O chamado para a missão

Lições da Bíblia

“6. ‘Fiz-me fraco para com os fracos, com o fim de ganhar os fracos. Fiz-me tudo para com todos, com o fim de, por todos os modos, salvar alguns. Tudo faço por causa do evangelho, com o fim de me tornar cooperador com ele’ (1Co 9:22, 23). Que importante princípio Paulo estava defendendo nesse texto, e como podemos refletir essa mesma atitude em nossa vida?”1 Devemos estar dispostos a fazer tudo para salvar pessoas.”1

“O Senhor das missões, em Sua sabedoria, escolheu atuar através dos seres humanos para levar a mensagem de perdão e salvação ao mundo. Deus escolheu homens e mulheres, apesar de suas fraquezas, para trabalhar junto com o Espírito Santo e os anjos. Israel devia ser a constante ‘luz’ de Deus nos tempos do Antigo Testamento, mas, frequentemente, eles colocaram sua luz ‘debaixo de um cesto’ (Mt 5:15, NTLH). Muitas vezes as bênçãos que receberam foram mantidas entre eles. Em vez de se misturarem com as nações e repartir essas bênçãos, afastaram-­se delas para escapar da ‘contaminação’.”1

“O plano seguinte de Deus para a missão mundial requeria o método do sal: sair e fazer discípulos (Mt 28:19; Mc 16:15, 20; At 1:8). A história das missões cristãs brilha com episódios de missionários abnegados que foram ao mundo como o sal, levando o evangelho da vida a pessoas, comunidades e até a nações inteiras.”1

“Contudo, como ocorreu com o antigo Israel, frequentemente esses sucessos na missão foram obscurecidos pelas falhas humanas dos próprios missionários, e também pelas falhas de seu empreendimento missionário em geral. Essas falhas incluem: (1) mau planejamento do esforço missionário e compreensão inadequada da tarefa; (2) enfoque estreito da missão apenas como educação, assistência médica, ajuda no caso de catástrofes ou ensino de técnicas de subsistência, que ofuscam a pregação do evangelho; (3) falta de recursos ou de pessoal da parte das organizações responsáveis por enviá-los; (4) missionários despreparados para a tarefa; e (5) países que proíbem a pregação do evangelho.”1

“Obviamente, ninguém nunca disse que seria fácil. Estamos no meio de um grande conflito, e o inimigo fará de tudo para frustrar nossos esforços missionários, quer em nossa vizinhança quer nos cantos mais remotos do mundo. Porém, não devemos desanimar, porque recebemos muitas promessas maravilhosas de poder, e temos a certeza de que Deus cumprirá Seus propósitos na Terra. Como nos foi dito: ‘Assim será a palavra que sair da Minha boca: não voltará para Mim vazia, mas fará o que Me apraz e prosperará naquilo para que a designei’ (Is 55:11).”1

Quarta-feira, 23 setembro de 2015 . Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Missionários. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 481, Jul. Ago. Set. 2015. Adulto, Professor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s