. Isso mostra que mesmo os fiéis servos de Deus tinham o desejo de que a injustiça fosse punida.1

“O texto de Jeremias 12:1 (NVI) está repleto de termos legais do Antigo Testamento: as palavras hebraicas para ‘justo’, ‘[apresentar] uma causa’ e ‘justiça’ aparecem, todas elas, em contextos legais. O profeta, contrariado com o que vinha enfrentando, estava indo ‘a juízo’ (ver Dt 25:1) contra o Senhor. Sua queixa, é claro, ocorre com frequência: Por que os maus pareciam prosperar, ao passo que ele, Jeremias, que buscava somente fazer a vontade de Deus, enfrentava tais provações?”1

“Podemos ver, também, uma demonstração da humanidade de Jeremias: ele desejava que os que fizeram o mal fossem punidos. O profeta não estava falando como teólogo, mas como ser humano caído, necessitado da graça, que, como Jó e muitas outras pessoas fiéis, não entendia por que tudo aquilo estava acontecendo com ele. Por que Jeremias, um servo de Deus, chamado para declarar a verdade divina a um povo rebelde, devia estar exposto às traiçoeiras maquinações de sua própria aldeia? Jeremias confiava no Senhor, mas certamente não entendia por que as coisas estavam acontecendo daquela forma.”1

“Como podemos aprender a confiar no Senhor, apesar de tudo que não faz sentido para nós?”1

Quarta-feira, 21 outubro de 2015 . Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Jeremias. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 482, Out. Nov. Dez. 2015. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s