O principal mandamento

Lições da Bíblia1

Embora alguns, por várias razões, busquem separar o Antigo Testamento NT seu verdadeiro significado. O NT, em sua revelação de Jesus e explicações teológicas de Sua vida, morte, ressurreição e ministério sumo sacerdotal, aponta para o cumprimento de profecias e tipos do AT. Em muitos aspectos, o AT forma o pano de fundo, o contexto, a base para o NT. Ambos revelam a bondade e o amor divinos.

Essa é uma das razões para que o NT, incluindo Jesus, cite o AT vá-rias vezes.

Marcos 12:28-30 (ARA)2: “28 Chegando um dos escribas, tendo ouvido a discussão entre eles, vendo como Jesus lhes houvera respondido bem, perguntou-lhe: Qual é o principal de todos os mandamentos? 29 Respondeu Jesus: O principal é: Ouve, ó Israel, o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor! 30 Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força.

É interessante que um escriba, alguém que dedicou a vida a entender a lei e a maneira pela qual ela deve ser aplicada, tenha feito essa pergunta. No entanto, visto que ele possivelmente acreditasse que devia obedecer a muitas leis (a tradição judaica dizia que havia 613 leis), não é surpresa que ele quisesse tudo resumido em um mandamento.

E o que Jesus fez? Ele foi direto para Deuteronômio 6: “Escute, Israel, o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor” (Dt 6:4), e citou também o verso seguinte, sobre amar a Deus de todo o coração, alma e força. Ele apontou para a afirmação fundamental do Senhor como seu único Deus, e, com base nessa grande verdade, o povo é chamado a amá-Lo sobre todas as coisas.

O que poderia ser mais “verdade presente” do que essa ordem? Nos últimos dias, quando os eventos finais se desenrolarem e todos forem chamados a escolher um lado ou outro de forma dramática, os mandamentos de Deus (Ap 14:12) terão papel crucial.

No final das contas, mesmo diante da perseguição, escolheremos um lado com base na seguinte questão: amamos a Deus, ou não? Essa é a questão decisiva, e só podemos amar a Deus de todo o coração, alma e força se O conhecermos por nós mesmos e tivermos uma experiência individual com Sua bondade, Seu amor e Sua graça. Se for necessário, isso é algo pelo que valerá a pena morrer.

Se lhe perguntassem: Como amar a Deus se nunca O vimos, o que você diria?

Quinta-feira, 21 de outubro de 2021. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. A verdade presente em Deuteronômio. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 506, out. nov. dez. 2021. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s