O dízimo equivale a um décimo

Lições da Bíblia1

Os dicionários definem o dízimo como “uma décima parte de algo” ou “10 por cento”. É provável que essa definição tenha sido tirada da narrativa bíblica. Entregar o dízimo é simplesmente devolver 10 por cento da renda, ou lucro, a Deus. Tudo que temos pertence a Ele em primeiro lugar. A legislação do dízimo dada a Israel no Sinai indica que o dízimo é santo e pertence a Deus (Lv 27:30, 32). Nosso Pai pede somente dez por cento. Nossas ofertas de gratidão são adicionais ao dízimo e separadas dele.

O dízimo é o testemunho mínimo do compromisso do cristão. Em nenhum lugar da Bíblia encontramos indicação de que a porção de Deus seja inferior a um décimo.

1. Leia Gênesis 14:18-20 e Hebreus 7:1-9. Qual foi a reação de Abrão ao conhecer Melquisedeque? O que isso nos ensina sobre quão antiga é a prática de devolver o dízimo?

Gênesis 14:18-20 (ARA)2: “18 Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; era sacerdote do Deus Altíssimo; 19 abençoou ele a Abrão e disse: Bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, que possui os céus e a terra; 20 e bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus adversários nas tuas mãos. E de tudo lhe deu Abrão o dízimo.

Hebreus 7:1-9 (ARA)2: “1 Porque este Melquisedeque, rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, que saiu ao encontro de Abraão, quando voltava da matança dos reis, e o abençoou,para o qual também Abraão separou o dízimo de tudo (primeiramente se interpreta rei de justiça, depois também é rei de Salém, ou seja, rei de paz; 3 sem pai, sem mãe, sem genealogia; que não teve princípio de dias, nem fim de existência, entretanto, feito semelhante ao Filho de Deus), permanece sacerdote perpetuamente. 4 Considerai, pois, como era grande esse a quem Abraão, o patriarca, pagou o dízimo tirado dos melhores despojos.Ora, os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm mandamento de recolher, de acordo com a lei, os dízimos do povo, ou seja, dos seus irmãos, embora tenham estes descendido de Abraão;entretanto, aquele cuja genealogia não se inclui entre eles recebeu dízimos de Abraão e abençoou o que tinha as promessas.Evidentemente, é fora de qualquer dúvida que o inferior é abençoado pelo superior.Aliás, aqui são homens mortais os que recebem dízimos, porém ali, aquele de quem se testifica que vive.E, por assim dizer, também Levi, que recebe dízimos, pagou-os na pessoa de Abraão.

A primeira menção do dízimo na Bíblia está em Gênesis 14, que conta a história do encontro de Melquisedeque com Abrão. A última menção de dízimo na Bíblia lembra o mesmo encontro, mas as palavras “décimo” e “dízimo” são usadas de forma intercambiável (veja Hb 7:1-9). Observe na história de Hebreus que nem Melquisedeque nem Cristo eram da tribo de Levi. Então, o dízimo precede e segue a particularidade dos levitas. O dízimo não é um costume exclusivamente judaico e não teve origem com os hebreus no Sinai.

2. Leia Gênesis 28:13, 14, 20-22. O que Deus prometeu fazer por Jacó e qual foi a resposta dele a Deus?

Gênesis 28:13, 14, 20-22 (ARA)2: “13 Perto dele estava o Senhor e lhe disse: Eu sou o Senhor, Deus de Abraão, teu pai, e Deus de Isaque. A terra em que agora estás deitado, eu ta darei, a ti e à tua descendência. 14 A tua descendência será como o pó da terra; estender-te-ás para o Ocidente e para o Oriente, para o Norte e para o Sul. Em ti e na tua descendência serão abençoadas todas as famílias da terra. […] 20 Fez também Jacó um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta jornada que empreendo, e me der pão para comer e roupa que me vista, 21 de maneira que eu volte em paz para a casa de meu pai, então, o Senhor será o meu Deus; 22 e a pedra, que erigi por coluna, será a Casa de Deus; e, de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo.”

Quando Jacó saiu de casa, fugindo de Esaú, certa noite ele sonhou com uma escada que subia da Terra ao Céu. Anjos subiam e desciam por ela. Deus Se encontrava no topo e prometeu estar com Jacó e um dia trazê-lo de volta. Aquele jovem solteiro teve a experiência de conversão e disse: “O Senhor será o meu Deus; […] e, de tudo o que me concederes, certamente Te darei o dízimo” (Gn 28:21, 22).

Por que é importante entender que o dízimo, assim como o sábado, não teve origem no antigo sistema legal ou religioso israelita? Vivendo depois da cruz, que mensagem devemos tirar dessa verdade?

Domingo, 15 de janeiro de 2023. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Admistradores fieis: à espera do Mestre. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 511, jan. fev. mar. 2023. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s