Ressurreições anteriores à cruz

Lições da Bíblia1

“Então Jesus declarou: – Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em Mim, ainda que morra, viverá. E todo o que vive e crê em Mim não morrerá eternamente. Você crê nisto?” (Jo 11: 25, 26).

As referências do AT à ressurreição que vimos até agora se fundamentam, em grande parte, em expectativas pessoais (Jó 19:25-27; Hb 11:17-19; Sl 49:15; 71:20) e em promessas (Dn 12:1, 2, 13). No entanto, também temos os registros inspirados de casos em que pessoas realmente foram ressuscitadas dos mortos.

A primeira ressurreição foi a de Moisés (Jd 9; Lc 9:28-36). Durante a monarquia de Israel, o filho da viúva de Sarepta (1Rs 17:8-24) e o filho da sunamita (2Rs 4:18-37) também foram ressuscitados. Cristo, durante Seu ministério terrestre, ressuscitou o filho da viúva de Naim (Lc 7:11-17), a filha de Jairo (Lc 8:40-56) e depois Lázaro (Jo 11). Com exceção de Moisés, todas essas pessoas foram ressuscitadas como mortais que, enfim, voltariam a morrer. Esses casos também confirmam o ensino bíblico da inconsciência dos mortos (Jó 3:11-13; Sl 115:17; 146:4; Ec 9:5, 10). Em nenhum desses relatos, nem em qualquer outra narrativa bíblica da ressurreição, há alguma menção a uma suposta experiência de vida após a morte.

Nesta semana, vamos refletir sobre as ressurreições que ocorreram antes da própria morte e ressurreição de Cristo.

Sábado, 22 de outubro de 2022. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Vida, morte e eternidade. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 510, out. nov. dez. 2022. Adulto, Professor. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s