Mal-estar

Lições da Bíblia1

Os leitores de Hebreus tiveram êxito em manter sua fé e compromisso com Cristo, apesar da rejeição e perseguição. O conflito, no entanto, cobrou seu preço. Eles lutaram e saíram vitoriosos, mas também cansados.

4. Leia Hebreus 2:18; 3:12, 13; 4:15; 10:25; 12:3, 12, 13; 13:1-9, 13. Quais foram alguns dos desafios que os crentes enfrentaram?

Hebreus 2:18 (ARA)2: “Pois, naquilo que ele mesmo sofreu, tendo sido tentado, é poderoso para socorrer os que são tentados.”

Hebreus 3:12, 13 (ARA)2: “12 Tende cuidado, irmãos, jamais aconteça haver em qualquer de vós perverso coração de incredulidade que vos afaste do Deus vivo; 13 pelo contrário, exortai-vos mutuamente cada dia, durante o tempo que se chama Hoje, a fim de que nenhum de vós seja endurecido pelo engano do pecado.

Hebreus 4:15 (ARA)2: “15 Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado.”

Hebreus 10:25 (ARA)2: “Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima.”

Hebreus 12:3, 12, 13 (ARA)2: “3 Considerai, pois, atentamente, aquele que suportou tamanha oposição dos pecadores contra si mesmo, para que não vos fatigueis, desmaiando em vossa alma. […] 12 Por isso, restabelecei as mãos descaídas e os joelhos trôpegos; 13 e fazei caminhos retos para os pés, para que não se extravie o que é manco; antes, seja curado.”

Hebreus 13:1-9, 13 (ARA)2: 1 Seja constante o amor fraternal. 2 Não negligencieis a hospitalidade, pois alguns, praticando-a, sem o saber acolheram anjos. 3 Lembrai-vos dos encarcerados, como se presos com eles; dos que sofrem maus tratos, como se, com efeito, vós mesmos em pessoa fôsseis os maltratados. 4 Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e adúlteros. 5 Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei. 6 Assim, afirmemos confiantemente: O Senhor é o meu auxílio, não temerei; que me poderá fazer o homem? 7 Lembrai-vos dos vossos guias, os quais vos pregaram a palavra de Deus; e, considerando atentamente o fim da sua vida, imitai a fé que tiveram. 8 Jesus Cristo, ontem e hoje, é o mesmo e o será para sempre. 9 Não vos deixeis envolver por doutrinas várias e estranhas, porquanto o que vale é estar o coração confirmado com graça e não com alimentos, pois nunca tiveram proveito os que com isto se preocuparam. […] 13 Saiamos, pois, a ele, fora do arraial, levando o seu vitupério.”

Os cristãos continuaram a ter dificuldades. Ataques verbais e provavelmente outros tipos de ataques contra sua honra continuaram a ocorrer (Hb 13:13). Alguns estavam na prisão (Hb 13:3) – algo que pode ter esgotado a igreja financeira e psicologicamente. Estavam cansados (Hb 12:12, 13) e podiam facilmente desanimar (Hb 12:3).

Passado o ânimo da vitória, é comum entre as pessoas e comunidades que as defesas psicológicas e de outros tipos sejam afrouxadas e se tornem mais vulneráveis ao contra-ataque de inimigos. Fica mais difícil reunir uma segunda vez a força que uma pessoa ou comunidade mobilizou para enfrentar uma ameaça iminente.

5. Leia 1 Reis 19:1-4. O que aconteceu com Elias?

1 Reis 19:1-4 (ARA)2: “1 Acabe fez saber a Jezabel tudo quanto Elias havia feito e como matara todos os profetas à espada. 2 Então, Jezabel mandou um mensageiro a Elias a dizer-lhe: Façam-me os deuses como lhes aprouver se amanhã a estas horas não fizer eu à tua vida como fizeste a cada um deles. 3 Temendo, pois, Elias, levantou-se, e, para salvar sua vida, se foi, e chegou a Berseba, que pertence a Judá; e ali deixou o seu moço.Ele mesmo, porém, se foi ao deserto, caminho de um dia, e veio, e se assentou debaixo de um zimbro; e pediu para si a morte e disse: Basta; toma agora, ó Senhor, a minha alma, pois não sou melhor do que meus pais.

“No entanto, a reação que frequentemente se segue aos momentos de muita fé e glorioso sucesso estava pressionando Elias. Ele temeu que a reforma iniciada no Carmelo não fosse duradoura, e a depressão tomou conta dele. Havia sido exaltado ao topo do Pisga; agora estava no vale. Enquanto esteve sob a inspiração do Onipotente, ele havia resistido à mais severa prova de fé; mas, naquele momento de desânimo, com a ameaça de Jezabel ecoando em seus ouvidos e Satanás ainda aparentemente prevalecendo mediante a trama dessa ímpia mulher, ele perdeu sua firmeza em Deus. Havia sido grandemente exaltado, e a reação foi terrível. Esquecendo- se de Deus, Elias fugia cada vez mais, até que se encontrou num árido deserto, sozinho” (Ellen G. White, Profetas e Reis, p. 161, 162).

Pense nas suas falhas na vida cristã e tente entender as circunstâncias e os fatores que contribuíram para o colapso. O que você poderia ter feito de diferente?

Terça-feira, 28 de dezembro de 2021. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Hebreus mensagem para os últimos dias. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 507, jan. fev. mar. 2022. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s