Uma antecipação da nova criação

Lições da Bíblia1

Compare Êxodo 20:8-11; Deuteronômio 5:12-15 e Hebreus 4:8-11. Que diferenças encontramos quanto ao significado do descanso sabático?

Êxodo 20:8-11 (ARA)2: “8 Lembra-te do dia de sábado, para o santificar. 9 Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra. 10 Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor, teu Deus; não farás nenhum trabalho, nem tu, nem o teu filho, nem a tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o forasteiro das tuas portas para dentro; 11 porque, em seis dias, fez o Senhor os céus e a terra, o mar e tudo o que neles há e, ao sétimo dia, descansou; por isso, o Senhor abençoou o dia de sábado e o santificou.

Deuteronômio 5:12-15 (ARA)2: “12 Guarda o dia de sábado, para o santificar, como te ordenou o Senhor, teu Deus. 13 Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra. 14 Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor, teu Deus; não farás nenhum trabalho, nem tu, nem o teu filho, nem a tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu boi, nem o teu jumento, nem animal algum teu, nem o estrangeiro das tuas portas para dentro, para que o teu servo e a tua serva descansem como tu;15 porque te lembrarás que foste servo na terra do Egito e que o Senhor, teu Deus, te tirou dali com mão poderosa e braço estendido; pelo que o Senhor, teu Deus, te ordenou que guardasses o dia de sábado.

Hebreus 4:8-11 (ARA)2: “8 Ora, se Josué lhes houvesse dado descanso, não falaria, posteriormente, a respeito de outro dia. 9 Portanto, resta um repouso para o povo de Deus. 10 Porque aquele que entrou no descanso de Deus, também ele mesmo descansou de suas obras, como Deus das suas. 11 Esforcemo-nos, pois, por entrar naquele descanso, a fim de que ninguém caia, segundo o mesmo exemplo de desobediência.

Êxodo e Deuteronômio nos convidam a olhar o passado e descansar no sábado para celebrar as obras da criação e da redenção. Hebreus 4: 9-11, no entanto, nos convida a olhar para o futuro. Diz-nos que Deus preparou um descanso sabático vindouro e sugere uma nova dimensão para a guarda do sábado. O descanso sabático celebra não apenas as vitórias de Deus no passado, mas também as promessas divinas para o futuro.

A dimensão futura da observância do sábado sempre existiu, mas muitas vezes foi negligenciada. Após a queda, passou a ser a promessa de que Deus um dia restauraria a criação à sua glória original por meio do Messias. Deus nos ordenou que celebrássemos Seus atos de redenção por meio da observância do sábado, pois esse dia aponta para a culminação da redenção em uma nova criação. A observância do sétimo dia é uma antecipação do céu neste mundo imperfeito.

Isso sempre foi claro na tradição judaica. “Life of Adam and Eve”, The Old Testament Pseudepigrapha, de James H. Charlesworth, obra escrita entre 100 a.C. e 200 d.C., p. 18, diz: “O sétimo dia é um sinal da ressurreição, o descanso da era vindoura”. Outra fonte diz que a era vindoura é “o dia que é descanso sabático para a eternidade” (Jacob Neusner, The Mishnah, a New Translation [Yale University Press, 1988], p. 873). Othiot of Rabbi Akiba, uma fonte posterior, diz: “Israel disse perante o Santo, ‘Bendito seja Ele, Mestre do Mundo, se observarmos os mandamentos, que recompensa teremos?’ Ele lhe disse: ‘O mundo vindouro’. Disse-Lhe: ‘Mostra-nos como ele é’. Ele lhes mostrou o sábado’” (Theodore Friedman, “The Sabbath Anticipation of Redemption” [Judaism: A Quarterly Journal, v. 16], p. 443, 444).

O sábado é celebração, alegria e ação de graças. Ao observá-lo, demonstramos que cremos nas promessas de Deus, que aceitamos o dom da graça. O sábado é a fé vibrante. Quanto às ações, a observância do sábado provavelmente seja a expressão mais completa da convicção de que somos salvos pela graça por meio da fé Nele.

Como guardar o sábado mostrando o entendimento do que é a salvação pela fé, à parte das obras da lei? Em que sentido descansar no sábado expressa salvação pela graça?

Quinta-feira, 27 de janeiro de 2022. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Hebreus mensagem para os últimos dias. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 507, jan. fev. mar. 2022. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s