Testemunhas improváveis

Lições da Bíblia

“1. Leia Marcos 5:15-20. Por que Jesus enviou o homem a Decápolis para testemunhar à sua família e amigos, em vez de cultivá-lo em sua nova fé, mantendo-o com Ele?”1

Marcos 5:15-20 (ARA)2: “15 Indo ter com Jesus, viram o endemoninhado, o que tivera a legião, assentado, vestido, em perfeito juízo; e temeram. 16 Os que haviam presenciado os fatos contaram-lhes o que acontecera ao endemoninhado e acerca dos porcos. 17 E entraram a rogar-lhe que se retirasse da terra deles. 18 Ao entrar Jesus no barco, suplicava-lhe o que fora endemoninhado que o deixasse estar com ele. 19 Jesus, porém, não lho permitiu, mas ordenou-lhe: Vai para tua casa, para os teus. Anuncia-lhes tudo o que o Senhor te fez e como teve compaixão de ti. 20 Então, ele foi e começou a proclamar em Decápolis tudo o que Jesus lhe fizera; e todos se admiravam.

“A palavra Decápolis vem de duas palavras: deca, que significa ‘dez’, e polis, que significa ‘cidades’. Decápolis era uma região de dez cidades ao longo das margens do Mar da Galileia, no primeiro século. Essas cidades eram unidas por idioma e cultura comuns. O endemoninhado era conhecido por muitas pessoas naquela região. Ele havia infligido medo no coração delas por meio de seu comportamento imprevisível e violento.”1

“Jesus viu naquele homem alguém que ansiava por algo melhor e, por isso, miraculosamente o livrou dos demônios que o atormentavam.”1

“Quando as pessoas da cidade souberam que Jesus havia permitido que os demônios possuíssem um rebanho de porcos e que os animais tinham caído de um penhasco no mar, saíram para ver o que estava acontecendo. O evangelho de Marcos registra: ‘Indo ter com Jesus, viram o endemoninhado, o que tivera a legião, assentado, vestido, em perfeito juízo; e temeram’ (Mc 5:15). O homem estava são novamente – física, mental, emocional e espiritualmente. A essência do evangelho é restaurar pessoas destruídas pelo pecado à plenitude para qual Cristo as criou.”1

“Havia pessoa melhor para alcançar aquelas dez cidades da área de Decápolis do que um endemoninhado transformado que podia compartilhar seu testemunho com toda a região? Ellen G. White declarou: ‘Como testemunhas de Cristo, devemos dizer o que sabemos, o que nós mesmos temos visto, ouvido e sentido. Se seguimos Jesus, passo a passo, teremos algo positivo a contar sobre a maneira pela qual Ele nos tem conduzido. Podemos dizer como temos experimentado Suas promessas e comprovado a fidelidade delas. Podemos dar testemunho do que temos conhecido da graça de Cristo. É esse o testemunho que nosso Senhor pede de nós, e por falta dele o mundo está a perecer’ (O Desejado de Todas as Nações, p. 340). Deus muitas vezes usa improváveis testemunhas, as quais são transformadas por Sua graça, para fazer a diferença em nosso mundo.”1

“Qual é a sua história de conversão? Como você se tornou cristão? Como alguém não convertido poderia se beneficiar da sua experiência e do seu testemunho?”1

Domingo, 05 de julho de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Testemunhas cativantes: o poder do testemunho pessoal

Lições da Bíblia

“Nós não podemos deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos” (At 4:20).1

“Há um poder incomum no testemunho pessoal. Quando nosso coração é enternecido pelo amor de Cristo e somos transformados por Sua graça, temos algo significativo a dizer sobre Ele. Uma coisa é compartilhar o que Jesus fez por outra pessoa. Outra coisa bastante diferente é compartilhar o que Ele fez por nós.”1

“É difícil argumentar contra a experiência pessoal. As pessoas podem debater sua teologia ou sua interpretação de um texto ou até zombar da religião em geral. Mas quando alguém diz: “Eu antes não tinha nenhuma esperança, mas agora tenho; eu estava repleto de culpa, mas agora tenho paz; minha vida não tinha sentido, mas agora tenho propósito”, até os céticos são impactados pelo poder do evangelho.”1

“Embora algumas pessoas passem por conversões repentinas e dramáticas como a do apóstolo Paulo na estrada de Damasco, a conversão ocorre com mais frequência quando uma pessoa tem um crescente reconhecimento da preciosidade de Jesus, uma profunda compreensão de Sua maravilhosa graça e um supremo senso de gratidão pela salvação que Ele oferece gratuitamente. Cristo reorienta radicalmente nossa vida. O mundo necessita desse testemunho e anseia por ele desesperadamente.”1

Sábado, 04 de julho de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 

Por que testemunhar? – Estudo adicional

Lições da Bíblia

Textos de Ellen G. White: Atos dos Apóstolos, p. 9-16 (“O propósito de Deus para Sua igreja”); O Desejado de Todas as Nações, p. 822-828 (“A grande comissão”).1

“A igreja do Novo Testamento enfrentou o perigo de não entender o propósito de sua existência. Ellen G. White descreveu essa situação: ‘A perseguição que sobreveio à igreja de Jerusalém resultou em grande impulso para a pregação do evangelho. O êxito havia acompanhado o ministério da Palavra nesse lugar, e havia o perigo de que os discípulos se demorassem ali por muito tempo, despreocupados com relação à tarefa que haviam recebido do Salvador: ir a todo o mundo. Esquecendo-se de que a melhor maneira de se obter força para resistir ao mal é o trabalho árduo, começaram a pensar que o mais importante seria proteger a igreja de Jerusalém dos ataques do inimigo. Em vez de instruir os novos conversos para levar o evangelho aos que ainda não o conheciam, corriam o risco de tomar um caminho que os levaria a se sentirem satisfeitos com o que já havia sido alcançado’ (Atos dos Apóstolos, p. 105).”1

Perguntas para consideração

“1. Observe atentamente a citação de Ellen G. White acima, especialmente a última frase. Por que essa atitude seria tão terrível e tragicamente equivocada?”1

“2. Por que todos os evangelhos terminam com uma ordem semelhante?

Mt 28:18-20 (ARA)2: “18 Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. 19 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; 20 ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.”

Mc 16:15, 16 (ARA)2: “15 E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. 16 Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado.”

Lc 24:46-49 (ARA)2: “46 e lhes disse: Assim está escrito que o Cristo havia de padecer e ressuscitar dentre os mortos no terceiro dia 47 e que em seu nome se pregasse arrependimento para remissão de pecados a todas as nações, começando de Jerusalém. 48 Vós sois testemunhas destas coisas. 49 Eis que envio sobre vós a promessa de meu Pai; permanecei, pois, na cidade, até que do alto sejais revestidos de poder.”

Jo 20:21 (ARA)2: “Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco! Assim como o Pai me enviou, eu também vos envio.”

O que isso significou para aqueles cristãos do primeiro século e o que deve significar para nós?”1

“3. O testemunho e o serviço podem se tornar um substituto da espiritualidade genuína? Como podemos tomar cuidado com essa armadilha?”1

“4. O testemunho e o serviço influenciam seu crescimento espiritual? Você pode ajudar os outros com suas experiências? Como poderia ajudá-los a evitar os erros que você cometeu?”1

“5. Deus ama cada um de nós. Você entende o que isso significa? Talvez essa seja a verdade mais importante do Universo. De que modo ela impacta sua maneira de viver?”1

Sexta-feira, 03 de julho de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Motivados pelo amor

Lições da Bíblia

“Nesta semana, nosso foco foi responder à seguinte pergunta: ‘Por que testemunhar?’. Descobrimos que, ao compartilhar nossa fé, temos a alegria de cooperar com Deus em Sua missão ao mundo. Nosso testemunho de Seu amor oferece às pessoas maiores oportunidades de salvação, uma vez que elas podem ver mais claramente Sua graça e Sua verdade.”1

“Ao mesmo tempo, testemunhar é também um dos meios de Deus para nos fazer crescer espiritualmente. Não compartilhar o que Cristo fez por nós e não ministrar aos outros sufoca a verdadeira vida espiritual.”1

“Testemunhar nos coloca em contato com o coração Daquele que deseja que toda a humanidade seja salva. É uma resposta de obediência ao Seu mandamento. Na lição de hoje, estudaremos a maior motivação de todas para testemunhar.”1

“7. Leia 2 Coríntios 5:14, 15, 18-20. O que motivou Paulo a experimentar provações, tribulações e dificuldades por causa do evangelho? Essa mesma motivação nos inspira a servir a Cristo? Assinale a alternativa correta:”1

2 Coríntios 5:14, 15, 18-20 (ARA)2: “14 Pois o amor de Cristo nos constrange, julgando nós isto: um morreu por todos; logo, todos morreram. 15 E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. […] 18 Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, 19 a saber, que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões, e nos confiou a palavra da reconciliação. 20 De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo, como se Deus exortasse por nosso intermédio. Em nome de Cristo, pois, rogamos que vos reconcilieis com Deus.”

A. ( ) O desejo de se tornar um famoso fariseu. Devemos buscar fama e sucesso.
B. ( ) O amor deve ser o motivo principal de nosso serviço a Cristo e aos outros.

Resposta sugestiva: Alternativa B.

“O apóstolo Paulo foi motivado pelo amor. Por amor, somos capazes de fazer certas coisas que não faríamos por nenhuma outra razão. Quando ele declarou que ‘o amor de Cristo nos constrange’, apresentou uma verdade eterna. O verbo ‘constranger’ significa ‘instar, impulsionar, controlar ou motivar grandemente’. O amor de Cristo controlava as ações de Paulo e motivava seu testemunho. Com um destemido propósito e singeleza de espírito, ele compartilhou o plano da salvação em todo o mundo mediterrâneo.”1

“O amor deve residir no coração. O cristão verdadeiro age pelo profundo amor ao Mestre. Do amor a Cristo brota o interesse abnegado por seus irmãos” (Ellen G. White, O Lar Adventista, p. 425).1

“Quando reconhecemos verdadeiramente o imenso sacrifício que Cristo fez por nós, somos dominados por Seu amor e compelidos a compartilhar o que Ele fez por nós.”1

“O Criador de tudo (galáxias, estrelas, anjos, planetas e o Universo) também morreu na cruz por nós. É impossível que essa verdade não gere em nós o amor a Deus e o consequente desejo de compartilhar esse amor.”1

Quinta-feira, 02 de julho de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Fidelidade ao mandamento de Cristo

Lições da Bíblia

“A lealdade a Cristo requer um compromisso de fazer Sua vontade. Ela exige obediência aos Seus mandamentos, resulta em um coração que pulsa com o de Cristo na salvação dos perdidos e coloca como prioridade o que Ele prioriza.”1

“5. Leia 1 Timóteo 2:3, 4 e 2 Pedro 3:9. O que essas passagens revelam sobre o coração de Deus? Qual é a sua prioridade?”1

1 Timóteo 2:3, 4 (ARA)2: “3 Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador, 4 o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade.”

2 Pedro 3:9 (ARA)2: “Não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento.”

“Deus é apaixonado pela salvação das pessoas. Não há nada mais importante para Ele. É Seu desejo sincero que ‘todos’ sejam salvos e ‘cheguem ao pleno conhecimento da verdade’ (1Tm 2:4), ‘não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento’ (2Pe 3:9). A respeito dessa passagem, o Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia indica que a palavra grega usada para ‘querer’ é boulomai, que expressa ‘a inclinação da mente, como ‘querer’ e ‘desejar’’. O comentário faz então esta observação perspicaz sobre a pequena palavra senão: A palavra grega para ‘senão’ é ala, usada aqui para destacar ‘o contraste entre a interpretação errônea da natureza de Deus, de que Ele houvesse determinado que alguns morressem, e a verdade de que Ele deseja que todos sejam salvos’ (v. 7, p. 676). O mandamento de Cristo de que cada um de nós participe de Sua missão como testemunha de Seu amor, graça e verdade é fruto de Seu desejo de que toda a humanidade seja salva.”1

“6. Leia Atos 13:47 e compare com Isaías 49:6. A quem essa passagem se aplicava inicialmente? Como o apóstolo Paulo a usou?”1

Atos 13:47 (ARA)2: “Porque o Senhor assim no-lo determinou: Eu te constituí para luz dos gentios, a fim de que sejas para salvação até aos confins da terra.”

Isaías 49:6 (ARA)2: “Sim, diz ele: Pouco é o seres meu servo, para restaurares as tribos de Jacó e tornares a trazer os remanescentes de Israel; também te dei como luz para os gentios, para seres a minha salvação até à extremidade da terra.

“Há ocasiões em que uma profecia do Antigo Testamento tem mais de uma aplicação. Aqui o apóstolo Paulo tomou uma profecia que se referia primeiramente a Israel e profeticamente ao Messias (veja Is 41:8 [‘Mas tu, ó Israel, servo meu, tu, Jacó, a quem elegi, descendente de Abraão, meu amigo,’]; Is 49:6 [‘Sim, diz ele: Pouco é o seres meu servo, para restaurares as tribos de Jacó e tornares a trazer os remanescentes de Israel; também te dei como luz para os gentios, para seres a minha salvação até à extremidade da terra.’]; Lc 2:32 [‘luz para revelação aos gentios, e para glória do teu povo de Israel.’]) e a aplicou à igreja do Novo Testamento. Se a igreja negligenciar ou minimizar o mandamento de Cristo, ela falha no propósito de sua existência e perde seu chamado profético ao mundo.”1

“Quais são os perigos para a igreja, quando ela se torna tão concentrada em seu interior a ponto de se esquecer do seu propósito missionário?”1

Quarta-feira, 01 de julho de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Crescendo por meio da doação

Lições da Bíblia

“O Mar Morto marca a altitude mais baixa da Terra. A 423 metros abaixo do nível do mar, ele é considerado o mar mais baixo do mundo. O rio Jordão flui do mar da Galileia e serpenteia através do vale do Jordão até terminar no Mar Morto.”1

“O clima quente e seco, com a intensa luz solar e as condições do deserto, faz com que a água evapore rapidamente. Como o teor de sal e minerais do Mar Morto é de 33,7%, pouca coisa sobrevive em suas águas. Não há peixes nem plantas; apenas alguns micróbios e bactérias na parte inferior.”1

“Na vida cristã, se a graça de Deus que atua em nossa vida não fluir para os outros, ficaremos estagnados e quase sem vida, como o Mar Morto. Não é assim que devemos viver.”1

4. Leia João 7:37, 38 e Lucas 6:38. Em contraste com a experiência do Mar Morto, quando os cristãos recebem as correntes refrescantes da água viva de Cristo, qual é o resultado natural?

João 7:37, 38 (ARA)2: “37 No último dia, o grande dia da festa, levantou-se Jesus e exclamou: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. 38 Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva.

Lucas 6:38 (ARA)2: “38 dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos darão; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também.”

“Deus poderia ter realizado Seu plano de salvar pecadores sem o nosso auxílio; mas, para desenvolvermos caráter semelhante ao de Cristo, precisamos partilhar de Sua obra. Com o propósito de participar da alegria Dele, a alegria de ver pessoas redimidas por Seu sacrifício, devemos colaborar em Sua obra para redenção delas” (Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, p. 142).1

“Os que desejam ser vencedores precisam negar a si mesmos; e a única coisa que efetuará essa grandiosa obra é interessar-se vivamente pela salvação dos outros” (Ellen G. White, Fundamentos da Educação Cristã, p. 207).

“Crescemos ao compartilharmos o que Cristo fez em nossa vida. Considerando tudo o que recebemos em Cristo, o que, senão o egoísmo mais abjeto, poderia nos impedir de compartilhar o que nos foi dado? Entretanto, se deixarmos de compartilhar nossa fé, nossa vida espiritual se tornará tão estagnada quanto o Mar Morto.”1

Quais têm sido suas experiências em testemunhar para os outros, orar com os outros e ministrar às necessidades de outras pessoas? Como essas experiências têm impactado sua fé e sua caminhada com o Senhor?1

Terça-feira, 30 de junho de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

O que agrada a Jesus?

Lições da Bíblia

“Alguém já lhe perguntou: ‘Como está seu dia?’, ‘Está tudo bem com você?’. E se você fizesse essas perguntas a Deus? ‘Deus, como vai Seu dia?’ Que tipo de resposta você receberia? Possivelmente seria assim: ‘Meu dia foi extremamente difícil. Lágrimas encheram Meus olhos nos diversos campos de refugiados repletos de crianças com frio, famintas e chorosas. Andei pelas ruas das cidades mais movimentadas do mundo e chorei com os sem-teto e os necessitados. Meu coração se entristece por mulheres abusadas e crianças assustadas vendidas como escravas sexuais. Testemunhei a destruição causada pela guerra, os efeitos devastadores de desastres naturais e a dolorosa agonia de doenças mortais e debilitantes’. E se você perguntasse ao Senhor: ‘Mas Deus, há algo que traga alegria ao Seu coração? Existe algo que O faça cantar?’.

“2. Leia Lucas 15:6, 7, 9, 10 e 22-24, 32. Como essas histórias terminam e o que esses finais revelam sobre Deus? Assinale a alternativa correta:”1

Lucas 15:6, 7, 9, 10 e 22-24, 32 (ARA)2: “6 E, indo para casa, reúne os amigos e vizinhos, dizendo-lhes: Alegrai-vos comigo, porque já achei a minha ovelha perdida. Digo-vos que, assim, haverá maior júbilo no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento. […] 9 E, tendo-a achado, reúne as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque achei a dracma que eu tinha perdido. 10 Eu vos afirmo que, de igual modo, há júbilo diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende. […] 22 O pai, porém, disse aos seus servos: Trazei depressa a melhor roupa, vesti-o, ponde-lhe um anel no dedo e sandálias nos pés; 23 trazei também e matai o novilho cevado. Comamos e regozijemo-nos, 24 porque este meu filho estava morto e reviveu, estava perdido e foi achado. E começaram a regozijar-se. […] 32 Entretanto, era preciso que nos regozijássemos e nos alegrássemos, porque esse teu irmão estava morto e reviveu, estava perdido e foi achado.

A.( ) Com celebração e regozijo, pois Deus Se alegra com um pecador arrependido.
B.( ) Com indiferença, pois Deus Se alegra somente com as boas obras dos justos.

Resposta sugestiva: Alternativa A.

“Todo o Céu se alegra quando os perdidos são encontrados. Neste mundo cheio de doenças, desastres e morte, podemos trazer alegria ao coração de Deus ao compartilharmos as boas-novas da salvação. Uma das maiores motivações para levar o amor de Cristo é saber que testemunhar traz alegria ao Senhor. Toda vez que revelamos Sua graça, o Céu entoa cânticos de louvor.”1

“3. Leia Sofonias 3:17. Qual é a resposta de nosso Senhor quando aceitamos Sua graça salvadora?”1

Sofonias 3:17 (ARA)2: “O Senhor, teu Deus, está no meio de ti, poderoso para salvar-te; ele se deleitará em ti com alegria; renovar-te-á no seu amor, regozijar-se-á em ti com júbilo.

“Imagine que, como resultado de seu testemunho, homens ou mulheres, meninos ou meninas aceitam Jesus como Salvador pessoal. Cristo Se alegra. O Céu irrompe em canções arrebatadoras, e nosso poderoso Salvador Se regozija com cânticos por causa dessas pessoas. O que pode ser mais recompensador, mais gratificante, do que saber que seu testemunho traz alegria ao coração de Deus neste mundo de tristeza?”1

Segunda-feira, 29 de junho de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Oferecendo oportunidades de salvação

Lições da Bíblia

“Deus oferece diariamente oportunidades para que as pessoas de todos os lugares O conheçam. Ele move o coração delas mediante Seu Espírito Santo. Ele Se revela na beleza e complexidade do mundo natural. A imensidão, ordem e simetria do Universo manifestam um Deus infinito, com sabedoria ilimitada e poder sobrenatural. Deus organiza circunstâncias ou providências em nossa vida a fim de nos atrair para Si.”1

“Embora Deus Se revele mediante as impressões de Seu Espírito, as glórias da natureza e os atos da Providência, a revelação mais clara de Seu amor se encontra na vida e no ministério de Jesus Cristo. Quando compartilhamos Jesus com outras pessoas, oferecemos a elas a melhor oportunidade de salvação.”1

“1. Leia Lucas 19:10 e Tiago 5:19, 20. O que o evangelho de Lucas ensina sobre o propósito de Cristo ao vir à Terra? Como podemos cooperar com o Senhor em Sua obra de salvar os perdidos?”1

Lucas 19:10 (ARA)2: “Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o perdido.”

Tiago 5:19, 20 (ARA)2: “19 Meus irmãos, se algum entre vós se desviar da verdade, e alguém o converter, 20 sabei que aquele que converte o pecador do seu caminho errado salvará da morte a alma dele e cobrirá multidão de pecados.

“De acordo com Tiago, ‘aquele que converte o pecador do seu caminho errado salvará da morte a alma dele e cobrirá multidão de pecados’ (Tg 5:20). O livro de Romanos amplia esse pensamento. Em Romanos 1 e 2, tanto os gentios que viram a revelação de Deus na natureza quanto os judeus que receberam a revelação profética de Deus nas Escrituras estão perdidos sem Cristo. Em Romanos 3–5, o apóstolo Paulo revelou que a salvação vem pela graça, unicamente por meio da fé. Em Romanos 6–8, ele descreveu como a graça, que justifica cada cristão, também santifica. Em Romanos 10, ele declarou que ‘todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo’ (Rm 10:13) e depois ressaltou que ninguém pode invocar se não crer; e ninguém pode crer se não ouvir, e não pode ouvir a menos que alguém lhe diga. Portanto, somos os elos de Deus no plano da salvação para alcançar os perdidos com a glória do evangelho.”1

“Não testemunhamos apenas para dar às pessoas sua única chance de salvação. Testemunhamos para dar-lhes sua melhor chance. Qual é a nossa função no plano divino para redimir a humanidade? Quantas pessoas ouviram o evangelho de nossos lábios?”1

Domingo, 28 de junho de 2020. Saiba mais, faça um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Fazendo amigos para Deus: A alegria de participar de Sua missão. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 501, jul. ago. set. 2020. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.