A lei de Deus – Vídeo

Lições da Bíblia

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

“Leia, de Ellen G. White, O Maior Discurso de Cristo, p. 45-78: ‘A Espiritualidade da Lei’; O Desejado de Todas as Nações, p. 307-314: ‘O Sermão da Montanha’; p. 606-609: ‘Conflito’.”1

“Falando da lei, Jesus disse: ‘Não vim para revogar, vim para cumprir’ (Mt 5:17). […] Isto é, preencher a medida da exigência da lei, para dar um exemplo de perfeita conformidade com a vontade de Deus.”1

“Sua missão era ‘engrandecer a lei, e fazê-la gloriosa’ (Is 42:21). Ele devia mostrar a natureza espiritual da lei, apresentar seus princípios de vasto alcance, e tornar clara sua eterna obrigatoriedade.”1

“‘[…] Jesus, a expressa imagem da pessoa do Pai, o resplendor de Sua glória, o abnegado Redentor, através de Sua peregrinação de amor na Terra, foi uma viva representação do caráter da lei de Deus. Em Sua vida se manifesta que o amor de origem celestial, os princípios cristãos, fundamentam as leis de retidão eterna’ (Ellen G. White, O Maior Discurso de Cristo, p. 48, 49).”

Perguntas para reflexão

“1. De que forma podemos cair na tentação de ser legalistas em nossa observância da lei, como os fariseus eram? Que perigo existe quando supomos que amar a Deus nos isenta de obedecer Sua lei? Faça uma lista de maneiras práticas de evitar cair em uma dessas armadilhas. Comente com a classe.”1

“2. Como sabemos, o argumento contra a contínua validade dos Dez Mandamentos, muitas vezes, nada mais é que uma tentativa de evitar a observância do sábado. Reveja nos evangelhos todas as histórias de cura no sábado. Como tais histórias confirmam a contínua validade da lei de Deus e do sábado? Por que as palavras e o exemplo de Jesus são a última fonte em que alguém deve procurar apoio para sua rejeição ao sábado?”1

Sexta-feira, 05 de setembro de 2014. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Ensino de Jesus. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 477, Jul. Ago. Set. 2014. Adulto, Professor.

A Igreja – Vídeo

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

 

“Leia, de Ellen G. White, Testemunhos Para a Igreja, v. 5, p. 236-248: ‘Unidade Cristã’; Testemunhos Para a Igreja, v. 8, p. 239-243: ‘Unidade com Cristo em Deus’.”1

“’A união é força; a divisão, fraqueza. Quando se acham unidos os que creem na verdade presente, exercem poderosa influência. Satanás bem compreende isso. Nunca se achou mais determinado do que agora para tornar de nenhum efeito a verdade de Deus, causando amargura e dissensão entre o povo do Senhor’ (Ellen G. White, Testemunhos Para a Igreja, v. 5, p. 236).”1

“’Devemos esforçar-nos por pensar bem de todas as pessoas, especialmente de nossos irmãos, até que sejamos forçados a pensar de outro modo. Não devemos ter pressa em acreditar em maus relatórios. Eles são muitas vezes resultado de inveja ou equívocos, ou procedem de exageros ou de uma exposição tendenciosa de fatos’ (Testemunhos Para a Igreja, v. 5, p. 58).”1

Perguntas para reflexão

“1. Como você lida com pessoas que têm a doutrina errada, mas são gentis, acolhedoras e amorosas, apesar das diferenças? Por outro lado, como você lida com as que concordam com você teologicamente, mas são ásperas, críticas e sem amor para com os que pensam de modo diferente?”1

“2. Por mais importante que seja a unidade para a igreja cristã, quão bem essa unidade foi mantida? Como um não cristão, olhando para o cristianismo, enxergaria a ideia da ‘unidade cristã’?”1

“3. Jesus nos ensina a perdoar os que nos ofendem. Mas, e se eles não se arrependem e não nos pedem o perdão? Como devemos nos relacionar com eles?”1

“4. Qual é a relação entre amor e disciplina?”1

“5. O movimento ecumênico afirma ser uma tentativa de criar a unidade pela qual Cristo orou. Apesar da boa intenção das pessoas, quais problemas podemos ver com o movimento ecumênico, além das questões óbvias acerca dos eventos dos últimos dias?”1

Sexta-feira, 22 de agosto de 2014. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Ensino de Jesus. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 477, Jul. Ago. Set. 2014. Adulto, Professor.

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Salvação – Vídeo

Lições da Bíblia

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

“Leia, de Ellen G. White, Caminho a Cristo, p. 17-22: ‘A Ponte Sobre o Abismo’; Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 350-354: ‘O Assunto Apresentado em 1883’.”

“Contemplando o Redentor crucificado, compreendemos mais plenamente a magnitude e significado do sacrifício feito pela Majestade do Céu. O plano da salvação glorifica-se aos nossos olhos e o conceito do Calvário desperta vivas e sagradas emoções em nós. No coração e nos lábios se acharão louvores a Deus e ao Cordeiro; pois o orgulho e o culto de si mesmo não podem crescer na alma que conserva sempre vivas na memória as cenas do Calvário. Aquele que contempla o incomparável amor do Salvador, será elevado no pensamento, purificado no coração, transformado no caráter. Sairá para ser uma luz ao mundo, para refletir, em certa medida, esse misterioso amor. Quanto mais contemplarmos a cruz de Cristo, tanto mais plenamente adotaremos a linguagem do apóstolo quando disse: ‘Longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo’ (Gl 6:14; Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, p. 661).”

Perguntas para reflexão

“1. A salvação é um dom gratuito. Existe algum custo para aceitar esse presente? O valor da salvação supera o custo de sua aceitação?”

“2. Na lição de segunda-feira, lemos textos que mostram que a salvação é o resultado da iniciativa de Deus. No entanto, Jesus também disse que precisamos buscar o reino de Deus e Sua justiça (Mt 6:33). Suas palavras: ‘Esforçai-vos por entrar pela porta estreita’ (Lc 13:24) indicam que precisamos buscar nossa salvação. Como explicar isso?”

“3. Como a morte de Cristo na cruz revela a justiça de Deus? Como revela a misericórdia de Deus?”

“4. Judeus religiosos veem no sábado uma antecipação de como será a vida eterna. Tem sentido essa ideia da vida eterna prefigurada no sábado?”

Sexta-feira, 25 de julho de 2014. Saiba mais, ouça o Comentário em áudioda Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Ensino de Jesus. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 477, Jul. Ago. Set. 2014. Adulto, Professor.

A igreja de Cristo e a lei – Vídeo

Lições da Bíblia.

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

“’Os três anjos de Apocalipse 14 representam o povo que aceita a luz das mensagens de Deus, e vão como agentes Seus fazer soar a advertência por toda a extensão e largura da Terra. Cristo declara a Seus seguidores: ‘Vós sois a luz do mundo’ (Mt 5:14). A toda pessoa que aceita a Jesus, a cruz do Calvário diz: ‘Vede o valor da alma’; ‘Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura’ (Mc 16:15, ARC). Não se deve permitir que coisa alguma impeça esta obra. É a obra mais importante para este tempo; deve ser de tão vasto alcance como a eternidade. O amor que Jesus manifestou pelas pessoas no sacrifício feito por sua redenção, impulsionará todos os Seus seguidores’ (Ellen G. White, Testemunhos Para a Igreja, v. 5, p. 455, 456).”1

“’O tema da maior importância é a mensagem do terceiro anjo, que abrange as mensagens do primeiro e do segundo anjos’ (Ellen G. White, Evangelismo, p. 196).”1

Perguntas para reflexão

“1. Apocalipse 12:17 descreve os ‘remanescentes’. Com a presença de centenas de outras igrejas guardadoras do sábado, qual é o propósito específico da Igreja Adventista do Sétimo Dia? O que estamos proclamando que essas outras igrejas não estão?”1

“2. Leia Romanos 4:3, Gálatas 3:6 e Tiago 2:23, dentro de cada contexto. Como esses versos nos ajudam a compreender a salvação por meio da fé?”1

“3. Note que na mensagem do primeiro anjo, que começa com o ‘evangelho eterno’, há também uma proclamação de que ‘é chegada a hora do Seu juízo’. Assim, o evangelho, a lei e o juízo aparecem juntos nas mensagens dos três anjos. Qual é o papel da lei e da graça no juízo? Como todos eles se encaixam?”1

Sexta-feira, 20 de junho de 2014. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Cristo e sua lei. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 476, Abr. Maio Jun. 2013. Adulto, Professor.

A lei de Deus e a lei de Cristo

Lições da Bíblia.

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

 

“Leia, de Ellen G. White, Testemunhos Para a Igreja, v. 7, p. 260-264: ‘Disciplina da Igreja’; p. 265, 266: ‘Consideração Mútua’.”1

’Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo’ (Gl 6:2, ARC). Aqui, de novo, acha-se claramente exposto o nosso dever. Como podem os professos seguidores de Cristo considerar tão levianamente essas ordens inspiradas? […] Pouco sabemos de nosso próprio coração, e pouca intuição temos de nossa própria necessidade da misericórdia de Deus. Por isso é que tão pouco acariciamos aquela suave compaixão que Jesus manifesta para conosco, e que devemos também manifestar uns para com os outros. Devemos lembrar-nos de que nossos irmãos são fracos e falíveis mortais, tais como nós mesmos. Suponhamos que um irmão, por falta de vigilância, tenha sido arrastado pela tentação e que, contrariamente à sua conduta geral, tenha cometido algum erro. Que procedimento devemos ter para com ele? Aprendemos, da história bíblica, que homens empregados por Deus para realizar uma grande e boa obra cometeram pecados graves. O Senhor não os passou por alto, sem repreensão, tampouco rejeitou Seus servos. […] Considerem os pobres e fracos mortais quão grande é sua necessidade de misericórdia e longanimidade de Deus e de seus irmãos. Guardem-se eles de julgar e condenar os outros”2

Perguntas para reflexão

“1. Reflita sobre a citação acima. Por que é tão importante que ofereçamos graça aos que pecam?”1

“2. Pense em alguns personagens bíblicos bem conhecidos que caíram em pecado. Deus os perdoou e continuou a usá-los. Que lição importante existe para nós nesses exemplos?”1

“3. De que forma podemos aplicar a disciplina da igreja e, ao mesmo tempo, mostrar graça e misericórdia aos que cometem pecado? Por que devemos entender que esses dois conceitos, disciplina e graça, não estão em contradição?”1

Sexta-feira, 23 de maio de 2014. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 LIÇÕES da escola sabatina. Cristo e sua lei. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 476, Abr. Maio Jun. 2013. Adulto, Professor.

2 WHITE, Ellen Gould; PAGANI, Cesar Luis. Testemunhos para a igreja. v. 5. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, 2006. p. 246, 247

Cristo, o fim da lei – Vídeo

Lições da Bíblia.

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

 

“A lei nos revela o pecado, levando-nos a sentir nossa necessidade de Cristo e a fugir para Ele em busca de perdão e paz mediante o exercício do arrependimento para com Deus e fé em nosso Senhor Jesus Cristo. […] A lei dos Dez Mandamentos não deve ser considerada tanto do lado proibitivo, como do lado da misericórdia. Suas proibições são a segura garantia de felicidade na obediência. Recebida em Cristo, ela realiza em nós a purificação do caráter que nos trará alegria através dos séculos da eternidade. Para os obedientes ela é um muro de proteção. Contemplamos nela a bondade de Deus que, revelando aos homens os imutáveis princípios da justiça, procura resguardá-los dos males que resultam da transgressão”1

Perguntas para reflexão

“1. Comente sobre a esperança encontrada em Gálatas 3:21 RA [‘É, porventura, a lei contrária às promessas de Deus? De modo nenhum! Porque, se fosse promulgada uma lei que pudesse dar vida, a justiça, na verdade, seria procedente de lei.’]2. Como o evangelho é claramente apresentado ali? Por que esse texto é o antídoto para o legalismo?”3

“2. Muitos indivíduos bem-intencionados realçam a necessidade de alcançarmos a ‘perfeição’, se quisermos entrar no reino. Infelizmente, os que abraçam essa doutrina não apenas promovem a autossuficiência como chave para a salvação, mas ignoram a natureza pecaminosa do homem. Os seres humanos possuem tendências herdadas para o pecado e são constantemente bombardeados com a tentação. Ainda mais preocupante é o desânimo que pode vir aos que estão constantemente olhando para si mesmos e para seu desempenho como forma de avaliar sua salvação. Quem está à altura da santidade de Deus e de Sua lei? Como podemos evitar as ideias que colocam a esperança da salvação em outras coisas além do perdão de Cristo?”3

3. Qual é a finalidade da lei?3

Sexta-feira, 16 de maio de 2014. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 WHITE, Ellen Gould. Mensagens escolhidas. Tradução de Isolina A Waldvogel, Luiz Waldvogel. 4. ed. São Paulo – SP: Casa Publicadora Brasileira, 2010. v. 1, p. 234-235

2 BIBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

3 LIÇÕES da escola sabatina. Cristo e sua lei. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 476, Abr. Maio Jun. 2013. Adulto, Professor.

Cristo e o sábado – Vídeo

Lições da Bíblia.

Assista em vídeo a discussão do tema da semana.

“Desde o início do grande conflito no Céu, tem sido o intento de Satanás subverter a lei de Deus. Foi para realizar isto que ele entrou em rebelião contra o Criador; e, embora fosse expulso do Céu, continuou a mesma luta na Terra. Enganar os homens, levando-os assim a transgredir a lei de Deus, é o objetivo que perseverantemente ele tem procurado atingir. Quer seja isto alcançado pondo de parte toda a lei, quer rejeitando um de seus preceitos, o resultado será finalmente o mesmo. Aquele que tropeça ‘em um só ponto’ manifesta desprezo pela lei toda; sua influência e exemplo estão do lado da transgressão; torna-se ‘culpado de todos’ (Tg 2:10).”1

Perguntas para reflexão

“1. Considere a declaração acima. A rejeição ao sábado ao longo da história do cristianismo nos ajuda a entender o ataque de Satanás à lei de Deus?”2

“2. Nos textos seguintes (Mc 3:2; Lc 13:14; Jo 5:18; 9:16) Jesus foi acusado de transgredir o sábado. Leia também Êxodo 20:8-11 e responda: O que você diria aos que afirmam que essas passagens seriam evidências de que Jesus tivesse transgredido o sábado?”2

“3. Quais atividades você pretende fazer aos sábados com a família e com a igreja, aproveitando mais os benefícios desse dia especial?”2

“4. Para você, o sábado é um dia de libertação, descanso e liberdade, ou é de mal-estar, escravidão e estresse? Como você pode desfrutar o sábado, torná-lo prazeroso, como somos instruídos neste verso: ‘Se desviares o teu pé do sábado, de fazer a tua vontade no Meu santo dia, e se chamares ao sábado deleitoso e santo dia do Senhor digno de honra, e se o honrares, não seguindo os teus caminhos, nem pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falar as tuas próprias palavras’ (Is 58:13)?”2

Sexta-feira, 01 de maio de 2014. Saiba mais, ouça o Comentário em áudio da Lição da Escola Sabatina (LES) ou se preferir faça um Curso Bíblico.

__________________

1 WHITE, Ellen Gould; GRELLMANN, Helio L. O Grande Conflito: acontecimentos que mudarão o seu futuro. São Paulo – SP: Casa Publicadora Brasileira, 2012. p. 582

2 LIÇÕES da escola sabatina. Cristo e sua lei. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 476, Abr. Maio Jun. 2013. Adulto, Professor.