A mente de Cristo

Lições da Bíblia1

Alguns acreditam que o indivíduo será transformado com a mudança do ambiente. Devemos evitar lugares e circunstâncias que nos tornem vulneráveis à tentação (Sl 1:1; Pv 5:1-8). Mas o problema com a tentação e o pecado só pode ser resolvido pela mudança do coração (ou mente). Cristo tocou o cerne da questão: “Do coração das pessoas, é que procedem os maus pensamentos, as imoralidades sexuais, os furtos, os homicídios, os adultérios, a avareza, as maldades, o engano, a libertinagem, a inveja, a blasfêmia, o orgulho, a falta de juízo” (Mc 7:21, 22). Isso significa que a mente precisa ser transformada para que o comportamento seja alterado.

4. O que significa ter a “mente de Cristo”? 1Co 2:16; Sl 24:3, 4; Rm 12:2; Fp 4:8; Cl 3:2

1Co 2:16 (ARA)2: “Pois quem conheceu a mente do Senhor, que o possa instruir? Nós, porém, temos a mente de Cristo.

Sl 24:3, 4 (ARA)2: “3 Quem subirá ao monte do Senhor? Quem há de permanecer no seu santo lugar?O que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à falsidade, nem jura dolosamente.

Rm 12:2 (ARA)2: “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Fp 4:8 (ARA)2: “Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento.

Cl 3:2 (ARA)2: “Pensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra;

O Senhor havia prometido que sob a “nova aliança” Ele colocaria Sua lei na mente de Seu povo e a escreveria no coração (Jr 31:31-33; Hb 8:8-10; 10:16). Não é surpresa que, no Sermão da Montanha, Cristo ampliou e aprofundou o significado dos mandamentos ao nível de pensamentos e intenções (Mt 5:17-48). Assim, podemos vencer a tentação somente pela graça de Deus e, no nível de pensamentos e intenções, devemos reivindicar a promessa para que dominemos os pensamentos pecaminosos.

Nós sempre teremos natureza pecaminosa até que Jesus volte. Mas, se estamos em Cristo, estamos totalmente cobertos por Sua justiça. Embora ainda não sejamos perfeitos, já somos considerados perfeitos Nele (Fp 3:12-15). “Quando estamos unidos a Cristo, temos a mente de Cristo. A pureza e o amor resplandecem no caráter, a mansidão e a verdade controlam a vida. A própria expressão de nosso semblante se transforma. Cristo, habitando na alma, exerce um poder transformador, e o aspecto exterior testifica da paz e alegria que reinam no interior” (Ellen G. White, Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 337).

Podemos ter essa transformação somente por meio da entrega diária, morte diária para o egoísmo, e pelo esforço determinado de, pela fé, ser obedientes a Jesus.

Imagine como sua vida seria diferente se você pudesse deter seus pensamentos pecaminosos… Qual é a única maneira de fazer com que essa seja a sua experiência?

Terça-feira, 13 de dezembro de 2022. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico
_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Vida, morte e eternidade. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 510, out. nov. dez. 2022. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s