Tumba selada

Lições da Bíblia1

A missão de Cristo parecia ter terminado (e até fracassado) com Sua morte na cruz. Satanás instigou Judas para que traísse o Salvador (Lc 22:3, 4; Jo 13:26, 27) e os principais sacerdotes e anciãos para que exigissem Sua morte (Mt 26:59; 27:20). Depois que Jesus foi preso, “todos os discípulos O deixaram e fugiram” (Mt 26:56), e Pedro O negou três vezes (Mt 26:69-75). Jesus jazia num túmulo escavado em uma rocha, fechado com uma pedra grande, selado, protegido por guardas romanos (Mt 27:57-66), e vigiado por poderes demoníacos invisíveis. “Se fosse possível, o príncipe das trevas, com seu exército de rebeldes, teria mantido para sempre fechado o túmulo que guardava o Filho de Deus” (Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, p. 627).

Durante Seu ministério terrestre, Cristo havia predito não apenas Sua morte na cruz, mas também Sua ressurreição. Usando a linguagem inclusiva oriental, em que uma fração de um dia representa um dia inteiro, Jesus mencionou: “Como Jonas esteve três dias e três noites no ventre do grande peixe, assim o Filho do Homem estará três dias e três noites no coração da terra” (Mt 12:39, 40). Em outras ocasiões, Jesus ressaltou que seria morto, mas no terceiro dia ressuscitaria (Mt 16:21; 17:22, 23; 20:17-19). Os principais sacerdotes e os fariseus estavam cientes dessas declarações e tomaram medidas que eles esperavam que pudessem impedir Sua ressurreição.

1. Leia Mateus 27:62-66. Como essas ações só ajudaram a dar ao mundo mais evidências da ressurreição de Jesus?

Mateus 27:62-66 (ARA)2: “62 No dia seguinte, que é o dia depois da preparação, reuniram-se os principais sacerdotes e os fariseus e, dirigindo-se a Pilatos, 63 disseram-lhe: Senhor, lembramo-nos de que aquele embusteiro, enquanto vivia, disse: Depois de três dias ressuscitarei. 64 Ordena, pois, que o sepulcro seja guardado com segurança até ao terceiro dia, para não suceder que, vindo os discípulos, o roubem e depois digam ao povo: Ressuscitou dos mortos; e será o último embuste pior que o primeiro. 65 Disse-lhes Pilatos: Aí tendes uma escolta; ide e guardai o sepulcro como bem vos parecer. 66 Indo eles, montaram guarda ao sepulcro, selando a pedra e deixando ali a escolta.”

As medidas tomadas para manter Jesus no túmulo só tornaram ainda mais evidente Sua vitória sobre a morte e sobre as hostes do mal, pois essas precauções foram uma tentativa de evitar que isso acontecesse.

Esses homens tinham ouvido falar dos milagres de Jesus e até testemunhado alguns deles. No entanto, pensaram que um guarda sobre o túmulo poderia impedir que Ele fosse ressuscitado?

Além disso, qual foi o pretexto para colocar um guarda junto ao túmulo? Os discípulos poderiam roubar o corpo e alegar que Jesus havia ressuscitado? Quando pergunta sem: Onde está o Jesus ressuscitado? Eles diriam: creiam em nossa palavra.

Suas ações revelaram o quanto temiam Jesus, mesmo após Sua morte. Talvez, temessem que Ele pudesse ressuscitar.

Domingo, 06 de novembro de 2022. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Vida, morte e eternidade. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 510, out. nov. dez. 2022. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s