Missão cumprida

Lições da Bíblia1

Comparada a qualquer cidade em Israel, Nínive era enorme. “Ora, Nínive era uma cidade muito importante diante de Deus; eram necessários três dias para percorrê-la” (Jn 3:3).

3. Leia Jonas 3:1-10. Qual foi a resposta daquela cidade perversa? Quais lições podemos extrair dessa história em nossa tentativa de testemunhar aos outros?

Jonas 3:1-10 (ARA)2: “1 Veio a palavra do Senhor, segunda vez, a Jonas, dizendo: 2 Dispõe-te, vai à grande cidade de Nínive e proclama contra ela a mensagem que eu te digo. 3 Levantou-se, pois, Jonas e foi a Nínive, segundo a palavra do Senhor. Ora, Nínive era cidade mui importante diante de Deus e de três dias para percorrê-la. 4 Começou Jonas a percorrer a cidade caminho de um dia, e pregava, e dizia: Ainda quarenta dias, e Nínive será subvertida. 5 Os ninivitas creram em Deus, e proclamaram um jejum, e vestiram-se de panos de saco, desde o maior até o menor. Chegou esta notícia ao rei de Nínive; ele levantou-se do seu trono, tirou de si as vestes reais, cobriu-se de pano de saco e assentou-se sobre cinza.E fez-se proclamar e divulgar em Nínive: Por mandado do rei e seus grandes, nem homens, nem animais, nem bois, nem ovelhas provem coisa alguma, nem os levem ao pasto, nem bebam água; mas sejam cobertos de pano de saco, tanto os homens como os animais, e clamarão fortemente a Deus; e se converterão, cada um do seu mau caminho e da violência que há nas suas mãos. 9 Quem sabe se voltará Deus, e se arrependerá, e se apartará do furor da sua ira, de sorte que não pereçamos? 10 Viu Deus o que fizeram, como se converteram do seu mau caminho; e Deus se arrependeu do mal que tinha dito lhes faria e não o fez.

Enquanto caminhava pela cidade, Jonas proclamou a mensagem de Deus: “Ainda quarenta dias, e Nínive será destruída” (Jn 3:4). A mensagem foi ao ponto. Embora os detalhes não tenham sido apresentados, fica claro que a mensagem caiu em ouvidos receptivos e que o povo de Nínive, de maneira coletiva, acreditou nas palavras de advertência de Jonas.

De maneira típica do Oriente Próximo, o rei de Nínive proclamou um decreto para demonstrar mudança no coração. Todos, inclusive os animais, precisariam jejuar e lamentar. O rei desceu de seu trono e sentou-se sobre cinzas, um ato simbólico muito importante.

4. Quais elementos estavam envolvidos no discurso do rei, que mostra sua compreensão do verdadeiro arrependimento? Jn 3:6-9; Jr 25:5; Ez 14:6; Ap 2:5

Jn 3:6-9 (ARA)2: “6 Chegou esta notícia ao rei de Nínive; ele levantou-se do seu trono, tirou de si as vestes reais, cobriu-se de pano de saco e assentou-se sobre cinza.E fez-se proclamar e divulgar em Nínive: Por mandado do rei e seus grandes, nem homens, nem animais, nem bois, nem ovelhas provem coisa alguma, nem os levem ao pasto, nem bebam água;mas sejam cobertos de pano de saco, tanto os homens como os animais, e clamarão fortemente a Deus; e se converterão, cada um do seu mau caminho e da violência que há nas suas mãos. 9 Quem sabe se voltará Deus, e se arrependerá, e se apartará do furor da sua ira, de sorte que não pereçamos?”

Jr 25:5 (ARA)2: “quando diziam: Convertei-vos agora, cada um do seu mau caminho e da maldade das suas ações, e habitai na terra que o Senhor vos deu e a vossos pais, desde os tempos antigos e para sempre.”

Ez 14:6 (ARA)2: “Portanto, dize à casa de Israel: Assim diz o Senhor Deus: Convertei-vos, e apartai-vos dos vossos ídolos, e dai as costas a todas as vossas abominações,

Ap 2:5 (ARA)2: “Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras; e, se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas.”

O sermão foi curto, direto ao ponto, mas repleto de teologia correta sobre o arrependimento. Enquanto Jonas pregava, o Espírito Santo trabalhava no coração dos ninivitas.

Os ninivitas não haviam tido o privilégio dos israelitas de vivenciar todas as histórias da terna condução de Deus, e, ainda assim, eles responderam de maneira positiva. Disseram, com efeito, “que nos lancemos na misericórdia do Senhor, não em nossas próprias realizações! Confiemos totalmente em Sua bondade e graça”.

Estranhamente, Jonas, que tinha experimentado a graça de Deus, pensava que a graça fosse algo tão exclusivo que somente alguns podiam ter a oportunidade de depender dela e descansar nela.

Por que o arrependimento é tão essencial na experiência cristã? O que significa nos arrepender dos pecados, especialmente dos pecados que cometemos repetidamente?

Terça-feira, 14 de setembro de 2021. Saiba mais, faça gratuitamente um Curso Bíblico

_______________
1 LIÇÃO da Escola Sabatina. Descanso em Cristo. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, n. 505, jul. ago. set. 2021. Adulto, Professor. 
2 BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada. Tradução João Ferreira de Almeida. Revista e atualizada no Brasil. 2. ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s