Unidade prática

Lições da Bíblia

“Em 1902, Ellen G. White escreveu: ‘Todo cristão deve ser o que Cristo foi em Sua vida nesta Terra. Ele é nosso exemplo, não apenas em Sua pureza imaculada, mas em Sua paciência, mansidão, e disposição cativante’ (Ellen G. White, Signs of the Times, 16 de julho de 1902). Essas palavras lembram o apelo de Paulo aos filipenses: ‘Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus’ (Fp 2:5).”1

“3. Leia Efésios 4:25–5:2 e Colossenses 3:1-17. Em quais áreas da nossa vida somos chamados a mostrar nossa fidelidade a Jesus? Como devemos testemunhar do evangelho de Jesus publicamente?”1

Efésios (4:25–5:2 ARA): “25 Por isso, deixando a mentira, fale cada um a verdade com o seu próximo, porque somos membros uns dos outros. 26 Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira, 27 nem deis lugar ao diabo. 28 Aquele que furtava não furte mais; antes, trabalhe, fazendo com as próprias mãos o que é bom, para que tenha com que acudir ao necessitado. 29 Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça aos que ouvem. 30 E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção. 31 Longe de vós, toda amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmias, e bem assim toda malícia. 32 Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou. […] 1 Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; 2 e andai em amor, como também Cristo nos amou e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em aroma suave.

Colossenses (3:1-17 ARA): “1 Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus. 2 Pensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra; 3 porque morrestes, e a vossa vida está oculta juntamente com Cristo, em Deus. 4 Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então, vós também sereis manifestados com ele, em glória. 5 Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: prostituição, impureza, paixão lasciva, desejo maligno e a avareza, que é idolatria; 6 por estas coisas é que vem a ira de Deus [sobre os filhos da desobediência]. 7 Ora, nessas mesmas coisas andastes vós também, noutro tempo, quando vivíeis nelas. 8 Agora, porém, despojai-vos, igualmente, de tudo isto: ira, indignação, maldade, maledicência, linguagem obscena do vosso falar. 9 Não mintais uns aos outros, uma vez que vos despistes do velho homem com os seus feitos 10 e vos revestistes do novo homem que se refaz para o pleno conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou; 11 no qual não pode haver grego nem judeu, circuncisão nem incircuncisão, bárbaro, cita, escravo, livre; porém Cristo é tudo em todos. 12 Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade. 13 Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós; 14 acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição. 15 Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes chamados em um só corpo; e sede agradecidos. 16 Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração. 17 E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.

“Muitas outras passagens das Escrituras encorajam os cristãos a seguir o exemplo de Jesus e a ser testemunhas vivas da graça de Deus para outros. Também somos incentivados a buscar o bem-estar das outras pessoas (Mt 7:12); a suportar os fardos uns dos outros (Gl 6:2); a viver na simplicidade; a concentrar-nos na espiritualidade interior em lugar da ostentação externa (Mt 16:24-26; 1Pe 3:3, 4); e a seguir hábitos de vida saudáveis (1Co 10:31).”1

“‘Amados, insisto em que, como estrangeiros e peregrinos no mundo, vocês se abstenham dos desejos carnais que guerreiam contra a alma. Vivam entre os pagãos de maneira exemplar para que, naquilo em que eles os acusam de praticarem o mal, observem as boas obras que vocês praticam e glorifiquem a Deus no dia da Sua intervenção’ (1Pe 2:11, 12, NVI). Com que frequência subestimamos o impacto do caráter cristão sobre aqueles que nos observam? A paciência manifestada em momentos de aborrecimento; uma vida disciplinada em meio a tensão e conflitos; e a gentileza em resposta à impaciência e às palavras ríspidas são marcas do espírito de Jesus que somos encorajados a imitar. Ao testemunharmos juntos a este mundo, que compreende o caráter de Deus de maneira equivocada, nós, adventistas do sétimo dia, tornamo-nos uma força para o bem e para a glória de Deus. Como representantes de Cristo, os cristãos devem ser conhecidos não só por sua retidão moral, mas também por seu interesse prático pelo bem-estar dos outros. Se nossa experiência religiosa é genuína, ela será revelada e terá um impacto sobre o mundo. Um corpo unificado de cristãos que revelem o caráter de Cristo ao mundo será, de fato, um testemunho poderoso.”1

“Qual tem sido seu testemunho às pessoas? O que em sua vida faz com que elas desejem seguir Jesus?”1

Terça-feira, 27 de novembro de 2018. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Unidade em Cristo. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 494, out. nov. dez. 2018. Adulto, Professor.
2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Vida cristã – Estudo adicional

Lições da Bíblia
Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

Estudo adicional

“Leia, de Ellen G. White, ‘Unidade e Amor na Igreja’, p. 477, 478; ‘Amor Pelos que Erram’, p. 604-606, em Testemunhos Para a Igreja, v. 5; ‘Auxílio aos Tentados’, p. 166, em A Ciência do Bom Viver; p. 719, no Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, v. 6.”1

“‘Vi o perigo em que o povo de Deus incorre ao olhar para o irmão e a irmã White, pensando que deve ir a eles com suas preocupações e em busca de conselho. Isso não deve ser assim. Eles são convidados por seu compassivo e amoroso Salvador a ir a Ele quando cansados e sobrecarregados, e Ele os aliviará […]. Muitos vêm a nós com a pergunta: Devo fazer isto? Devo envolver-me nesta empreitada? Ou, com relação ao vestuário: Devo usar este ou aquele artigo? Respondo-lhes: Vocês professam ser discípulos de Cristo. Estudem suas Bíblias. Examinem cuidadosamente e com oração a vida de nosso querido Salvador quando habitava entre os homens na Terra. Imitem-na e não se desviarão do caminho estreito’ (Ellen G. White, Testemunhos Para a Igreja, v. 2, p. 118, 119).”1

“‘Os que decidem não fazer, em nenhum sentido, coisa alguma que desagrade a Deus, depois de Lhe apresentarem seu caso saberão a direção que deverão seguir’ (Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, p. 668).”1

“‘A independência de espírito é susceptível de levar o agente humano a ter demasiada confiança em si mesmo e em seu próprio discernimento, de preferência a respeitar o conselho e […] a maneira de julgar de seus irmãos’ (Ellen G. White, Atos dos Apóstolos, p. 163, 164).”1

Perguntas para discussão

“Com base nos temas desta semana, qual é o equilíbrio nestas situações:”1

“1. Como ser fiéis ao que cremos sem julgar os que entendem as coisas de maneira diferente da nossa?”1

“2. Como ser fiéis à nossa consciência, não buscando ser a consciência dos outros, mas ajudar os que estão equivocados? Quando devemos falar e quando devemos ficar em silêncio? Em quais situações seremos culpados se guardarmos silêncio?”1

“3. Como ser livres no Senhor e ao mesmo tempo perceber nossa responsabilidade de ser bons exemplos para aqueles que nos admiram?”1

Sexta-feira, 29 de dezembro de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da escola sabatina. Salvação somente pela fé: o livro de Romanos. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 490, Out. Nov. Dez. 2017. Adulto, Professor.

Vida cristã

Lições da Bíblia

Tu, porém, por que julgas teu irmão? E tu, por que desprezas o teu? Pois todos compareceremos perante o tribunal de Deus” (Rm 14:10).1

“Estamos agora na última parte do nosso estudo sobre Romanos, o livro a partir do qual nasceu a Reforma Protestante. Mais do que qualquer outro, ele nos revela por que somos protestantes e por que devemos permanecer assim. Como protestantes, e especialmente como adventistas do sétimo dia, apoiamo-nos no princípio de sola Scriptura, que defende unicamente a Bíblia como padrão de fé. Na Bíblia, aprendemos a mesma verdade que fez com que nosso antepassado espiritual, séculos atrás, rompesse com Roma – a grande verdade da salvação pela fé, expressada de maneira tão poderosa na Epístola de Paulo aos Romanos.”1

“Talvez toda essa questão possa ser resumida pela pergunta do carcereiro pagão: ‘Que devo fazer para que seja salvo?’ (At 16:30).”1

“Em Romanos, temos a resposta para essa pergunta; porém, essa não era a resposta dada pela igreja na época de Lutero. Por isso, a Reforma começou, e aqui estamos hoje.”1

“Nessa última seção, Paulo abordou outros assuntos, talvez não tão centrais ao seu tema principal, mas suficientemente importantes para serem incluídos na carta. Portanto, para nós, eles também fazem parte das Sagradas Escrituras.”1

“Como Paulo terminou essa carta? O que ele escreveu? Quais verdades existem para nós, herdeiros não apenas de Paulo, mas também dos nossos antepassados protestantes?”

Desafie os jovens de sua igreja a dedicar as férias ao projeto Calebe, à Escola Cristã de Férias e a outros projetos espirituais. Incentive-os a sentir alegria em salvar pessoas.

Sábado, 23 de dezembro de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 LIÇÃO da escola sabatina. Salvação somente pela fé: o livro de Romanos. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 490, Out. Nov. Dez. 2017. Adulto, Professor.

Principais temas de 1 e 2 Pedro – Estudo adicional

Lições da Bíblia

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

Estudo adicional

“Mesmo em meio a densa teologia, as cartas de Pedro dão forte ênfase à vida cristã e à maneira pela qual devemos tratar uns aos outros. Em outras palavras, precisamos conhecer a verdade como ela é em Jesus. Porém, ainda mais importante, precisamos vivê-la. Estas palavras grandiosas se encontram logo no início da primeira epístola de Pedro: ‘Tendo purificado a vossa alma, pela vossa obediência à verdade, tendo em vista o amor fraternal não fingido, amai-vos, de coração, uns aos outros ardentemente‘ (1Pe 1:22). Pedro relacionou a purificação da nossa mente à obediência à verdade. A verdade nos transforma em pessoas que se amam fervorosamente, com um ‘coração puro’. A obediência, a pureza de coração e o amor estão relacionados. Esse é o ideal pelo qual devemos lutar. Imagine quanto nossa vida e nossas igrejas seriam diferentes se seguíssemos essa ordem. Pense no que ela faria ao sentimento de unidade da igreja. ‘Irmãos, levareis convosco o espírito de Cristo ao voltardes para vosso lar e igreja? Haveis de abandonar a incredulidade e a crítica? Estamos nos aproximando de um tempo em que, mais do que nunca, precisamos nos unir e trabalhar juntos. Há força na união. Na discórdia e desunião só há fraqueza’ (Ellen G. White, Mensagens Escolhidas, v. 2, p. 374).”1

Perguntas para reflexão

  1. “Como podemos esperar e apressar o dia de Deus (2Pe 3:12), isto é, a segunda vinda de Cristo?”1
  2. “Como devemos ler e interpretar corretamente aquele que é considerado o ‘segundo livro de Deus’, a natureza? Infelizmente, como acontece com o primeiro (a Bíblia), o segundo livro é mal interpretado, quando se elimina dele a ideia de projeto (design) e propósito, pela filosofia darwiniana da mutação aleatória e seleção natural. Muitos imaginam que o mundo apenas parece planejado, mas surgiu do acaso. Como ler e interpretar a natureza da maneira certa? Quais são os limites dela em seus ensinos sobre Deus? Que ajuda podemos obter da Bíblia para compreender corretamente a natureza? O que devemos fazer quando a natureza contradiz nossa interpretação da Bíblia?”1
Sexta-feira, 23 de junho de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
MCLVER, Robert K. Apascenta as Minhas ovelhas: 1 e 2 Pedro. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 488, Abr. Mai. Jun. 2017. Adulto, Professor.

Como devemos viver?

Lições da Bíblia

“Um tema retomado por Pedro com maior frequência do que qualquer outro é apresentado em sua pergunta: ‘Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas vos convém ser, em santo trato e piedade’? (2Pe 3:11, ARC).”1

2. Leia os textos seguintes. O que Pedro disse sobre o comportamento cristão? (1Pe 1:15-17, 221Pe 2:11Pe 3:8, 91Pe 4:7-112Pe 3:11). Assinale a alternativa correta:

“15 pelo contrário, segundo é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos também vós mesmos em todo o vosso procedimento, 16 porque escrito está: Sede santos, porque eu sou santo. 17 Ora, se invocais como Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo as obras de cada um, portai-vos com temor durante o tempo da vossa peregrinação, […] 22 Tendo purificado a vossa alma, pela vossa obediência à verdade, tendo em vista o amor fraternal não fingido, amai-vos, de coração, uns aos outros ardentemente,” (1Pedro 1:15-17, 22 ARA)2. “Despojando-vos, portanto, de toda maldade e dolo, de hipocrisias e invejas e de toda sorte de maledicências,” (1 Pedro 2:1 ARA)2. “8 Finalmente, sede todos de igual ânimo, compadecidos, fraternalmente amigos, misericordiosos, humildes, 9 não pagando mal por mal ou injúria por injúria; antes, pelo contrário, bendizendo, pois para isto mesmo fostes chamados, a fim de receberdes bênção por herança.” (1 Pedro 3:8-9 ARA)2. “7 Ora, o fim de todas as coisas está próximo; sede, portanto, criteriosos e sóbrios a bem das vossas orações.  8 Acima de tudo, porém, tende amor intenso uns para com os outros, porque o amor cobre multidão de pecados. 9 Sede, mutuamente, hospitaleiros, sem murmuração. 10 Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus. 11  Se alguém fala, fale de acordo com os oráculos de Deus; se alguém serve, faça-o na força que Deus supre, para que, em todas as coisas, seja Deus glorificado, por meio de Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém!” (1 Pedro 4:7-11 ARA)2. “Visto que todas essas coisas hão de ser assim desfeitas, deveis ser tais como os que vivem em santo procedimento e piedade,” (1 Pedro 3:11 ARA)2.

A. ( ) O cristão deve viver em santidade, obedecer a Deus, amar seu próximo e se livrar da maldade, hipocrisia, engano, inveja e maledicência.
B. ( ) O cristão deve buscar satisfazer suas paixões carnais, priorizando o próprio eu.
C. ( ) O cristão deve se submeter ao que sua consciência mandar.

Resposta sugestiva: Alternativa A.

“Pedro discorreu sobre o comportamento cristão em diversas partes de suas duas cartas, e uma série de temas é recorrente. Primeiramente, ele enfatizou por duas vezes a relação entre o juízo de Deus e o comportamento cristão (1Pe 1:17; 2Pe 3:11). Deus julgará as obras de todos. Portanto, devemos viver em santidade.”1

“Em segundo lugar, Pedro mencionou diversas vezes que os cristãos deveriam ser santos. No Antigo Testamento, as coisas santas eram separadas para uso no templo (Êx 26:34; 28:36; 29:6, 37) ou para os propósitos de Deus. Por exemplo, o sábado em Gênesis 2:3. O plano de Deus era que Seu povo fosse santo assim como Ele é santo, um tema que Pedro também abordou (Lv 11:44; 19:2; 1Pe 1:15, 16). O processo em que algo é separado para propósitos santos é chamado de ‘santificação’, e o desejo de Pedro era que seus leitores fossem santificados pelo Espírito e obedientes a Jesus (1Pe 1:2).”1

“Em terceiro lugar, Pedro apresentou detalhes do comportamento apropriado aos santificados. Eles devem se livrar da maldade, engano, hipocrisia, inveja e maledicência (1Pe 2:1), ter o mesmo modo de pensar, amor uns pelos outros e humildade (1Pe 3:8, 9, NVI). Também devem ter piedade, fraternidade e amor (2Pe 1:5-7) intenso e constante (1Pe 4:7-11). Por último, Pedro encorajou seus ouvintes a lançar sua ansiedade sobre Jesus (1Pe 5:7).”1

“Como podemos encorajar uns aos outros sem fazer julgamentos? Como podemos viver de acordo com o chamado feito nas epístolas de Pedro?”1

Segunda-feira, 19 de junho de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1 MCLVER, Robert K. Apascenta as Minhas ovelhas: 1 e 2 Pedro. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 488, Abr. Mai. Jun. 2017. Adulto, Professor.
2 BIBLÍA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Seja quem você é – Estudo adicional

Lições da Bíblia

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

Estudo adicional

“Como vimos, Pedro sabia que estava prestes a morrer. Ele já sabia havia muito tempo a maneira pela qual haveria de morrer, pois o próprio Jesus lhe dissera. ‘Quando você era moço, você se aprontava e ia para onde queria. Mas Eu afirmo a você que isto é verdade: quando for velho, você estenderá as mãos, alguém vai amarrá-las e o levará para onde você não vai querer ir‘ (Jo 21:18, NTLH).”1

“Qual foi o fim de Pedro?”1

“‘Pedro, como estrangeiro judeu, foi condenado a ser açoitado e crucificado. Na perspectiva dessa terrível morte, o apóstolo se lembrou de seu grande pecado em haver negado a Jesus na hora de Seu julgamento. Antes tão despreparado para reconhecer a cruz, agora ele considerava uma alegria entregar a vida pelo evangelho, sentindo tão-somente que, para ele que havia negado seu Senhor, morrer da mesma forma pela qual seu Mestre havia morrido era uma honra demasiadamente grande para ele. Pedro havia se arrependido sinceramente daquele pecado e tinha sido perdoado por Cristo, o que se revelava pela alta missão que ele recebeu de alimentar as ovelhas e cordeiros do rebanho. Ele, porém, nunca pôde perdoar a si mesmo. Nem mesmo o pensamento das agonias da última e terrível cena puderam diminuir a amargura de sua tristeza e arrependimento. Como último favor, rogou aos seus algozes que fosse pregado na cruz de cabeça para baixo. O pedido foi atendido, e dessa maneira morreu o grande apóstolo Pedro’ (Ellen G. White, Atos dos Apóstolos, p. 537, 538). Mesmo diante dessa perspectiva, a preocupação de Pedro foi com o bem espiritual do rebanho.”1

Perguntas para reflexão

  1. “Diante da necessidade de viver em santidade, por que muitos cristãos não conseguem ‘ser o que são’ em Jesus?”1
  2. “Como podemos manifestar as virtudes listadas em 2 Pedro 1:5-7? Como podemos ajudar outras pessoas a fazer o mesmo?”1
  3. “Que esperança e conforto encontramos no exemplo de Pedro?”1
  4. “Qual era a ‘presente verdade’ no tempo de Pedro? Qual é a ‘presente verdade’ em nossos dias?”1
  5. “‘Certamente, os mortos estão além da morte!’, alguém escreveu. ‘A morte é o que os vivos levam consigo.’ Como devemos, como cristãos, ‘levar’ a morte?”1
Sexta-feira, 26 de maio de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
MCLVER, Robert K. Apascenta as Minhas ovelhas: 1 e 2 Pedro. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 488, Abr. Mai. Jun. 2017. Adulto, Professor.

Vivendo para Deus

Lições da Bíblia

Introdução ao tema da Lição desta semana e comentários do autor.

Os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e os Seus ouvidos estão abertos às suas súplicas, mas o rosto do Senhor está contra aqueles que praticam males” (1Pe 3:12).

“Os escritores da Bíblia conheciam a realidade da pecaminosidade humana. Como não perceber? O mundo exala o mau cheiro do pecado. Além disso, eles também reconheciam sua própria condição pecaminosa (veja 1Tm 1:15 [‘Fiel é a palavra e digna de toda aceitação: que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal.’]2); Jesus precisou morrer na cruz para resolver o problema do pecado. Isso revela quanto a realidade do pecado é realmente profunda e universal.”1

“Porém, os escritores da Bíblia também tinham consciência do poder de Cristo para transformar nossa vida e nos tornar novas criaturas nEle.”1

“Nesta semana, estudaremos a nova vida dos cristãos depois da sua entrega a Jesus e do seu batismo. A mudança é tão grande que outros percebem. Pedro disse que ela nem sempre será fácil. Na verdade, ele falou sobre a necessidade de sofrer na carne (1Pe 4:1) a fim de obter a vitória prometida a nós.”1

“Pedro continuou num tema que permeia toda a Bíblia, a realidade do amor na vida daquele que crê em Jesus. Ele disse que ‘o amor cobre multidão de pecados’ (1Pe 4:8). Quando amamos e perdoamos uns aos outros estamos refletindo o que Jesus fez e ainda faz por nós.”1

Chegou o momento de começar a classe bíblica. Seja um semeador da Palavra que não volta vazia! Para semear, basta orar por um amigo, convidá-lo e levá-lo para a classe.

Sábado, 22 de abril de 2017. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio  da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.
_______________
1MCLVER, Robert K. Apascenta as Minhas ovelhas: 1 e 2 Pedro. Lições da escola sabatina. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 488, Abr. Mai. Jun. 2017. Adulto, Professor.
2BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.