Ele nos amou primeiro

Lições da Bíblia1

O livro de Deuteronômio apresenta regras, regulamentos e admoestações, advertindo que a nação judaica devia obedecer aos mandamentos, estatutos e juízos de Deus. Entretanto, em meio a todas essas leis, os israelitas aprenderam que, antes de tudo vinha o princípio de amar a Deus de todo o coração, alma e força. E eles tinham bons motivos para fazer exatamente isso.

4. Leia Deuteronômio 4:37; 7:7, 8, 13; 10:15; 23:5; 33:3. O que esses versos ensinam sobre o amor de Deus por Seu povo?

Deuteronômio 4:37 (ARA)2: “Porquanto amou teus pais, e escolheu a sua descendência depois deles, e te tirou do Egito, ele mesmo presente e com a sua grande força,”

Deuteronômio 7:7, 8, 13 (ARA)2: “7 Não vos teve o Senhor afeição, nem vos escolheu porque fôsseis mais numerosos do que qualquer povo, pois éreis o menor de todos os povos, 8 mas porque o Senhor vos amava e, para guardar o juramento que fizera a vossos pais, o Senhor vos tirou com mão poderosa e vos resgatou da casa da servidão, do poder de Faraó, rei do Egito. […] 13 ele te amará, e te abençoará, e te fará multiplicar; também abençoará os teus filhos, e o fruto da tua terra, e o teu cereal, e o teu vinho, e o teu azeite, e as crias das tuas vacas e das tuas ovelhas, na terra que, sob juramento a teus pais, prometeu dar-te.”

Deuteronômio 10:15 (ARA)2: “Tão somente o Senhor se afeiçoou a teus pais para os amar; a vós outros, descendentes deles, escolheu de todos os povos, como hoje se vê.”

Deuteronômio 23:5 (ARA)2: “Porém o Senhor, teu Deus, não quis ouvir a Balaão; antes, trocou em bênção a maldição, porquanto o Senhor, teu Deus, te amava.”

Deuteronômio 33:3 (ARA)2: “Na verdade, amas os povos; todos os teus santos estão na tua mão; eles se colocam a teus pés e aprendem das tuas palavras.”

Em Deuteronômio, repetidamente Moisés disse ao povo sobre o amor de Deus por seus pais e por eles. Mais do que apenas palavras, o Senhor revelou esse amor por meio de ações. Apesar das deficiências, falhas e pecados do povo, o amor de Deus foi constante, sendo manifestado poderosamente em Seu tratamento com eles.

5. “Nós amamos porque Ele nos amou primeiro” (1Jo 4:19). Como esse texto nos ajuda a entender por que devemos amar a Deus?

Mesmo antes da fundação do mundo, Deus provou Seu amor por nós com o plano da salvação.

O amor de Deus por nós é anterior à nossa existência, no sentido de que o plano de salvação já existia “antes da fundação do mundo” (Ef 1:4). Como disse Ellen G. White: “O plano da nossa redenção não foi um pensamento posterior, formulado depois da queda de Adão. Ele foi ‘a revelação do mistério guardado em silêncio nos tempos eternos’ (Rm 16:25). Foi um desdobramento dos princípios que, desde os séculos da eternidade, têm sido o fundamento do trono de Deus” (O Desejado de Todas as Nações, p. 22). Somos muito afortunados por ter um Deus tão amoroso que enviou Seu Filho à cruz por nós. Por Seu amor abnegado “Ele Se humilhou, tornando-Se obediente até a morte, e morte de cruz” (Fp 2:8). Temos uma revelação do amor de Deus por nós que os filhos de Israel provavelmente nem poderiam ter imaginado.

E se a essência de Deus fosse ódio ou indiferença, em vez de ser amor? Que tipo de mundo teríamos? A revelação do amor de Deus por nós deve nos alegrar?

Terça-feira, 19 de outubro de 2021. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. A verdade presente em Deuteronômio. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 506, out. nov. dez. 2021. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s